Categorias
Auto e Ferramentas

Aprenda a calibrar corretamente os pneus do carro

A calibragem dos pneus é essencial para a boa manutenção do veículo, além de prevenir possíveis acidentes. Mas você sabe como calibrar corretamente os pneus do seu carro? Confira!

Como calibrar

A calibragem deve ser verificada quinzenalmente com os pneus frios num posto de gasolina próximo de você. Lembre-se de que o estepe também precisa ser examinado e calibrado.

– Digite o número no visor do calibrador

– Retire a tampa da válvula do pneu

– Aperte a trava na ponta do calibrador (quando existir)

– Encaixe a mangueirinha na válvula

– Aguardar o aviso sonoro do equipamento indicando a pressão ideal

– Recoloque a tampa da válvula do pneu

Pressão correta

A pressão correta é um item fundamental para garantir a boa dirigibilidade e o menor desgaste. Isso sem falar no aumento da segurança, da economia e da redução de emissão de CO2 na atmosfera.

É preciso respeitar a calibragem recomendada pela montadora – indicada pelo manual do proprietário. Caso você não tenha mais o manual do carro disponível, a informação pode ser encontrada na tampa de combustível, na lateral da porta, na tampa do porta-luvas ou nos próprios pneus.

Importante: Pneu calibrado com pressão acima da recomendada pela montadora também aumenta o desgaste e reduz o conforto, pois a suspensão tem mais dificuldade para absorver as irregularidades da pista.

Categorias
Auto e Ferramentas

De quanto em quanto tempo devo fazer a calibragem dos pneus?

Deixar os pneus bem calibrados é importante para garantir a segurança de todos, além de ajudar a reduzir o consumo de combustível do veículo e aumentar a vida útil dos pneus, diminuindo também os gastos de manutenção do carro. Mas você sabe de quanto em quanto tempo a calibragem de pneus deve ser feita? Essa é uma dúvida bem comum que vamos esclarecer aqui.

Quando fazer a calibragem de pneus?

O ideal é fazer a calibragem a cada 15 dias e com os pneus frios, ou seja, tendo rodado menos de 3 km com o carro. Ao calibrar com os pneus frios, você garante partículas de ar mais estáveis dentro dos pneus e uma calibragem mais eficaz e duradoura do seu carro.

Se perceber que seus pneus estão precisando ser calibrados antes desses 15 dias, vale a pena fazer uma revisão e verificar outros itens de manutenção que podem estar prejudicando seu veículo.

Como fazer a calibragem?

Tão importante quanto a frequência da calibragem é a pressão correta dos pneus. Siga as recomendações do fabricante do seu automóvel, que costumam estar especificadas na porta do veículo ou no manual do proprietário. Atenção também à sua necessidade: saiba que a pressão adequada ao uso do veículo em estradas é diferente da pressão ideal para o dia a dia. O mesmo vale para carros leves ou pesados, com carga ou muitos passageiros. Para conferir essas informações consulte o manual do proprietário. Dica: caso tenha comprado o carro usado, lembre-se que as montadoras costumam manter versões em PDF em seus sites.

Para calibrar os pneus, não se esqueça de esperar os pneus esfriarem. Vá até um posto de gasolina e digite na bomba o calibre desejado. Retire a tampinha da válvula do pneu e encaixe a mangueira da bomba. Aguarde a bomba calibrar o pneu e a emissão do aviso sonoro ao fim do processo. Tampe novamente a válvula de ar do pneu e guarde a mangueira da bomba no lugar correto. Muitos postos contam com frentistas para fazer esse serviço para você, mas é essencial saber fazer sozinho também.

É importante manter o balanceamento e alinhamento do veículo a cada 5 mil quilômetros e fazer o rodízio de pneus a cada 10 mil quilômetros, garantindo assim a estabilidade da calibragem de pneus.

Categorias
Auto e Ferramentas

Quais são as melhores marcas de pneu?

Os pneus são um dos itens mais importantes do seu carro. Eles são essenciais para que você rode com muito mais segurança, além de dar mais conforto para a sua viagem. E para que isso aconteça, você deve saber escolher o jogo de pneus certo. O manual do seu automóvel dirá qual é a melhor largura e altura, e dada a grande variedade de marcas e modelos, o ideal é que você olhe lá em vez de pesquisar na internet. Mas existe um conselho que podemos dar a você com muita confiança: quais as melhores marcas de pneu? Separamos algumas marcas e modelos em que você pode confiar e ter a tranquilidade de que o seu carro irá rodar com mais conforto e segurança.

