Categorias
Casa e Decoração Tecnologia e Eletrônicos

Tecnologia: conheça os eletrodomésticos inteligentes

Além de simplificar as tarefas diárias, os aparelhos smart prometem muita economia para o seu bolso. Confira!

Os eletrodomésticos sempre facilitaram muito a nossa vida. Mas a novidade é que agora eles estão ainda mais modernos e inteligentes. Além da praticidade, os novos aparelhos podem ajudar a economizar até mesmo na conta de energia elétrica. Ficou curioso? Conheça aqui alguns desses produtos incríveis e seus principais benefícios!

Geladeira inteligente

Uma geladeira smart te permite fazer alterações de refrigeração e acionar funções especiais direto do seu smartphone. Você ainda recebe alertas, como aviso de porta aberta, aumento de temperatura ambiente ou necessidade de manutenção. Em alguns modelos, você também tem acesso a receitas com os ingredientes que estão na geladeira e pode até mesmo controlar a validade de alimentos remotamente. Muito bom, hein?

Fogão inteligente

Já pensou poder programar seu forno para que a comida esteja pronta assim que você chegar em casa? Com os fogões smart é possível. Os consumidores conseguem realizar programações de tempo e modo de cocção, verificar o andamento do prato e ainda receber notificações de quando o alimento está pronto. Tudo isso pela internet, através de seu dispositivo móvel. 

Aspirador de pó robô

Que tal realizar outras tarefas enquanto o aspirador limpa a casa sozinho? Com o aspirador de pó robô é assim! E tem mais: eles podem sugar detritos e poeira até mesmo embaixo de móveis, já que contam com design compacto, capaz de passar por cadeiras, mesas, sofás e camas. Nesse caso, os comandos são feitos através de um controle remoto – que vem junto com o aspirador de pó. 

Máquina de lavar inteligente

Além de conectividade e possibilidade de operação à distância, as máquinas de lavar inteligentes podem te ajudar a economizar água e energia elétrica. É que alguns modelos possuem sensor para detectar o peso das roupas e calcular a necessidade de água nas lavagens. Além disso, eles podem detectar o tipo de tecido das roupas colocadas no tambor, para sugerir programas específicos de lavagem. Isso sim é tecnologia, hein?

Categorias
Tecnologia e Eletrônicos

Saiba como escolher o melhor tripé para celular

As câmeras dos smartphones tornaram-se um fator decisivo na hora de escolher um novo aparelho. Além disso, com a pandemia do Coronavírus, uma boa imagem do celular ajuda na comunicação com quem está distante. Para melhorar sua experiência, um tripé pode trazer mais estabilidade e uma melhor definição da imagem. Se você está em dúvida em qual modelo de tripé para celular pode ser o melhor para você, leia nosso texto abaixo.

Por que ter um tripé para celular?

O tripé ajuda a estabilizar a imagem, seja para fazer fotos ou vídeos com o seu smartphone. Há diversos modelos disponíveis no mercado atualmente e você pode comprar aquele que melhor atende sua necessidade.

Diferentes tipos de tripé para celular

Tripé flexível

O tripé flexível permite que suas hastes sejam ajustadas de diferentes formas, e você pode usá-lo em diferentes lugares, como em cima de uma superfície ou pendurado na cabeceira da sua cama, por exemplo. É indicado não só para quem quer criar conteúdo, como para assistir algo no celular sem precisar segurar com as mãos.

Tripé pau de selfie

Uma boa opção para aqueles que adoram tirar fotos, é o tripé que também pode ser utilizado como pau de selfie. Geralmente, esses modelos possuem hastes para regular a altura, e bastão central pode ser retirado para ser utilizado individualmente em diferentes situações.

Tripé com ring light

Se você quer criar conteúdo com um ar profissional, o tripé com ring light é o modelo ideal. Além do tripé, o equipamento vem com uma luz em formato de círculo em volta do suporte do celular, que melhora a qualidade de fotos e vídeos. Em alguns modelos, é possível ajustar a potência da luz de acordo com o ambiente.

