Categorias
Auto e Ferramentas Esporte e Lazer

Como escolher o melhor quadriciclo?

A potência é uma das coisas a levar em conta na hora de escolher o melhor quadriciclo. Veja as dicas aqui!

Como escolher o melhor quadriciclo?

Ter um mini quadriciclo à gasolina na garagem é garantis de diversão para a criançada e também para os adultos. Com um desses, você pode passear tanto em sítios ou fazendas, como em praias e lugares menos movimentados. Mas qual o melhor quadriciclo?

Se várias dúvidas surgirem na hora de escolher o seu, relaxe: é normal, pois existe bastante coisa que você precisa ficar de olho para entender as diferenças de um modelo para outro. A decisão final é sua, ou seja, vai depender de você saber qual é o modelo ideal para aquilo que você procura. Veja com o que se atentar:

Cilindrada

A cilindrada nada mais é do que a potência do mini quadriciclo. Quanto maior ela for, mais rápido ele vai andar. Portanto, fique de olho, pois os veículos com mais potência geralmente não são indicados para uso infantil. Neste ponto, é importante saber que, dependendo da cilindrada do mini quadriciclo, é preciso fazer o emplacamento dele.

Transmissão

Existem modelos que têm várias marchas e aqueles que são monomarcha, ou seja, marcha única. O principal benefício disso é que você consegue economizar mais combustível e não força tanto o motor do veículo.

Sistema 4×4

Esse benefício é bem útil, principalmente se o mini quadriciclo à gasolina for usado em terrenos mais irregulares, como trilhas, montanhas e areias. O sistema 4×4, que também é conhecido como tração nas 4 rodas, serve para distribuir a força do motor de forma igual em todas as rodas. Isso faz com que o motorista tenha mais segurança na hora de fazer as manobras e também diminui o risco de encalhar na lama, por exemplo.

Modo de partida

Existem dois tipos: o manual e o elétrico. O primeiro, como o próprio nome diz, é preciso usar a mão para ligar. Como demanda um pouco mais de técnica, pois precisa puxar uma cordinha para fazer o motor funcionar, é mais trabalhoso. Já o elétrico é bem mais simples. Você coloca a chave na ignição e aperta apenas um botão.