Categorias
Casa e Decoração

Como comprar o sofá perfeito

Veja algumas dicas que vão te ajudar a não errar na compra desse móvel tão importante.

Escolher o sofá perfeito não é uma tarefa das mais fáceis. Afinal, ele precisa ser bonito, confortável e de boa qualidade. Além disso, é um móvel que não trocamos com frequência e, por isso, deve ser escolhido com muita atenção. 

Para te ajudar, vamos te dar algumas dicas simples que farão toda a diferença na hora da compra. Vem com a gente!

Tamanho

Errar no tamanho do sofá é um dos piores problemas. Parece simples, mas muitas pessoas se esquecem dessa parte. Por isso, é fundamental medir o cômodo, definir espaço disponível e verificar as medidas do sofá na hora da compra. Importante: modelos retráteis costumam ocupar mais espaço, mesmo com o sofá “fechado”.

Cores

Se você gosta de mudar a decoração de vez em quando, é preciso levar em conta a cor do sofá. A aposta mais segura é optar por cores neutras que combinam com tudo. Invista em tons terrosos, preto, bege ou cinza. Não tem erro!

Espuma

Sofá bom precisa ter estrutura firme e espuma de qualidade. Procure saber a densidade da espuma do assento, dos braços e do encosto antes de finalizar a sua compra. Afinal, você não vai querer sentar num sofá desconfortável, não é mesmo?

Garantia

Quando compramos um sofá, queremos que ele dure alguns bons anos. Por isso, dê preferência àqueles com garantia e, se possível, com assistência técnica. Assim, você evita dores de cabeça no futuro.

Pets

Se você tem um bichinho de estimação em casa, é recomendável escolher sofás com capas laváveis. E para os tutores de gatos, o ideal é optar pelos tecidos suede ou gorgurrão impermeável. Pesquisas apontam que esses materiais são os mais resistentes às unhas dos felinos.

Categorias
Casa e Decoração

Mesa de vidro ou madeira: Qual é a melhor para a sua casa?

A decoração da sua casa pode seguir uma tendência exclusiva ou mesclar estilos. Tudo depende da identidade que você quer imprimir ao ambiente. Na sala de estar, cozinha ou sala de jantar, uma mesa de vidro ou madeira é um elemento importante na composição da decoração. Aprenda agora como escolher a melhor mesa para você.

Sala de estar

O cômodo onde recebemos as visitas, a chamada sala de estar, possui normalmente uma mesa no centro e mesas auxiliares nos cantos. O vidro costuma ser mais utilizado nesse cômodo por aparentar mais leveza e transparência. Mesas de centro em vidro costumam ter uma prateleira abaixo do tampo onde são colocadas revistas e na parte de cima objetos de decoração, como vasos e miniaturas. Se a sala de estar é pequena, a dica é optar por vidro espelhado, que deixa o ambiente mais amplo.

Agora, se você possui uma sala grande, com decoração mais tradicional e requintada, um centro de mesa em madeira deixa o ambiente ainda mais sofisticado e retrô. Ainda mais se for uma peça estilo Luís XV ou com pés palito datado de décadas atrás. Vale lembrar que a mesa pode ser combinada com peças de épocas diferentes e não é necessário que a mesa de centro seja rigorosamente igual às mesas auxiliares.

Mesa de vidro ou madeira na sala de jantar

Aqui a mesa representa (novamente) o centro do ambiente. Costuma ser de madeira combinada ao estilo do buffet e também da iluminação. Se os móveis são antigos, geralmente temos um pendente também de estilo tradicional. Agora, se a decoração é mais moderna, temos o tampo da mesa em vidro (mais grosso e resistente às temperaturas) ou ainda uma mescla de madeira e vidro onde os pés da mesa podem ser de madeira e seu tampo de vidro. Outra forma que encontramos é somente a parte central da mesa ser em vidro e emoldurada pela mesma madeira das cadeiras e buffet.

A mesa da cozinha

Nesse ambiente a descontração e a praticidade costumam ser priorizadas. Por isso, ao escolher entre mesa de vidro ou madeira para a cozinha, tenha em mente o tipo de limpeza que será necessário fazer frequentemente na peça, pois na cozinha existem vapores que podem impregnar em sua mesa caso você não disponha de uma coifa. Por isso, escolha a que seja mais fácil para você manter limpa e sempre nova.

Categorias
Auto e Ferramentas

Quais as vantagens do martelo unha?

Quem mora sozinho ou quem gosta de customizar móveis ou mesmo criar objetos de decoração é importante ter ferramentas manuais em casa. Dentre elas temos furadeira, trena, chaves e martelos. Em relação a essa última, podemos encontrar em vários formatos. Mas um que possui maior número de funções é o martelo unha. Sendo assim, confira quais as vantagens de ter um em casa e como escolher um bom martelo.