Categorias
Tecnologia e Eletrônicos

Saiba como fazer a prova de vida online

O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) agora permite que os segurados realizem a prova de vida de maneira digital, ou seja, sem precisar comparecer a uma agência bancária para realizar o procedimento. Para isso, basta ter um smartphone, acesso à internet e os documentos necessários. Confira detalhes abaixo!

O que é prova de vida?

Visando evitar fraudes, todos os beneficiários do INSS que recebem o pagamento por conta corrente, conta poupança ou cartão magnético, precisam comparecer a cada 12 meses em sua agência bancária para comprovar que estão vivos para continuar recebendo os valores que têm direito.

Esse procedimento tem como objetivo dar mais segurança ao cidadão e ao estado brasileiro, evitando o pagamento de benefícios indevidos.

Como realizar a prova de vida online

Em parceria com a Dataprev, o INSS iniciou um projeto de prova de vida digital por aplicativos. Para isso, você precisa possuir título de eleitor ou carteira de motorista, pois a verificação de identidade é feita a partir da biometria facial de dados do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Em relação ao smartphone, é necessário que tenha uma câmera frontal e acesso à internet para realizar o procedimento. O primeiro passo é instalar o aplicativo “Meu INSS” e selecionar a opção “prova de vida” na tela inicial. Clique em “iniciar prova de vida” e instale o aplicativo “Meu Gov.br”.

Entre com a sua conta do Gov.br no aplicativo e clique em “autorizações”. Deverá aparecer uma página mostrando a autorização de prova de vida pendente, então clique em “autorizar”. Para a validação facial, você pode informar os dados da sua carteira de motorista ou do título de eleitor.

Em seguida, abre a câmera frontal no aplicativo e encaixe seu rosto no contorno da tela para tirar uma foto. Assim que você concluir esse passo, uma mensagem de conclusão deverá aparecer na tela.

Para finalizar, retorne ao aplicativo “Meu INSS” para confirmar se a prova de vida foi reconhecida.

Com esse processo simples, você pode realizar a prova de vida sem sair de casa, o que é essencial principalmente para os grupos de risco do Coronavírus que recebem o benefício.

Categorias
Tecnologia e Eletrônicos

Como proteger seu notebook

Estamos vivendo na era da tecnologia, em que o uso de notebooks aumenta cada dia mais. Sem a internet ou um computador, torna-se impossível trabalhar, pois nos tornamos muito dependentes. E por mais que seja eficiente, é preciso tomar alguns cuidados para manter seu dispositivo seguro. Por isso, separamos as principais dicas para que você saiba como proteger seu notebook. Veja a seguir.

Invista em um case

Ter um case para notebook é um cuidado básico. Assim que você adquirir seu laptop, seja ele usado ou não, você deve comprar uma capinha para protegê-lo de riscos, quedas, etc.

Limpeza e manutenção

Mantenha seu notebook livre de poeiras. Certifique-se de realizar regularmente uma limpeza da tela e do teclado para reduzir o risco de superaquecimento da máquina.  

Evite comer e beber perto do seu notebook

Evite beber ou comer perto do seu laptop, pois se você acidentalmente derramar algo, poderá danificá-lo. Algumas vezes o dano é tão grande que não tem conserto. Além disso, qualquer migalha que cair durante a refeição pode interferir no bom funcionamento do aparelho.

Atenção ao aquecimento da máquina

Quando a questão é aquecimento, todo o ambiente no entorno do notebook deve ser considerado. O material sobre o qual você vai colocá-lo – se é uma mesa de madeira, vidro, plástico, etc. – pode influenciar no aumento da temperatura. Se ele aquece com frequência, você pode investir em um cooler para resfriá-lo.

