Categorias
Esporte e Lazer

Sinto muito sono depois dos exercícios. É normal?

É muito comum ouvir de quem faz exercícios físicos regulares a frase “Sinto muito sono depois de malhar”. E saiba que o sono pode influenciar na qualidade do exercício físico. Muito mais do que você pensa. Um sono ruim pode impedir que você atinja os resultados que espera de uma atividade, mesmo que você esteja fazendo todo o resto corretamente.

Malhar em uma boa academia, ter uma boa orientação de um profissional de Educação Física, tomar um bom suplemento, alimentar-se bem, estar com boa saúde, pode não adiantar nada se você não tiver uma boa noite de sono.

A explicação disso é mais técnica e envolve glândulas e hormônios, mas vamos tentar simplificar aqui: grande parte da síntese muscular ocorre à noite. A melatonina (hormônio do sono) e o GH (hormônio do crescimento) trabalham enquanto você dorme. O GH ajuda o corpo a agrupar os aminoácidos recebidos pela sua alimentação para formar proteínas, que são os componentes dos músculos.

Ou seja, se você não dorme direito, o desempenho das atividades do dia seguinte fica cada vez mais prejudicado.

Dicas para melhorar o sono

Seguem algumas dicas para melhorar a qualidade do seu sono:

– Evite ficar no celular ou com outros aparelhos luminosos pouco antes de dormir, pois a luminosidade inibe a produção de melatonina;
– Tome bebidas relaxantes como chás de camomila, erva doce e hortelã. Isso sem falar no tradicional suco de maracujá;
– Durma no escuro ou com o mínimo de luminosidade – isso favorece a liberação de melatonina, aquele hormônio do sono;
– Evite fazer atividades que causam mais agitação em você – isso pode elevar o cortisol (hormônio do stress), reduzindo a liberação de GH e melatonina que, como já aprendemos, são importantes para a síntese muscular que ocorre à noite;
– Tenha travesseiro e colchão adequados para você – conforto é essencial para uma boa noite de sono;
– Não durma em jejum ou com sede, mas também não exagere na comida antes de dormir – qualquer falta ou excesso pode causar desconfortos durante à noite;
– Procure dormir no silêncio ou com o mínimo de ruídos – o cérebro continua acordado quando há sons em volta.

Sono e exercício se complementam

O exercício físico e o sono são muito importantes para a saúde e são complementares. O que isso quer dizer? Dormir bem melhora os efeitos do exercício, já que o metabolismo funciona melhor. E fazer atividade física (do jeito e no horário certos) pode melhorar a qualidade do seu sono, já que quem pratica exercícios costuma dormir mais rápido e de forma mais profunda, sem fragmentar o sono.

Categorias
Auto e Ferramentas

Dirigindo à noite: dicas para chegar com segurança ao seu destino

Antes de sair dirigindo à noite, é muito importante que você se atente para alguns cuidados para evitar qualquer tipo de acidente. Mesmo com a iluminação das ruas, dos comércios, das casas e dos faróis dos carros, às vezes fica difícil ver os buracos no chão ou até uma pessoa ou um cão atravessando a rua. 

Na estrada fica ainda mais complicado, pois você só conta com os faróis e com a iluminação da rua. Se ela acabar, você precisa conseguir se virar apenas com a iluminação do seu carro. Além disso, dependendo da localização da estrada, é muito comum atravessarem animais mais selvagens na frente do veículo e, dependendo do tamanho do bicho, o acidente pode ser bastante grave.

Pensando nisso, separamos algumas dicas bem legais para você dirigir à noite com muito mais segurança.

1 – Ligue os faróis um pouco antes de começar a escurecer

Apesar de não ser preciso, nós sabemos que o céu escurece de repente, e se precaver com os faróis acesos evitará que outros motoristas não vejam você e batam no seu carro. 

2 – Reduza a velocidade

Para que você tenha tempo de frear antes de passar em um buraco ou antes de atropelar um cão, é muito importante que reduza a velocidade e ande mais devagar quando estiver dirigindo à noite.

3 – Fique de olho em situações estranhas com outros motoristas

Infelizmente, algumas pessoas insistem em dirigir depois de beber demais ou quando estão muito cansadas, em especial à noite. Não podemos controlar as atitudes dos outros, mas podemos nos precaver. Caso perceba que algum veículo está muito devagar, muito rápido ou indo para os lados sem controle, saia de perto para evitar um acidente.

4 – Use o GPS

Se for para um local que não conhece muito bem, ligue o GPS para que possa chegar com maior segurança. Quando não conhecemos muito bem o caminho, temos a tendência a diminuir muito a velocidade para ver se determinada rua é a que devemos entrar e até para pensarmos no caminho que temos que fazer. Isso é muito perigoso, em especial à noite, pois, além de as pessoas terem menor visibilidade, elas podem estar cansadas e os reflexos mais lentos podem dificultar a visualização do seu carro.

5 – Faça uma pausa caso esteja na estrada

Dirigir na estrada à noite é mais difícil porque o percurso não tem faróis, comércios e movimentos de pessoas, que são as variáveis que nos ajudam a ficarmos mais atentos. Além disso, o próprio barulho do motor do carro nos deixa mais sonolentos.

Para evitar que esse cansaço atrapalhe os seus reflexos, pare em algum local, estique as pernas e tome um café. Essas paradas são essenciais para você recompor as energias. 

Quando estiver dirigindo à noite, tenha alguns cuidados para evitar qualquer tipo de acidente e aproveite essas dicas para chegar em qualquer lugar com muito mais segurança.