O que é o martelo unha?

O martelo unha é composto por um cabo que, em geral, é feito de madeira e uma cabeça em metal. A cabeça de um lado possui um martelo e de outro uma espécie de unha com uma fenda que serve para arrancar pregos.

Como escolher seu martelo?

É possível encontrar martelos com cabos feitos de diferentes materiais. Cada material vai absorver o impacto do martelo com o prego de uma forma. Confira abaixo alguns materiais que você vai encontrar:

– Madeira;

– Metal;

– Fibra de vidro;

– Borracha.

Aí vem a pergunta: “qual comprar?”. Bem, o martelo ideal é aquele que é leve, absorve bem o impacto com o prego e tem cabo anatômico. Por isso, analise o martelo que está comprando e perceba se ele possui a maioria dessas características. Geralmente, os que são feitos com cabo de fibra de vidro são os mais anatômicos e leves.

Há ainda a possibilidade de adquirir um que tenha a cabeça magnetizada. Dessa forma, fica bem mais fácil de pregar, pois eles possuem uma entrada na cabeça para encaixar o prego e evitar que você machuque os dedos na primeira martelada.

Vantagens de ter um martelo unha

Falamos sobre como escolher o seu martelo, agora vamos às vantagens de ter um em casa:

Pregar – essa é a principal função dele. E vai desde pregos pequenos até os maiores. Por isso, procure por uma martelo resistente.

Arrancar pregos – com a unha da cabeça, você pode arrancar pregos das superfícies de madeira. 

Abrir caixas – se você reparar, a unha se parece muito com um pé de cabra. Ou seja, você pode abrir caixas de madeira ou despregar tábuas apenas encaixando essa parte do martela forçando a abertura.

Como podemos ver, o martelo unha é muito útil por ter várias funções. É uma excelente ferramenta para ter em casa. Compre o seu!

Categorias
Auto e Ferramentas

Como escolher parafusadeira para serviços domésticos

Se você precisa montar um móvel, fixar um quadro ou outro objeto na parede ou mesmo instalar caixas de tomada, poderá contar com a ajuda de uma parafusadeira. Esse equipamento serve para fixar, apertar ou desenroscar parafusos com maior firmeza do que com o uso de uma chave de fenda. Para saber como escolher parafusadeira, você deve levar em consideração o tipo de superfície onde ela será usada e a rotina de uso do equipamento.

Parafusadeira para diferentes superfícies

As parafusadeiras podem ser usadas para fixar, apertar ou desenroscar parafusos em diferentes superfícies como madeira, metal, concreto e alvenaria. Quanto mais dura a superfície, maior deve ser a potência do equipamento escolhido.

Potência da parafusadeira

As parafusadeiras de 3,6 volts servem para serviços mais leves como apertar caixas de tomada e também para superfícies de madeira. As de 4,8 volts, além de terem capacidade para fazer o que fazem as parafusadeiras de 3,6 volts, também servem para a manutenção de eletrodomésticos e parafusamento de até 6 mm. Para superfícies de metal, é recomendado o uso de uma parafusadeira de 9,6 volts, que suporta parafusos de 8 mm e brocas de 10 mm. Ela também serve para montagem de móveis e instalação de prateleiras. Além de madeira e metal, mais potentes, as parafusadeiras de 12 volts podem ser usadas em concreto e alvenaria. Há ainda modelos de 14,4 e 18 volts. Essas têm por finalidade executar serviços mais pesados em concreto e alvenaria.

Como escolher parafusadeira

Além da potência da parafusadeira, ainda existem no mercado modelos com chave de impacto, que facilita a perfuração de concreto e alvenaria, e com controle de torque, que serve para regular a força de aplicação do parafuso, impedindo que a ponta do parafuso quebre ou danifique e aliviando o esforço físico de quem estiver usando o equipamento. Há ainda diferentes tipos de bateria para parafusadeiras. Ou seja, quando for escolher a sua, é importante observar todos esses aspectos e como eles interferem no desempenho da parafusadeira.

Categorias
Auto e Ferramentas

Madeira ou MDF: qual é o mais prático para montar?

Na hora de comprar móveis, muitos têm dúvidas para escolher itens de madeira ou MDF. Afinal, a diferença de preço entre eles costuma ser bem considerável. A variação do tipo de material influencia na durabilidade e montagem da mobília. Para te ajudar a entender mais sobre o assunto, vamos falar sobre as vantagens de cada material.