Cuidado com as quedas  

Outro ponto que merece atenção são os riscos oferecidos pela mobilidade dos notebooks. Poder levar seu computador para qualquer lugar é muito prático, mas basta uma queda mais forte e você poderá comprometer toda a informação armazenada em seu equipamento. É importante investir em uma boa mochila para carregar seu notebook de maneira segura.Confira esses e outros acessórios de tecnologia no site do Carrefour

Categorias
Tecnologia e Eletrônicos

Saiba como usar seu smartphone como roteador

Hoje em dia o acesso à internet está cada vez mais fácil, e você pode até usar o pacote de dados do seu smartphone para rotear Wi-Fi para usar em outro aparelho. Explicamos passo a passo de como realizar esse acesso no texto abaixo!

Pontos de atenção

Antes de realizar o processo, é importante você saber que esse recurso gasta bastante energia do smartphone e cria uma demanda extra de download de dados no celular. Por isso, assim que terminar de usar, desligue o modo roteador imediatamente.

Além disso, permita que apenas aparelhos de confiança se conectem a sua rede, pois pessoas com más intenções podem roubar informações pessoais do seu celular.

iPhone

Se você estiver utilizando um iPhone, ative o recurso clicando no ícone de Ajustes, vá ao comando Celular e em Acesso Pessoal. Se você quiser, pode editar a senha do seu ponto de Wi-Fi. Aguarde nessa tela até que o outro aparelho esteja conectado.

Com algum outro aparelho, como notebook ou até outro smartphone, procure na rede de Wi-Fi o nome do seu iPhone e insira a senha para se conectar.

Android

Caso o sistema operacional do seu smartphone seja Android, vá na gaveta de aplicativos da tela principal e clique em Configurações ou Ajustes. O nome pode variar em cada modelo de smartphone, mas em geral, o ícone se apresenta com uma imagem de engrenagem.

Clique em Rede e Internet e em Roteador Wi-Fi e Conexão. Esses comandos também podem mudar de nome dependendo do fabricante, mas o ícone aparece como um ponto com três círculos, um dentro do outro.

Ative o botão Roteador Wi-Fi e clique em Configurar Roteador Wi-Fi para criar o nome e senha do ponto de acesso e clique em Salvar.

Procure pela rede Wi-Fi do aparelho que você quer conectar o nome que você criou e insira a senha.

O site do Carrefour conta com ofertas imperdíveis de smartphones para você ficar sempre conectado com o melhor da tecnologia!

Categorias
Tecnologia e Eletrônicos

Cuidados que você precisa ter com o cartão de memória

O cartão de memória é um dispositivo prático de armazenamento, compatível com diversos aparelhos eletrônicos, que possibilita a gravação e leitura de documentos, imagens e vídeos. Se você quer saber como cuidar do seu cartão de memória e evitar a perda de qualquer arquivo, fique de olho nessas dicas!

Cuidado no manuseio

Apesar de parecer uma dica simples, o cartão de memória precisa de cuidado ao ser manuseado, pois sua tecnologia ainda é sensível. Evite mexer no objeto em locais como praia, que conta com muita areia e umidade, e em outros locais sujos e que podem danificá-lo.

De olho na troca

Sempre que tiver que realizar a troca de um cartão de memória por outro, espere a finalização do processamento ou gravação dos dados enviados ao cartão para evitar com que o mesmo se danifique de alguma forma.

Cuidado com campos magnéticos

Tome cuidado para não expor o seu cartão de memória a um campo magnético, pois isso pode causar perda dos arquivos, danos físicos do produto e até perda da sua capacidade de memória.

Não force a entrada

Os cartões de memória geralmente contam com formato unidirecional, ou seja, só podem ser inseridos em algum equipamento por um único lado específico. Por isso, se atente para realizar a inserção no lado correto, e se mesmo assim tiver dificuldade, não force a entrada. Isso pode quebrar o cartão e causar danos a máquina que você está tentando inserir.

Atenção na capacidade

Cada cartão tem uma capacidade de armazenamento diferente. O ideal é que eles sejam constantemente descarregados antes de serem utilizados novamente. Isso porque cartões cheios podem corromper os arquivos já existentes por conta do excesso de dados de diferentes tamanhos, formatos e procedência.

