Categorias
Tecnologia e Eletrônicos

O que levar em conta na hora de escolher o melhor smartwatch?

Na evolução tecnológica que revolucionou as atividades diárias e o acesso à informação, os relógios não ficaram para trás dos smartphones e dos PCs. Os chamados smartwatches têm funcionalidades impressionantes, e muitos já não conseguem viver sem elas. Mas, com tantas opções disponíveis no mercado, como saber quais são as características do smartwatch que realmente irão mudar a sua vida para melhor? Continue a leitura e descubra o que levar em conta na hora de escolher o melhor smartwatch para você.

Smart o quê?

Você se lembra daquele relógio com calculadora que foi moda nos anos 1980? Pois é, aquele é o avô do smartwatch, um relógio que promete fazer as vezes de um smartphone. O que antes se resumia apenas a fazer contas, hoje tem funcionalidades próprias aos anos 2000, como checar atualizações do Facebook e do Twitter, rodar jogos simples, funcionar como GPS, etc. Os modelos disponíveis no mercado funcionam como uma extensão do celular com integração via bluetooth.

Com isso, você não precisa tirar o celular do bolso para fazer algumas funções básicas como navegar nas redes sociais, ver quantos quilômetros já correu, jogar games e checar as mensagens e ligações do seu celular.

E não é só isso! Veja, a seguir, as características do relógio inteligente que realmente farão a diferença para você. Mostra as horas e o que mais? Seja para acompanhar o seu desempenho nos esportes, seja para tornar a sua rotina muito mais prática, os smartwatches chegaram com tudo para revolucionar a forma de ver as horas (embora essa seja a característica menos atrativa desses gadgets).

Faz as vezes de um smartphone

A conexão com o smartphone garante que você esteja sempre em conexão com as suas redes sociais e demais funções do celular, sem que precise estar sempre tirando-o do bolso. Quantas vezes você correu para atender a uma ligação e não conseguiu? Ou perdeu uma foto porque não conseguiu pegar o celular a tempo? Com os vários aplicativos e funções que um smartwatch oferece, o telefone não precisa mais estar sempre na mão.

É pura praticidade e comodidade para a vida corrida que se leva atualmente. Vale lembrar aqui que tanto smartphone quanto smartwatch precisam ter o mesmo sistema operacional para “conversarem”.

Permite que você controle outros dispositivos

A função com mais cara de futuro é a que permite controlar eletrodomésticos e a iluminação da casa pelo relógio. Diferentes marcas já lançaram apps para controlar até lava-louças, cafeteiras e portas de garagem. Guia você pelo melhor caminho Alguns smartwatches contam com um GPS integrado, apontando caminhos e utilizando diferentes vibrações que indicam quando virar à esquerda ou à direita.

Ajuda você a entrar em forma

A mobilidade é uma vantagem e tanto para a prática de esportes. Chega de carregar o telefone no bolso ou grudado ao braço durante o treino. Vários aplicativos permitem controlar desde os batimentos cardíacos (a maioria dos smartwatches vem com monitor cardíaco) até a quantidade de calorias gastas. Ouvir a sua própria playlist enquanto corre na esteira ou na rua é outra vantagem. Para quem leva uma vida sedentária, pode ser um bom empurrão, com apps que contam, por exemplo, o número de passos dados durante o dia.

E, se você passa o tempo todo sentado, vai ter no pulso um lembrete de quando precisa se levantar. E ainda dá um up no seu visual Que tal ter um novo relógio a cada dia? Com os smartwatches você pode. Mudar a aparência da tela é fácil e rápido. E ela pode seguir o humor e as necessidades do dono.

Vai da casual à antiga, dos ponteiros para o digital, do colorido ao monocromático. Tudo em poucos toques. Há ainda vários apps que permitem a customização da tela. É praticidade, mobilidade e design em um só aparelho.

Mas, antes de comprar o seu modelo preferido, confira a compatibilidade com o seu smartphone e a capacidade de bateria, certo? Feito isso, que tal modernizar a sua rotina?

Categorias
Tecnologia e Eletrônicos

Socorro! O que fazer quando o celular cai na água?

Acidentes acontecem. Você pode ter deixado cair o celular na pia, no vaso sanitário ou ter derramado algum líquido sobre ele. Situações como essas são rotineiras e deixam qualquer um desesperado. Mas calma! Existem dicas sobre o que fazer quando o celular cai na água para o caso de alguma emergência.

Primeiros passos

A primeira dica que os especialistas em aparelhos eletrônicos dão é não ligar o aparelho até que ele esteja totalmente seco. Isso porque, com ele ligado, é mais provável que entre em curto. Também é recomendado retirar a bateria e todas as peças que sejam removíveis, como o teclado, chip e cartão de memória. Se não for possível tirar a bateria e o celular ainda esteja ligado, deve-se desligar o aparelho pelo botão de energia.

Seque com um pano macio

A segunda coisa a se fazer é utilizar um pano macio e que não deixe resíduos para enxugar o aparelho. Retiradas ou não as peças mencionadas, deve-se colocar o celular sobre o pano com o tela para baixo e deixá-lo secar pelo tempo que for necessário. Isso pode levar dias e para se certificar que o aparelho está totalmente seco, observe se não há qualquer marca de umidade nas partes visíveis.

O que fazer quando o celular cai na água: dicas alternativas

Alguns aparelhos são resistentes à água, mas a maioria não. Existem também acessórios para celular que podem torná-lo resistente à água. É o caso de algumas capinhas, bolsas e camisinhas para smartphones. Mas, se você não pensou em nada disso e seu celular sofreu um acidente com água, vale a pena seguir algumas dicas alternativas para resolver o problema.

Secador de cabelo

Existem alguns truques usados na hora do desespero. Um deles é o uso de um secador de cabelo. Se for fazer isso, utilize apenas o jato frio do secador. O calor do jato quente pode derreter as partes plásticas do celular.

Pote de arroz

Para retirar toda a umidade do celular, algumas pessoas relatam terem usado algo que toda casa tem: arroz. Isso mesmo, colocar o aparelho dentro de um pote de arroz pode ajudar a retirar a umidade. Você se lembra que o arroz é colocado nos saleiros para que o sal não fique úmido? Então, apesar de não haver estudos que comprovem a técnica, a lógica e a experiência de algumas pessoas leva a crer que dá certo. Mas cuidado: fique de olho para que os grãos de arroz não entrem nos buraquinhos do celular.