Categorias
Tecnologia e Eletrônicos

Como escolher um repetidor de sinal Wi-Fi?

Veja algumas dicas para ter um bom sinal de internet em todos os cômodos da casa.

Na sua casa tem algum cômodo onde o sinal Wi-Fi não chega com qualidade? Isso pode acontecer por diversos fatores. Interferência de outros eletrônicos, objetos metálicos, paredes grossas ou obstáculos físicos em geral. Nesses casos, a solução ideal é comprar um repetidor de sinal Wi-Fi.

Mas como escolher um bom repetidor, entre tantos modelos diferentes no mercado? Para te ajudar nessa missão, separamos alguns pontos importantes que devem ser levados em conta na hora de comprar o seu. Confira!

Compatibilidade – É fundamental que o repetidor seja compatível com o seu roteador, independente da marca. Por isso, a recomendação é escolher um modelo com compatibilidade universal. 

Redes – Para que um repetidor de sinal Wi-Fi seja realmente bom, é ideal que ele opere em ambas as redes: 2.4Ghz (300mbps) e 5Ghz (867mbps). Mas se for para escolher uma só, opte por aqueles com rede de 5Ghz – pois assim você poderá executar tarefas mais “pesadas” como jogar online ou ver streaming em HD.

Antenas – Repetidores podem ter antenas internas ou externas. Prefira os modelos com antenas externas, pois elas tendem a ter um sinal de melhor qualidade e um alcance maior. Além disso, por serem móveis, possibilitam mudar a direção do sinal, o que pode ajudar bastante em alguns casos. 

Luzes – Verifique se o modelo escolhido possui luzes indicadoras de sinal. Elas são bem úteis porque demonstram como está a força do sinal. Assim, você saberá qual é o melhor local do ambiente para posicionar o seu repetidor de sinal Wi-Fi.

Agora que você já sabe como escolher um bom repetidor, dê uma passadinha no site do Carrefour. Lá você encontra tudo para informática, sempre pelos melhores preços. 

Categorias
Esporte e Lazer

Como fazer rede de dormir?

Nossa vida é muito corrida e todos nós merecemos um momento de descanso, relaxando com o som da natureza e com o vento batendo na cara. Ao aprender como fazer rede de dormir, você passa a ter uma opção acessível e personalizada para usufruir de seus momentos de descanso – lembrando que, é claro, quanto mais você investir, melhor será o produto final.

Como fazer rede de dormir de baixo custo

É muito simples fazer sua própria rede em casa usando alguns materiais comuns que encontramos facilmente. Caso queira seguir com um projeto de baixo custo, por exemplo, basta conseguir um pedaço de pano de, aproximadamente, 2,3 por 1,5 metros.

É essencial escolher tecido que aguente o peso da pessoa que irá utilizar a rede, sendo que jeans e lona costumam ser uma ótima escolha. Em seguida, junte as duas extremidades de cada lado do pano e amarre-as juntas usando uma corda de igual durabilidade, fazendo um nó de cravo ou um nó de frade.

Pronto, agora basta amarrar as outras pontas da corda em um suporte fixo na parede, em uma quina ou em uma árvore, caso você esteja planejando fazer uma rede para dormir em um jardim.

Redes mais sofisticadas

É claro que, com um pouco mais de tempo, paciência e recursos, é possível montar uma rede de dormir que será tão confortável quanto uma espreguiçadeira.

Algumas pessoas, por exemplo, compram vários metros de corda para fazer redes em macramê (como se fossem telas de basquete). Isso resulta em um produto muito bonito visualmente, mas trata-se de um projeto que demanda habilidades técnicas superiores.

De qualquer jeito, agora que você sabe como fazer rede de dormir, não perca tempo e fabrique a sua! Seja para lembrar da infância na casa da avó ou simplesmente para ter um ambiente mais aconchegante para se espreguiçar e ler um bom livro, ter uma rede de dormir em sua casa certamente fará uma diferença muito positiva na sua vida.