Categorias
Tecnologia e Eletrônicos

Qual é o melhor para ler: e-reader ou tablet?

Os livros se transformaram com o avanço das tecnologias. Agora, além do tradicional livro físico, há outras opções para consumir novas histórias, como tablets, em que você pode adicionar diversos aplicativos e usá-lo para diferentes tarefas, e os e-readers, que contam com recursos específicos para facilitar a leitura. Se você ainda não sabe qual das opções é a melhor para você, esclarecemos todas suas dúvidas no texto abaixo. Veja!

Tablet: muito além da leitura

O tablet pode ser utilizado para leitura de livros, artigos e muito mais. Além disso, o aparelho permite que você baixe diversos outros aplicativos, e você pode navegar na internet, assistir séries e filmes, jogar games, tirar fotos, acessar redes sociais, entre outros.

No entanto, esse excesso de informação pode ser uma distração na hora da leitura, pois as notificações podem te despertar outros interesses, ou até pela facilidade de navegação, você pode acabar entrando em outro aplicativo e deixando seu texto de lado.

Os tablets também não contam com uma iluminação específica para leitura, o que pode incomodar os olhos após um tempo.

E-reader: foco no texto 

O e-reader tende a ser um aparelho muito mais simples que o tablet. A tela geralmente é preta e branca, com tecnologia e-ink que não emite luz e imita o aspecto do papel impresso. Esse recurso permite que você leia por longos períodos sem cansar os olhos.

Sua bateria também costuma durar por longos períodos. Por não ter grande poder de processamento e suas telas terem baixa resolução, a carga da bateria pode durar por vários dias.

No dispositivo, todos os recursos são voltados para a experiência da leitura, não permitindo que você tenha acesso a aplicativos de diferentes segmentos, por exemplo. Quando conectado à internet, o e-reader permite que você complemente a leitura com acesso a enciclopédias e dicionários. 

Agora que você já sabe as diferenças e benefícios das duas tecnologias, aproveite para dar uma olhada nas ofertas de tablets e e-readers no site do Carrefour. Escolha já o seu!

Categorias
Tecnologia e Eletrônicos

10 anos de iPad: conheça a história do campeão de vendas

Em janeiro de 2020, o iPad completou 10 anos de história. A invenção de Steve Jobs revolucionou o mercado, popularizando a categoria dos tablets. Ou seja, um aparelho com ecrã grande e funções de produtividade. Confira abaixo um pouco da trajetória deste verdadeiro ícone da Apple!

O primeiro iPad

O principal argumento para o lançamento do iPad, segundo Steve Jobs, era posicionar um dispositivo entre o iPhone e o Mac. Um dispositivo mágico e revolucionário para navegar na web, ler e enviar e-mails, ver fotos, assistir a vídeos, ouvir música, jogar, ler e-books e muito mais.

Lançado oficialmente em abril de 2010, ele oferecia uma construção de alumínio com bordas quadradas. Tinha um tamanho de 24,28 cm x 18,97 cm de largura e espessura de 13,4 mm. Tela de 9,7 polegadas, processador Apple A4 de núcleo único, até 64 GB de armazenamento e 256 MB de RAM. 

Apenas um dia após o lançamento, mais de 300 mil unidades foram vendidas segundo a empresa. Em 80 dias, esse número subiu para 3 milhões.

iPad Pro

A Apple lança uma nova geração do iPad todo ano, entregando sempre novos recursos e designs. Porém, com a ascensão dos smartphones de tela grande, o mercado de tablets foi perdendo fôlego. O resultado foi sentido rapidamente pela Apple, que passou a amargar vários anos seguidos de quedas nas vendas do iPad. 

Foi então que a empresa decidiu lançar o iPad Pro, focado no uso profissional. O aparelho trazia desempenho de notebook em um corpo de tablet, com um teclado destacável (vendido separadamente). O suporte a mouse também veio, assim como reconhecimento de dispositivos de armazenamento externo via USB.

