Categorias
Beleza e Saúde

Saiba como se vestir para andar de moto com segurança

Pilotar uma moto é sempre uma aventura. A beleza é sentir o vento diretamente em você, isso é indiscutivelmente uma ótima sensação. Porém, andar de moto, às vezes, é perigoso e desconfortável. Isso porque nem sempre vamos ter dias ensolarados ou nublados, podemos enfrentar chuva e vento forte, por exemplo. Além do mais, alguns itens de segurança são muito importantes para o motociclista. Pensando nisso, separamos algumas dicas de como se vestir para andar de moto, levando em conta as intempéries e o perigo na estrada.

Como se vestir para andar de moto

Dias chuvosos Esses são um problema para todos que possuem e andam de moto. Ainda mais para quem precisa dela todo dia para ir ao trabalho. Sendo assim, alguns itens são essenciais para você não se molhar.

Vamos a eles:

– Capa de chuva: a famosa capa de chuva de 2 peças, calça e jaqueta, é indispensável para os dias chuvosos. Disponível com diferentes materiais, temos desde as mais simples até as mais sofisticadas. 

– Botas:  é importante ter os pés secos também, para isso há no mercado as botas para quem pilota motos. Feita toda em borracha, não permite que seu pé umedeça.

– Luvas: aqui temos desde aquelas que são acopladas ao guidão e o motociclista só encaixa as mãos dentro delas, até as com o formato da sua mão.

Dias ensolarados

É importante também ter uma vestimenta para os dias ensolarados e nublados. Dessa forma, você se sentirá mais confortável e com mais segurança.

– Botas: essas são aquelas botas mais resistentes que normalmente vemos os motoqueiros profissionais usarem. Elas são importantes para que, se eventualmente acontecer algum acidente, o motociclista esteja mais protegido.

– Jaquetas e calças: quem tem uma moto sabe que o vento e o frio são parceiros de viagem. Com calças e jaquetas especiais, você não passará frio, pois elas protegem você, não deixando o vento passar entre a malha.

– Luvas: também é indicada por causa do frio e do vento.

– Cotoveleiras e joelheiras: essas são mais indicadas para quem possui moto esportiva e gosta de andar em alta velocidade. Seus joelhos e cotovelos agradecem na hora das curvas e algum eventual tombo ou acidente.

E uma última dica é o capacete, que na verdade é um item indispensável. Andar de moto é algo único e você precisa se equipar bem para curtir o passeio.

Categorias
Auto e Ferramentas

Qual é mais econômico: carro ou moto?

Quem está pensando em adquirir um meio de transporte para ajudar na correria do dia a dia pode estar se perguntando: qual realmente vai suprir as minhas necessidades, carro ou moto? Saiba que essa é uma dúvida comum e vamos facilitar a sua vida elencando as vantagens e desvantagens de cada um. Vamos lá?

Vantagens e desvantagens da moto

Se você está pensando em comprar uma moto, provavelmente está cogitando o custo-benefício do seu novo meio de transporte. Além de o seu preço ser mais acessível do que o de um carro geralmente, a moto consome menos gasolina e a sua manutenção é geralmente é mais em conta.

Além disso, considerando o trânsito caótico das grandes cidades, nada como ter um veículo leve e fácil de estacionar, não é mesmo? Mas uma grande desvantagem da moto também está no trânsito urbano: o risco de acidentes. Por isso, se o trânsito da sua cidade é um problema, pense bem antes de adquirir uma moto e jamais deixe de usar capacetes e todos os outros equipamentos de segurança exigidos por lei.

Caso você more em uma cidade com um trânsito mais tranquilo, uma moto pode ser uma excelente opção. Porém o conforto é incomparável ao de um carro, especialmente se o clima da sua cidade é instável. Já pensou que chateação chegar ao trabalho após se molhar na chuva?

Vantagens e desvantagens do carro

Quando você opta pelo carro deve saber que terá mais conforto e recursos, como som ambiente e ar-condicionado. Mas vale a pena também ficar de olho nas características especiais desse tipo de locomoção. Você vai investir, em média, mais do que uma moto para comprar o seu carro, além de contar com manutenções periódicas, como a troca de 4 pneus, no lugar de dois? Apesar disso, o carro ainda é muito mais seguro e confortável do que a moto e essa é a sua grande vantagem. Além disso, a maioria comporta até 5 pessoas, então é mais fácil de dar carona e de levar a família para passear.

