Categorias
Auto e Ferramentas

Aprenda como fazer pintura texturizada

As texturas dão um tom diferenciado na parede onde são aplicadas e representam um toque de personalidade no ambiente. E a pintura texturizada nada mais é do que dar uma cor na textura que foi feita na parede. Também é possível encontrar no mercado a massa para textura já colorida, o que facilita mais ainda na hora de saber como fazer pintura texturizada e ter um resultado perfeito.

Pintura texturizada

A textura é um composto de base acrílica que tem consistência similar a uma massa corrida e sua aplicação necessita de apenas uma demão. Pode ser aplicada na cor branca, depois coberta com tinta acrílica na sua cor favorita e você terá uma parede nova em folha! A massa texturizada também pode ser encontrada em diversas cores, mas, se você quiser, poderá criar a cor na hora por meio da máquina que faz a mistura e resulta em uma massa de cor exclusiva e criada por você (o mesmo pode ser feito com a tinta acrílica).

Como fazer pintura texturizada

Para fazer a pintura texturizada, você vai precisar das seguintes ferramentas e materiais:

– Um pano dentro de um balde de água;

Fita crepe;

Desempenadeira lisa de metal 30 cm;

– Desempenadeira lisa de plástico 30 cm;

Espátulas de 10 cm e 15 cm;

Trincha média;

– Lixa de parede.

Antes de começar a aplicar

Existem alguns cuidados que você deve ter antes de começar a aplicação da textura na parede desejada. O primeiro deles é forrar o chão com jornal para evitar respingos e manchas no piso. Depois, é bom limpar a parede de toda sujeira (principalmente gordura).

Se achar necessário, você pode lixar a parede para garantir que a superfície vai ficar lisa. Por fim, use a fita crepe para proteger portas, janelas, interruptores, tomadas e tudo mais que estiver na parede e que não vai receber textura. Dica: se optar por lixar a parede, limpe toda a poeira resultante com um pano seco, pois a parede deve estar totalmente lisa e limpa.

Os macetes na hora de aplicar

Usando a desempenadeira metálica lisa aplique a textura sempre de cima para baixo e dos lados em direção ao meio (do mesmo jeito que a massa corrida). Procure não expandir muito na hora de aplicar: trabalhe com faixas de 3 a 5 m².

O macete na hora de dar o efeito na textura é que ela deve estar ainda fresca – caso seque, use um borrifador com água. Outro segredo é que a parede deve ser feita toda no mesmo dia para evitar emendas e defeito na textura.

Efeitos

O efeito na textura pode ser dado com rolo específico no desenho que você quer. Assim, com a massa ainda fresca você passa o rolo (de coraçõezinhos ou outro desenho qualquer) de cima para baixo.

Rústico – A textura rústica fica linda em ambientes com essa pegada e em tons de terra. Para conseguir esse efeito basta passar uma desempenadeira de plástico lisa em movimentos de cima para baixo. Assim, a areia que tem na massa da textura se desprende, dando esse efeito.

Listras – Um pente de dentes largos dá conta do recado e cria listras que deixam a parede com um toque muito elegante. Escolhendo tons metálicos e discretos, o efeito das listras fica potencializado e bem interessante.

Quadriculados – O mesmo pente que faz as listras passado de cima para baixo pode ser passado na horizontal para criar um efeito quadriculado.

Círculos – Com uma escova, desenhe círculos na textura para criar um efeito bem legal. Ondas, listras verticais e horizontais também são possíveis apenas passando a escova no sentido desejado. Esses são alguns truques de como fazer pintura texturizada. Aproveite e faça em sua casa.

Categorias
Auto e Ferramentas

Como pintar azulejos e decorar a sua casa com um estilo diferenciado

Você quer renovar o visual da sua cozinha ou do banheiro, mas a grana está curta e não existe sequer a possibilidade de fazer aquela reforma completa? Pois saiba que, a partir do momento que você aprender como pintar azulejos, certamente vai conseguir dar uma cara nova a qualquer ambiente sem precisar desembolsar um alto capita.

Poucas pessoas sabem, mas pintura de azulejos é algo completamente comum e possível. Trata-se de uma técnica eficaz, com um ótimo resultado, e que é frequentemente usada para renovar o visual de um ambiente usando poucos recursos financeiros. Para que a “minirreforma” dê certo, é essencial usar uma tinta de boa qualidade e empregar as ferramentas certas para um acabamento com aspectos profissionais.

Existe uma série de tintas que podem ser usadas para fazer a pintura da cerâmica, como epóxi e acrílicas, disponíveis tanto em acabamento fosco quanto brilhante. Também é possível usar tintas à base de solvente; porém, por necessitarem de catalisadores e terem um odor mais forte, geralmente não são recomendadas para iniciantes.