Novidades

Em 2020, a Apple lançou seu novo iPad. O aparelho, que está em sua oitava geração, tem o novo processador A12 presente nos modelos mais avançados dos dispositivos da empresa, que permite uma capacidade de processamento até 40% maior que a versão anterior.

Outra grande novidade foi o novo iPad Air, que tem um design completamente diferente dos tablets anteriores desta linha. Ele não traz o botão Home, possui bordas mais finas e traz um sensor de impressão digital na lateral. 

No site do Carrefour você encontra os maiores lançamentos em tablets e iPads. Aproveite!

Categorias
Tecnologia e Eletrônicos

Saiba como escolher a melhor TV

Esperar uma boa promoção para comprar sua nova TV é uma ótima ideia. No entanto, algumas coisas além do preço devem ser levadas em consideração. Confira dicas para comprar a TV ideal para sua casa!

Distância

Sempre ouvimos que quanto maior a tela, melhor. Na verdade, a distância da TV para o ponto no qual você quer assistir seus programas favoritos influencia na qualidade da imagem e no seu conforto. Por isso, nem sempre a maior tela vai apresentar a melhor resolução para o seu espaço.

Para saber quantas polegadas sua nova TV deve ter, basta multiplicar a distância que o aparelho vai ficar do sofá ou da cama, pelo número padrão da resolução, que é 21. Por exemplo, se a distância entre a TV e o sofá for de 1,5 metro, multiplicado por 21, dá 31,5. Então, a TV ideal para o seu espaço seria de 32 polegadas. Simples, né?

Para te ajudar ainda mais, separamos algumas medidas como base para encontrar o tamanho perfeito:

– Distâncias entre 1,20 metro e 2,40 metros: TV de 32 polegadas
– Distâncias entre 1,50 metro e 2,80 metros: TV de 40 polegadas
– Distâncias entre 1,90 metro e 3,80 metros: TV de 50 polegadas
– Distâncias entre 2,20 metros e 4,60 metros: TV de 60 polegadas

Resolução

Saber detalhes da resolução te ajuda a escolher a sua nova TV e te proporciona a melhor experiência no momento de lazer.

TV HD:  conta com cores mais vivas e contrastes intensos, mas quanto maior a tela, menos nitidez a imagem terá.
Full HD: não há problema em relação ao tamanho da TV e a definição de imagem.
4K: assim como o nome sugere, tem quatro vezes mais nitidez que a Full HD, e a imagem nunca fica desfocada.
8K: apresentam 16 vezes mais pixels que a 4K, ou seja, imagens com ainda mais resolução. 

Telas

As telas também apresentam tecnologias cada vez mais avançadas, e é necessário saber os diferentes tipos para escolher aquela que mais se adequa ao seu ambiente.

Tela LED: indicada para ambientes iluminados, porque não recebe muito reflexo, além de consumir menos energia.
Tela OLED: oferece imagem mais nítida e não necessita de lâmpadas. Com isso, os aparelhos acabam sendo mais finos que os demais.
Tela QLED: ajusta a iluminação cena a cena, gerando tons escuros, independente da luz do ambiente.

Agora que você já sabe como escolher o modelo ideal da sua nova TV, aproveite os preços do Carrefour para garantir já a sua!

Categorias
Tecnologia e Eletrônicos

Como criar hábito de ler no tablet?

Para quem não vive sem estar on-line, não é preciso deixar a internet de lado para abrir um bom livro e começar uma boa leitura. Atualmente, os seus livros preferidos podem ser carregados com você para qualquer lugar. Basta ter um tablet para que, além de músicas, redes sociais e vídeos, seja possível aprender como criar o hábito de ler. Basta baixar alguns aplicativos e pronto: sejam bem-vindos à era dos e-books.

Como criar o hábito de ler no tablet

Kindle – aplicativo da Amazon que oferece acesso aos e-books adquiridos na loja para qualquer aparelho. O aplicativo permite criar coleções de leitura e pesquisar os conteúdos em dicionários e sites da web, como Wikipédia e Google. A personalização também oferece ótima experiência de uso, pois é possível ajustar o tamanho do texto, controlar o brilho e contraste da tela e até mesmo selecionar a cor do plano de fundo. O Kindle é completamente gratuito e pode ser baixado tanto para o Android como para iPad.

