Grana Padano: um dos queijos mais famosos do mundo

Saiba mais sobre esse queijo que possui mais de mil anos de história e é uma verdadeira delícia!

O Grana Padano é um dos queijos mais populares da Itália. Produzido desde o século XIX, ele tem sabor delicado e perfumado. Trata-se de um queijo duro semi-gordo produzido com leite de vaca a partir de duas ordenhas diárias. 

Para ser considerado um verdadeiro Grana, ele precisa passar por longa maturação – 12 meses no mínimo. Após esse período, o queijo adquire textura granulosa, daí vem o nome “grana”. Possui casca muito dura, de cor amarelo forte, de textura lisa e grossa. Curiosidade: possui baixíssimo teor de lactose.

O Grana Padano pode ser servido em lascas, antes das refeições, mas também é ótimo para a preparação de diversas receitas como pizzas, omeletes, massas, risotos e diversos molhos. 

Já quando o assunto é harmonização de vinhos, o queijo Grana Padano pode ser combinado com diferentes tipos. Tudo vai depender do tempo de maturação dele.

Os mais novos, de maturação menor de 16 meses, podem ser harmonizados com vinhos como Chardonnay, o qual possui sabor da fruta mais acentuado. Já os de maturação maior que 18 meses, combinam com vinhos com taninos mais equilibrados, como o Cabernet Sauvignon.

Selo de qualidade

Se você ainda está na dúvida sobre a qualidade do Grana Padano, saiba que ele possui o Certificado DOP, que é um selo de qualidade dado apenas aos queijos de qualidade elevada. Além disso, para receber esse título são considerados fatores humanos (tradições e receitas) e geográficos (clima, solo e altitude).

Categorias
Sem categoria

Como combinar vinhos com comida

Dicas de harmonização de vinhos para acompanhar os mais variados tipos de alimentos

Você já ficou na dúvida de qual vinho escolher para acompanhar a sua receita preferida? Afinal, cada uva possui uma característica própria e nem sempre acertamos na combinação. 

Hoje vamos apresentar os principais tipos de harmonização para você se inspirar. Afinal de contas, não existem regras absolutas. A melhor harmonização sempre será a que mais agradará ao seu paladar. Ah, e o mais importante: beba com moderação.

Brancos

Queijos frescos, como minas, coalho, ricota e mussarela de búfala, combinam bem com vinhos brancos leves como Sauvignon Blanc. Já carnes brancas, como frango e peru, combinam mais com vinhos brancos encorpados como o Chardonnay, por exemplo. E ainda temos os peixes e frutos do mar, que harmonizam perfeitamente com qualquer tipo de vinho branco.

Rosés

Os rosés são perfeitos para acompanhar uma boa tábua de frios. Pizzas e salgados também são ótimas opções. Já se for escolher um tipo de queijo, prefira os de casca branca como brie e gouda.

Tintos

Vinhos mais leves, como Pinot Noir e Pinotage, combinam com carnes brancas magras, embutidos e pães. Os de corpo médio, como Merlot e Carmenere, vão bem com carnes vermelhas e brancas magras, queijos semimoles, vegetais cozidos e cogumelos. Já aqueles vinhos com mais taninos, como Cabernet Sauvignon e Malbec, harmonizam melhor com carnes vermelhas com gordura, queijos duros e receitas com condimentos e temperos.

Vinhos do Porto

Queijos salgados, como gorgonzola e parmesão, vão bem com o vinho Ruby. Já o Tawny combina perfeitamente com amendoins e castanhas, além de chocolates amargos. E ainda temos o vinho do Porto branco, que pode ser combinado com diversos tipos de aperitivos. 

Espumantes e frisantes

São excelentes para abrir o apetite. Saladas, petiscos no geral e demais entradas formam um ótimo casamento. Para o prato principal, uma boa sugestão é harmonizar com carnes brancas e alguns frutos do mar como salmão e camarão. E dependendo da doçura do espumante, vão bem também com frutas e doces. 

Veja a receita completa!