Como pintar azulejos com a ferramenta ideal

Também é importante escolher bem qual será a ferramenta utilizada para realizar a pintura. Muitas pessoas utilizam os bons e velhos pincéis, ou até mesmo rolos de pintura para trabalhar com as tintas. Porém, se você deseja maior praticidade e almeja uma pintura com acabamento uniforme, o mais recomendado mesmo é empregar uma pistola de pintura, mantendo uma distância média de 30 cm entre os azulejos e o bico da ferramenta.

Com a pistola, você deve fazer movimentos rápidos e precisos, sem ficar espirrando jatos por muito tempo no mesmo lugar. Caso não siga essa instrução, acabará criando bolhas e escorrimentos, que você vai precisar lixar posteriormente. Vale lembrar que, antes de tudo isso, é essencial fazer uma limpeza completa nos azulejos que receberão o tratamento, pois a tinta pode não aderir em regiões afetadas por gordura, pó e produtos químicos.  

Renovando sua casa

Concluída a pintura, você deve aguardar ao menos 24 horas para uma secagem completa. Pronto, seu ambiente já está com o visual renovado, e o melhor, não foi preciso investir em uma reforma completa. Agora que você sabe como pintar azulejos, pode reinventar sua casa sempre que quiser e acompanhar as tendências de decoração!

Categorias
Auto e Ferramentas

Como pintar gesso e caprichar na decoração da sua casa?

O teto de gesso é uma boa escolha para a decoração da sua casa, porque além de esconder nichos com luz (como as sancas), ele pode receber detalhes que fazem toda a diferença na iluminação e design do ambiente. Aprenda como pintar gesso e faça você mesmo a mudança de cor no teto da sua casa.

Ferramentas e materiais que você vai precisar:

Algumas dicas de ferramentas e utensílios para você:

– Pano úmido
– Rolo de pele de carneiro
– Lixas médias e finas
– Bacia para pintura
– Espátula para massa corrida
– Desempenadeira de aço Pincel (para os cantos)
– Tinta na cor preferida
– Cabo extensor para pintura
– Escada
– Fita crepe
– Jornais para forrar o chão

Como pintar gesso: aplique a massa corrida

Antes de receber qualquer demão de tinta é necessário preparar o teto de gesso para que, ao receber a pintura, você tenha um resultado perfeito. Assim, se você notar imperfeições no gesso, aplique uma ou duas demãos de massa corrida de acordo com a necessidade, pois você pode usar a massa para corrigir imperfeições ou aplicar em todo o teto se deseja um resultado mais uniforme.

Para ambientes internos use massa corrida, porém, se o gesso fica na parte externa, aconselhamos usar massa acrílica. Caso você aplique duas demãos de massa, dê um intervalo de algumas horas para que a primeira demão seque e a segunda possa ser aplicada. O mesmo deve ser feito entre a última aplicação de massa corrida e o lixamento do teto.

É hora de lixar

Depois que o gesso estiver completamente seco, usando a lixa 180 (ou mais fina) deixe todo o teto nivelado. Agora, você vai perceber um aspecto fosco no gesso, por isso, remova toda a poeira gerada pelo lixamento usando uma vassoura, aspirador de pó ou um pano úmido e depois outro seco.

O importante é que toda a poeira resultante do lixamento do teto seja removida e que o gesso fique perfeitamente liso e uniforme para receber a tinta da cor desejada.

Aplique cor

Na hora de aplicar a tinta, aconselhamos duas demãos usando o rolo de lã de carneiro (deixe o pincel para os cantos e detalhes).

Escolha uma tinta compatível com a massa corrida e espere o intervalo de horas indicado na embalagem para aplicar a segunda demão.

É importante que a massa corrida (ou acrílica) e a tinta escolhidas sejam do mesmo fabricante, assim você tem maior garantia de conseguir o resultado desejado. Por fim, a dica máster de como pintar gesso diz respeito a você: use sempre equipamentos de segurança como capacete, luvas de borracha, máscara de pó e óculos de proteção.

Categorias
Auto e Ferramentas

Como pintar o teto sem fazer muita sujeira?

Renovar a tinta das paredes de casa usando as próprias mãos é sempre um desafio. Porém, até mesmo os entusiastas mais animados sentem uma pontada no coração quando chega a hora de pintar o teto: é preciso se preparar para enfrentar os temidos respingos que podem estragar móveis, o piso e até mesmo as próprias paredes. Mas, afinal, como pintar o teto de casa sem fazer tanta sujeira?