Aldiko – tem suporte para arquivos de diferentes formatos, incluindo ePUB e PDF (inclusive com proteção DRM da Adobe). O Aldiko também funciona como gerenciador de biblioteca, organizando seus livros de forma inteligente. Ele tem contato com algumas livrarias (nenhuma em português, infelizmente) e permite emprestar livros. Seu sistema de leitura apresenta recursos avançados como marca-texto, dicionário, busca, compartilhamento e anotações. É possível também configurar recursos técnicos, como contraste e brilho de tela, proporcionando uma experiência personalizada na hora de ler seus e-books.

Kobo – aplicativo de leitura que, assim como o Kindle, também oferece uma opção gratuita para quem não possui o dispositivo. Com ele, é possível conferir e comprar milhões de títulos disponíveis (muitos deles gratuitos) em sua loja. O Kobo oferece diversas opções de idioma, adicionar e-books por e-mail ou contas de serviço na nuvem (como Dropbox) e até ler livros que estejam disponíveis em uma biblioteca pública em sua região.

Ebook Reader – a eBooks.com conta com um aplicativo próprio para gerenciar os produtos que você adquire no site. O Ebook Reader oferece uma série de funcionalidades, ou seja, você pode usá-lo como um gerenciador de sua biblioteca, bastando editar manualmente as tags de cada livro. Você pode criar coleções de leitura, ajustar o aplicativo para leituras noturnas e fazer backup on-line de toda a sua biblioteca. Dentro do aplicativo, também há alguns recursos especiais, como função marca-texto, personalização da leitura (tamanho e estilo da fonte, cor do plano de fundo), sistema de busca e recurso para compartilhamento rápido.

Google Play Livros – essa é uma recomendação conhecida para quem tem um dispositivo Android, já que ele vem instalado de fábrica em alguns. Mas o que muita gente nem imagina é que o Google Play Livros também está disponível para download no iPad. O Google Play Livros é a loja de e-books da companhia e conta com milhares de títulos.

Além dos livros adquiridos na loja, ele suporta arquivos PDF e ePUB. Assim, você pode usar o app para ler itens comprados de outros serviços ou baixados da web. Ele organiza sua biblioteca de forma inteligente e apresenta inúmeros efeitos para incrementar a sua experiência de leitura. O aplicativo do Google não para por aí e vem ainda com um excelente sistema de navegação. Recursos extras, como função marca-texto com várias cores diferentes, recursos para pesquisa, tradução e anotações, índice inteligente e busca interna, completam o pacote.

iBooks – ele continua sendo um dos melhores apps de leitura do tablet da Apple, oferecendo milhares de livros que podem ser adquiridos pelo próprio aplicativo. É claro que também dá para importar arquivos de terceiros para serem lidos nele, se preferir.

Marvin – funciona como leitor e organizador da sua biblioteca de forma avançada, contando com uma versão gratuita e outra paga (com alguns recursos extras). Tem suporte para PDF (sem limitações DRM) e ePUB, trabalha com os principais formatos e garante a possibilidade de selecionar tamanho e tipo da fonte, cor do plano de fundo e controlar o brilho da tela. Permite ainda buscar por itens dentro do livro e definir alguns gestos para acionar determinados recursos, garantindo mais precisão na hora de ler. Sistema de anotações, função marca-texto e compartilhamento são outros extras desse aplicativo.

Principalmente para os mais jovens, é extremamente difícil deixar de lado o tablet ou celular para abrir um livro e começar a ler. Mas, se esse livro estiver disponível no tablet, o interesse em “folheá-lo” será maior. Exatamente porque, durante a navegação de crianças, jovens e adultos por redes sociais, ao saber que determinado livro está “bombando”, a tendência natural é querer começar a ler o quanto antes, pois aguça a curiosidade.