Qual devo escolher, madeira ou MDF?

O MDF é feito de fibras e sobras de madeira prensadas e misturadas com resina. O material é leve e fácil de ser transportado. Sua superfície lisa pode receber pinturas ou lâminas de madeira natural. A grande vantagem em relação à madeira maciça é que o MDF não dilata, é imune a pragas como cupins e geralmente recebe tratamento contra fungos e bactérias. Como tem densidade média, é mais simples de cortar com uma serra durante a fabricação.

Já a madeira maciça é mais pesada e resistente porque não é produzida com uma mistura de fibras. Um móvel de madeira pode durar vários anos e sua superfície é mais difícil de sofrer arranhões.

Durante a montagem, qual material é mais prático?

Além de considerar o design do móvel, também é preciso analisar a durabilidade da madeira. Para quem mora de aluguel e pretende se mudar para outra casa em poucos anos, a desmontagem e remontagem podem avariar os móveis. Portanto, o MDF não é recomendado, suas fibras podem se soltar durante o processo de parafusagem.

Por outro lado, a madeira maciça pode ser mais difícil de ser transportada em razão do peso. Para quem reside em casa própria, ela é ideal porque será montada apenas uma vez, sem a necessidade de movimentar o móvel para outros espaços. Aqueles que planejam uma mudança e não querem se preocupar com objetos pesados podem optar pelo MDF em vez da madeira maciça.

Tenha em mente que o processo de montagem de madeira ou MDF é praticamente o mesmo para os dois casos. As peças usadas são semelhantes, como parafusos, presilhas, pregos, rodízios, dobradiças e corrediças. É comum usar chave de fenda  e chave Philips durante o processo. Para facilitar a montagem, vale mais a pena se preocupar em adquirir uma parafusadeira elétrica, que deixa o procedimento menos trabalhoso, independentemente do material do móvel.

Categorias
Auto e Ferramentas

Veja como fixar estante na parede

Nem tudo que precisamos fazer em casa necessita de contratar um profissional. Preencher um sábado fazendo pequenos consertos em casa é uma excelente terapia ocupacional, além de uma forma de economizar dinheiro. Aprenda como fixar estante na parede e faça você mesmo na sua casa.

Materiais necessários

Para fixar a estante na parede usando suportes você vai precisar de:

Furadeira
– Detector de metais
– Parafusos de madeira de 7,5cm
– Parafusos de 9 mm
– Buchas de parede
– Arruelas
– Suportes em “L”
– Escada

Como fixar estante na parede

Retire todos os livros e objetos da estante e limpe a peça muito bem. Depois, com a ajuda de um detector de metais, encontre as vigas da parede onde você quer fixar a estante. Recomendamos encontrar as vigas porque oferecem mais segurança do que parafusar a peça (que vai receber peso) na alvenaria ou gesso.

No centro da viga, trace uma linha vertical usando lápis e régua. Apoie a estante na parede deixando a linha que você traçou exatamente no meio da parte superior da peça. Coloque o suporte em “L” em cima dessa linha tracejada e faça os três primeiros furos na parte superior do suporte, ou seja, na viga.

Esse primeiro suporte vai ficar no meio da parte superior da estante, agora coloque outros dois, sendo um em cada extremidade, e também fure a parede e fixe os três suportes com os seus devidos parafusos.

Feito isso, passe a furar a estante para fixar os suportes. Antes de furar, risque com o lápis os nove furos que você vai fazer, ou seja, três em cada suporte. Fure a parte superior da estante e coloque os parafusos e arruelas que vão prender a estante aos suportes em “L” e consequentemente à parede. Depois da sua estante estar devidamente fixada à parede, convém fazer uma triagem nos livros e só colocar na peça os que realmente são utilizados, pois excesso de livros pode pesar demais na estante e assim comprometer a fixação da peça à parede.

Opte por deixar CDs, DVDs e objetos mais leves na sua estante de parede, guardando os livros mais pesados para colocar em um móvel que fique sobre o chão e tenha pés firmes. Agora que você aprendeu como fixar estante na parede, que tal dar uma cara nova àquela que você tem em casa?

Categorias
Auto e Ferramentas

Como montar um armário sem ajuda?

Quem deseja economizar e ter um móvel feito por si mesmo em casa precisa aprender como montar um armário. Existem medidas padronizadas e alguns truques que facilitam o processo, portanto, prepare a sua caixa de ferramentas e comece agora mesmo a montagem do armário, que terá o seu toque especial e personalizado.