Como já dizia o velho ditado, “é melhor prevenir do que remediar”. A primeira coisa que você deve fazer é proteger sua mobília, retirando-a do ambiente ou, quando não for possível fazê-lo, cobrir tudo com jornais, papéis velhos ou um pouco de lona plástica. Isso é o suficiente para evitar que respingos acabem caindo no sofá, na mesinha de centro ou na prateleira, por exemplo. Também é válido forrar as paredes e o chão com os mesmos materiais, mas, nesse caso, lembre-se de prender as folhas usando fita adesiva.

Aprenda como pintar o teto sem sofrimento

Agora que você se certificou de que tudo está protegido, chegou a hora de preparar as ferramentas certas para fazer a pintura do teto. Utilize uma escada dobrável para facilitar a sua vida, alcançando o topo do ambiente com menor esforço. Também é válido empregar prolongadores de rolo – caso não tenha um, improvise utilizando um cabo de vassoura ou de rodo, aumentando o comprimento do suporte.

Outro detalhe importante é atentar ao processo de diluição da tinta. O mais indicado é não adicionar muita água ou solvente ao pigmento-base, pois criará uma solução muito líquida e com maior chance de respingar. Ao gerar uma tinta mais espessa e concentrada, além de evitar as temidas quedas, você usa menos matéria-prima para cobrir a mesma área a ser pintada, pois serão necessárias menos demãos.  

Atenção aos detalhes

Agora que você já sabe como pintar o teto da sua casa sem fazer tanta sujeira, chegou a hora de preparar os materiais e dar uma cara nova ao ambiente! Apenas lembre-se das recomendações gerais para a pintura de qualquer superfície: se possível, use massa ou gesso para corrigir imperfeições, passe uma demão de primer (também chamado de fundo), e só então comece a aplicar a tinta final.

Categorias
Auto e Ferramentas

Como decorar caixa de MDF fazendo decoupage?

Decorar caixas de MDF é uma tarefa super relaxante, pode incrementar a decoração do quarto dos seus filhos e ainda render um dinheiro extra no fim do mês se você decidir vender as caixas decoradas. Mas, caso queira fazer somente para dar de presente ou decorar ambientes, saiba que pesquisamos como decorar caixa de MDF para ajudar você a fazer coisas incríveis.

Truques básicos para decorar caixa de MDF

Sempre lixe a peça e passe uma demão de tinta branca ou base acrílica antes de pintar. Tenha em mente que as tintas escuras são as que exigem mais demãos. Para fazer a aplicação de cola, dilua uma parte de cola com uma parte de água.

Se for fazer decoupagem com guardanapo, use apenas a camada de papel que vem com a estampa. Para não marcar a peça, só coloque uma sobre a outra depois que secarem totalmente. Não deixe o MDF encharcado de tinta para não ficar com aparência de enrugado e se for necessário use o rolinho para ajudar a espalhar melhor a tinta.

Como decorar caixa de MDF: decoupage

A melhor técnica e a mais utilizada para decorar caixas de MDF é a decoupage, que requer os seguintes materiais e ferramentas: Base acrílica; Tinta PVA na cor desejada; Pincel; Rolo pequeno; Cola branca; Goma laca; Papel para decoupage com estampas temáticas ou abstratas.

Como fazer

Aplicar uma base acrílica na caixa é o primeiro passo para fazer a decoupage em MDF. Passe uma demão de base acrílica e, em seguida, passe o rolinho para deixar tudo perfeitamente uniforme. Deixe secando por aproximadamente 3 horas. Se achar necessário, passe mais uma demão de base acrílica, deixando secar por mais 3 horas.

Depois pinte a peça com tinta PVA da cor que você quiser e estique novamente com o rolinho para garantir a uniformidade. Se for necessário, aplique uma segunda demão, mas, somente depois de secar a primeira, para você ter uma ideia do resultado final. Pinte também a parte interna da caixa.

Na hora de aplicar o papel, meça o tamanho de acordo com o tamanho da caixa e corte o papel formando uma cruz sob a caixa para que as bordas sejam coladas dobrando para dentro da caixa. Nos 4 cantos, você precisa colar o papel, para dar um acabamento perfeito. Espalhe a cola branca uniformemente com um pincel e cole o papel de forma que fique liso e sem rugas, por isso não exagere na quantidade de cola.

Após colar todo o papel na caixa, deixe secar por 2 horas. Depois de seco, passe uma demão de goma laca para impermeabilizar a peça. Agora que você já sabe como decorar caixa de MDF fazendo decoupage, é hora de usar toda a criatividade que existe dentro da sua imaginação e pôr a mão na massa!