Michelin

A marca francesa que tem uma das mascotes mais conhecidas do automobilismo foi eleita em 2016 como o melhor pneu do Brasil. Os seus 126 anos ajudaram a construir tecnologias, processos e produtos que criaram alguns dos pneus mais seguros e resistentes do mercado. E, embora os seus preços não sejam os menores, a sua durabilidade e o ganho na segurança compensam bastante.

Os pneus da linha Michelin Primacy 3, por exemplo, se destacam na frenagem. O uso da tecnologia Stabiligrip ajuda a parar o carro com mais segurança na pista molhada e a sua construção também ajuda a dar mais estabilidade nas curvas. E se esse modelo se destaca, as outras linhas não deixam a desejar e contam com cabos mais reforçados e ao mesmo tempo flexíveis.

E ao serem recobertos com a borracha de alta qualidade que constrói o pneu, eles acabam sendo mais resistentes e duráveis.

Continental

Os pneus Continental também se destacam por sua capacidade de frenagem e estabilidade superior. Se você tiver um carro compacto, pode optar por modelos pensados especialmente para esse tipo de veículo, contando com desenhos assimétricos e sílica flexível para um maior contato com o solo e assim conseguir uma melhor frenagem, independente se a pista está seca ou molhada.

Além dessa linha, ainda é possível encontrar os pneus Extreme Contact e Premium Contact, que garantem mais segurança em carros de alto desempenho. Isso se dá tanto pelo material de construção – que permitem mais maciez e resistência no seco – quanto pelos desenhos que ajudam a direcionar a água e depois retirá-la do pneu, em caso de chuva.

E são apenas essas as melhores marcas de pneu?

Destacamos duas das melhores marcas de pneu, trazendo um pouco mais de detalhes, mas existem outras marcas que são tão boas e recomendamos, como Bridgestone, Yokohama, Goodyear e mais algumas, que você pode ver com detalhes e valores, clicando aqui.

Categorias
Auto e Ferramentas

Segurança: veja como dirigir com neblina

Viajar com neblina é perigoso. A neblina pode ocorrer em variações de temperatura, como em vales, subidas de serras e, principalmente, no amanhecer ou entardecer do dia. Algumas podem ser mais densas e outras menos, mas os cuidados são os mesmos para ter uma viagem segura e tranquila. Saiba algumas dicas de como dirigir com neblina de forma que nenhum imprevisto grave aconteça.

Tipos de neblina

Há dias em que a neblina é muito espessa, impossibilitando o motorista de ver mais que a alguns metros à sua frente. Outros dias, ela pode ser mais fraca e permitir que quem está dirigindo tenha uma visão com maior alcance. Porém, nos dois casos devemos tomar muito cuidado ao dirigir com neblina. A seguir, vamos ver quais são essas precauções.

Dicas de como dirigir com neblina

Atenção aos veículos ao seu redor – Dependendo de como está a neblina fica mais difícil ver que horas o carro que está à sua frente ou atrás irá parar ou frear, por isso mantenha distância e atenção aos carros ao seu redor.

Freadas bruscas – A neblina acaba molhando a pista – se nessa há manchas de óleo, o chão tem menos aderência. Por isso a dica é que não freie bruscamente quando tiver neblina, pois os pneus podem perder a aderência e fazer com que o carro derrape.

Faróis – Use sempre os faróis baixos, nunca os altos. Se o seu carro for equipado com farol de neblina, acione-o quando estiver passando por uma.

Evite ultrapassagens – Como a visibilidade fica comprometida, não é seguro fazer ultrapassagens em dias com neblina.

Evite parar no acostamento – Procure não parar em acostamento. Se precisar parar procure um posto de combustível. Isso diminui as chances de acontecer algum acidente. Tenha bastante atenção quando estiver dirigindo com neblina.

Procure ver a previsão de tempo antes de viajar e, se for possível, não dirija na neblina. Mas, se for dirigir, tome os cuidados necessários para manter segura a sua vida e das pessoas que estão de carona e dos carros próximos.

Categorias
Auto e Ferramentas

Quer o melhor pneu para pick up? Veja como escolher

As pick ups são veículos versáteis que podem ser usados para o trabalho, para pessoas que gostam de modelos esportivos. Independente do seu uso, é essencial saber escolher o melhor pneu para pick up, pois são peças fundamentais que garantem a estabilidade e a frenagem do veículo.

Como escolher o pneu ideal?

A escolha do pneu para o veículo é essencial, pois eles são os únicos pontos de contato entre a pick up e a pista de rolamento, por isso influencia diretamente no desempenho do carro e na sua segurança. Existem diversos modelos de pneus, por isso você deve se atentar ao tipo de estrada que mais percorre para escolher o melhor produto.