Planejamento

A profundidade padrão de um armário é de 60 cm. A altura é de 90 cm, com os armários tendo cerca de 86 cm de profundidade no tampo, para dar espaço ao material do balcão. Para os armários fixados no alto, na parede, adicione cerca de 60 cm à altura da bancada. Todo espaço que sobrar entre essa distância e o teto é livre para os armários aéreos. A largura pode variar de 30 a 150 cm.

Como montar um armário

As medidas dos armários aéreos são de acordo com o seu gosto pessoal. A profundidade padrão está em torno de 30 e 35 cm. A altura depende do local em que você deseja colocá-los e da altura do teto. Agora, corte o fundo.

A peça inferior terá 60 cm de profundidade, mas a largura dependerá das dimensões da cozinha. Essa medida deve incluir a largura que será adicionada pelas peças laterais dos dois lados. Novamente, para os armários aéreos, a profundidade ficará entre 30 e 35 cm, não 60 cm.

Você deve cortar duas dessas peças para cada armário aéreo. Corte os quadros frontais que serão montados como se fossem uma moldura e vão compor a parte principal dos armários, que fica à vista de todos.

Por isso, devem ser feitos com uma madeira que você ache bonita. Una os quadros da base ao fundo. Alinhe-os e cole-os para que um lado plano fique rente à borda inferior, e o outro a 7,5cm da borda frontal.

Em seguida, usando juntas de topo, passe um parafuso pela base do armário até a borda dos quadros. Se quiser, pode fazer furos-guia para facilitar. Junte as laterais ao fundo, cole e depois prenda novamente, com juntas de topo, os quadros laterais à base e à estrutura do fundo, encaixando o recuo na lacuna formada. Todas as bordas devem ficar bem encaixadas. Prenda os painéis laterais.

Depois, cole e prenda (com mais juntas de topo) o painel traseiro para que ele fique rente à parede. Para instalar as prateleiras, meça, marque e nivele as posições de pelo menos 4 suportes de canto (dois de cada lado).

Agora é hora de deslizar as prateleiras. Adicione os quadros frontais. Monte-os em uma só unidade, como se fizesse uma moldura. Você pode usar juntas planas ou deixá-las esquadrinhadas. Juntas com cavilhas ou de caixa e espiga devem ser usadas, de acordo com seu nível de habilidade, para unir as peças. Pregue e chanfre os pregos para prender a face completa ao armário. Posicione os armários.

Coloque-os no local correto. Aparafuse pelo painel traseiro até as vigas da parede para prender o móvel no lugar. Instale as portas. Coloque-as nos quadros frontais, como recomendado pelos fabricantes delas. Essas foram dicas de como montar um armário de parede que foi feito por você. Gostou? Então mãos à obra!

Categorias
Auto e Ferramentas

Como montar um berço

A grande maioria dos berços, mesmo sendo de marcas diferentes, possui peças básicas iguais, facilitando a assim a forma de fazer a sua montagem. Com pouco trabalho e alguns passos, você pode ter a facilidade de montar um berço com muita segurança.

Antes de começar, leve as peças para o quarto do bebê, pois assim você não precisará transportá-lo depois de montado. Você provavelmente irá precisar de uma chave de fenda, um martelo e um conjunto de catracas. Confira antes pelas instruções as ferramentas ideais de uso.

Manual de uso

Caso você não tenha o manual de instruções, pode procurar pela internet ou conferir todas as peças. Normalmente um berço possui uma cabeceira, uma parte inferior oposta à cabeceira; grades (laterais do berço; uma parte delas é móvel, para dar acesso ao berço); um suporte para o colchão (pode ser uma madeira simples ou pode ter molas) e um colchão. Ele pode ainda conter dois suportes longos para as laterais, principalmente se todas as grades forem móveis.

Sequência de montagem do berço

Para evitar erros, você pode seguir essa sequência para a montagem do berço.

– Coloque a cabeceira no chão; – Prenda as chaves dos trincos na cabeceira;
– Prenda a grade à cabeceira e à parte de baixo;
– Prenda o suporte de colchão à base do berço;
– Prenda a grade móvel na frente do berço;
– Deslize as molas nas cavilhas e insira-as acima do buraco inferior na lateral da grade;
– Verifique a estabilidade do berço;
– Coloque o colchão no berço;
– Prenda as rodinhas, se quiser;
– Verifique o berço semanalmente.

Garanta a segurança

Verifique sempre as condições do berço para que não tenha nada que possa machucar seu bebê. Verifique também se a grade móvel está bem presa no lugar. De vez em quando, acesse algum site sobre Segurança do Consumidor para saber se o seu berço não foi retirado de linha pelo fabricante.

Muitos são retirados por apresentarem riscos à segurança. Agora que você já sabe como montar o berço para o seu bebê, escolha o mais adequado.

Categorias
Auto e Ferramentas

Dicas de como fazer gravação em madeira

A arte de como fazer gravação em madeira é chamada pirografia e o gravador é o pirógrafo. Geralmente a gravação em madeira é usada em avisos, placas, caixas de correio, portas, mesas, porta-jóias de madeira, baús, mesas, cadeiras e tudo mais que se queira personalizar com o seu traço através da arte da pirografia. .

Prepare a superfície

Prepare a superfície da madeira. Lixe e deixe bem lisinha, depois suavize passando um pedaço de pano seco sobre toda a área da madeira que foi lixada. Fixe com fita adesiva um pedaço de papel vegetal sobre a parte da madeira a ser desenhada e coloque o estêncil em cima deste papel vegetal. Utilize um lápis para desenhar o que você pretende gravar na madeira sobre o stêncil que gravará este desenho na madeira provisoriamente até ser coberto pelos traços do pirógrafo.

Como fazer gravação em madeira

Segure o pirógrafo com cuidado pelo cabo mova rapidamente sobre o desenho que está na madeira. Quanto mais pressão você fizer no pirógrafo, mais escura a sombra do desenho vai ficar. O gravador elétrico é bem fácil de segurar,o que se torna uma boa escolha se essa for a sua primeira vez nessa atividade. Segure a ferramenta como  se fosse uma caneta (entre o polegar e o dedo indicador), pois, facilita o uso caso você queira criar linhas curvas. A lâmina da ferramenta é própria para criar detalhes como profundidade e sombra nas letras e desenhos. Se o que você quer é pouca sombra e linhas finas, mova a ferramenta rapidamente sobre a madeira.

Acabamento

Usando um pano limpo e macio, remova rebarbas e pó de madeira que ficaram sobre a superfície que foi desenhada. Recomendamos utilizar uma régua para assegurar que letras e desenhos tenham o alinhamento desejado. Depois de gravar as letras e finalizar o desenho, envernize a superfície da madeira com poliuretano. Isso dará um acabamento uniforme e um aspecto parecido com vidro.

As dicas de como fazer gravação em madeira torna qualquer pessoa apta para este tipo de artesanato.

Categorias
Auto e Ferramentas

Como encerar  madeira mais rápido

Quem tem móveis de madeira em casa sabe que eles têm uma beleza incomum. Porém requerem um pouco de cuidado para se manterem belos com o passar do tempo. Uma das formas de conservá-los é aplicar cera quando estiverem com uma aparência de velhos ou de desgastados. Se você não sabe encerar, não tem problema, acompanhe as dicas de como encerar madeira de uma forma que não gaste muito do seu tempo.

Como encerar madeira

Com as dicas a seguir, seus móveis estarão sempre com aparência de novos:

Sele o móvel: verifique se o seu móvel possui algum selante como verniz, goma-laca ou poliuretano; se não tiver, aplique-o antes de passar a cera. Isso porque a cera não é muito adequada como camada de revestimento sem ter um isolante.

Limpeza: passe um pano no móvel antes de aplicar a cera para que a poeira não se misture e estrague o resultado final. Aplique a cera: aplique a cera líquida em um pano, mas cuide para não aplicar muita cera. Camadas muito grossas, depois que secam, podem ficar com uma aparência manchada ou opaca. Uma das ceras indicadas para móveis é a de carnaúba.

Como aplicar: com um pano umedecido de cera, faça movimentos circulares suaves, não há a necessidade de passar de acordo com as fibras da madeira. Apenas cuide para a quantidade suficiente de cera, ou seja, uma camada fina.

Secagem : após aplicada, espere cerca de 20 minutos até secar. Em ambientes pouco arejados pode demorar um pouco mais. Para conferir se está seca, encoste o dedo levemente no móvel, se a cera não estiver pegajosa já secou.

Lustrar: para finalizar, pegue um pano macio e faça movimentos circulares, isso dará brilho ao móvel.

Dicas de manutenção

Procure não arrastar nenhum objeto pesado em cima do local em que foi passada a cera. Isso poderá riscar o móvel e mesmo reaplicando a cera o risco pode permanecer.

A cera deve ser reaplicada quando você perceber que a peça perdeu o brilho ou já está desgastada. Geralmente, isso acontece depois 6 meses.

Mantenha os seus móveis encerados e sua casa ficará mais aconchegante e bela.

Como encerar madeira mais rápido

Encerar madeira é rápido e simples, além do mais seus móveis ficam com uma aparência ótima. Saber que não se pode aplicar cera em grande quantidade é uma das dicas de como deixar seus móveis brilhosos.