A aderência do pneu é modificada de acordo com o modelo, que pode ser on-road, para uso predominantemente em asfalto, off-road para estradas de terra e lama, e misto, que é ideal para ambos os terrenos. Você ainda pode optar pelos pneus verdes, que são fabricados de maneira diferente e ideais para o uso misto; com ele, você tem redução no consumo de combustível, menos ruídos e são mais leves.

Entendendo os pneus

Para quem não conhece muito do mundo dos pneus, sempre se confunde com os números, medidas e categorias que cada um possui. Ao contrário do que a maioria pensa, é muito simples de entender. Vamos exemplificar com o pneu Firestone F-590, que tem o seguinte código: P175/70R14 86T.

O “P” logo no começo indica o tipo de pneu, no caso, “P” de passeio; os números 175/70 representam respectivamente o tamanho da banda de rodagem e a proporção entre a faixa lateral e a banda de rodagem. O “R” significa que é um pneu radial e o número 14 seu diâmetro (aro). Por fim, o 86 significa o índice de carga que cada pneu suporta, e a letra final “T” significa a velocidade máxima que o pneu suporta.

Viu como não é difícil saber escolher o melhor pneu para pick up? Compre já o seu.

Categorias
Auto e Ferramentas

Como calibrar pneus

Todo mundo sabe a importância de manter o carro em perfeitas condições de segurança e eficiência. Certas providências, entretanto, nem sempre são tão valorizadas quanto outras. Se você está se perguntando como calibrar pneus, é por que está de olho na segurança da sua família.

Algo que muita gente acaba deixando para depois, por falta de tempo ou mesmo de paciência quando entra em um posto para abastecer, é a calibragem dos pneus. Quase sempre temos a sensação de que estão rodando bem e podem esperar a próxima parada para que sejam verificados.

Essa atitude, porém, não é saudável, nem para a segurança do veículo, nem para o bolso, pois o desgaste dos pneus ocorre mais rapidamente se os deixarmos rodando sem os devidos cuidados. Vamos então conhecer algumas dicas sobre como calibrar pneus.

Por que calibrar pneus

Pneus descalibrados não respondem da forma esperada aos comandos do veículo, tanto em relação ao contato com a pista (aderência) quanto aos freios e à direção. Isso acontece porque não estão com a quantidade adequada de ar para rodarem da forma mais eficiente.

Em pistas molhadas, por exemplo, o pneu descalibrado faz com que o carro demore mais tempo para parar totalmente após a frenagem. Se houver muita água acumulada, o veículo pode aquaplanar, o que significa a perda total do controle sobre o carro, equiparando-se a um barco à deriva. Não vale a pena arriscar.

Conheça a pressão correta e aprenda como calibrar pneus

Calibrar é muito fácil, mas antes é necessário saber a pressão correta dos pneus, que pode variar de acordo com as condições de uso do veículo. No Brasil, a pressão dos pneus é estabelecida pela unidade PSI, que é a medida de pressão do sistema inglês/americano e significa “libras por polegada quadrada”. Por exemplo, o pneu de um carro de porte pequeno utiliza uma calibragem média de 30 libras.

Em viagens, costuma-se carregar mais peso, o que pede maior pressão nos pneus. Ao rodar somente na cidade, você deve manter a pressão adequada para esse esforço, normalmente diário, em que é exigido trabalho maior dos pneus em função das inúmeras frenagens que você faz ao parar nos sinais ou ao estacionar. A pressão também varia conforme o tipo de pneu e o modelo do carro, mas essas especificações são facilmente encontradas no manual do veículo. Caso não encontre informações no manual do seu carro, confira o aro de sua roda. É comum ele vir gravado no pneu.

Dicas sobre como calibrar os pneus corretamente

O ideal é que os pneus sejam calibrados uma vez por semana ou, no máximo, de 15 em 15 dias, e quando estiverem frios – ou seja, tiverem rodado no máximo 3 quilômetros. Desse modo, procure reservar o horário da manhã para isso, antes de dar início à sua rotina diária. Caso você queira substituir a calibragem de pneus de ar comprimido para nitrogênio, esvazie todo o pneu antes de iniciar a troca.

Você pode aprender a como calibrar pneus de seu veículo em lojas especializadas em serviços automotivos, que costumam apresentar uma regulagem mais precisa, ou em postos de abastecimento. Se nunca tiver calibrado seus pneus, peça ajuda ao frentista, informando a pressão correta de seus pneus. Observe-o fazendo o procedimento e experimente fazer você mesmo da próxima vez, pois verá que é muito simples.