Afinal, qual é o melhor para você?

Depende da finalidade! Para quem faz trajetos curtos que tenham muito trânsito, a moto vai ser mais vantajosa, pela possibilidade de trafegar no corredor entre os carros. Já para quem curte viagens mais longas e, claro, tem a família maior, o carro ganha pontos.

Por isso, analise bem as suas necessidades antes de fazer a sua escolha.

Categorias
Auto e Ferramentas

Na estrada: dicas para viajar de moto

Quem viaja de moto sabe que a sensação é ótima. Aquele vento no rosto, a paisagem, o sentimento de liberdade. Porém, como toda viagem, são necessários alguns cuidados com a moto e com a viagem em si. Separamos algumas dicas para viajar de moto que você pode aplicar em sua próxima viagem. Confira:

Dicas para viajar de moto

Revise a moto

Essa é a primeira coisa que deve de ser feita quando for pensar em viajar de moto. Revisar a moto é essencial para evitar acidentes e imprevistos na estrada. Algumas partes como pneus e freios são extremamente importantes de serem revisados.

O ideal é que você leve em um mecânico de confiança e peça uma revisão. Assim, você vai viajar sem se preocupar se o freio vai falhar ou se os pneus não vão aguentar ou você vai perder aderência por causa deles.

Roupas para viagem

A viagem de moto tem todo seu lado belo e encantador de se sentir livre, mas é só cair uma chuva que tudo fica mais ou menos. Para evitar surpresas, leve uma capa de chuva, luvas e um par de botas para não se molhar durante a viagem.

Mas se você olhou a previsão e viu que não vai chover, leve uma roupa especial para que não sinta frio. Há roupas próprias para motociclistas que são feitas para não passar vento, e com botas próprias também. Vale a pena investir em proteção contra frio e chuva se você gosta de viajar com frequência.

Planejamento

Planejar uma viagem é muito importante. Saber:

– Quanto tem para gastar;
– Onde vão parar para comer;
– Qual a previsão do tempo;
– Como vai estar a temperatura;
– Quais roupas levar;
– Quanto tempo vai ser gasto.

Esses são os vários pontos que devem ser pensados. Não necessariamente planejar toda a viagem em cada mínimo detalhe, mas deve ter um planejamento e também é bom deixá-lo flexível. Isso porque pode acontecer de, no meio da viagem, querer visitar outro lugar, além dos que vão ser vistos.

Então é importante também saber ser flexível quanto ao planejamento. Seguindo essas dicas, a viagem vai ser bem mais tranquila. E o risco de acontecer incidentes vai diminuir bastante.

Categorias
Auto e Ferramentas

No trânsito: Scooter ou moto?

O trânsito dos grandes centros urbanos tem exigido cada vez mais a nossa criatividade na hora da escolha de um transporte para nos locomovermos. Algumas pessoas usam o Uber e outras optam até pelas bicicletas, mas um dos mais requisitados é Scooter ou moto. Prática e rápida, a moto nos permite fugir dos trânsitos mais intensos e chegar rapidamente nos nossos compromissos, sem atrasos e com muito conforto, uma vez que elas estão cada vez mais elaboradas. Uma das mais populares é a Scooter. Pequena e muito prática, ela geralmente é usada na rotina diária de ir e voltar do trabalho. Outra opção são as motos de modelos mais potentes, que também são rápidas, mas podem não ser tão simples de pilotar e de manter. Se quer saber qual a melhor para você, confira as informações a seguir sobre cada uma.

1 – Scooter

Por ter um limite de velocidade menor que a maioria das motos, as Scooters são consideradas mais seguras e são boas opções para quem quer agilidade e simplicidade no trânsito. Fácil de pilotar, a Scooter possui câmbio automático que permite acelerar e frear, além de ter todos os comandos ao alcance das mãos. A mecânica é simples e exige pouca manutenção. Com exceção da troca de óleo regular e do desgaste natural de peças como freios e pneus, dificilmente você terá manutenção com sua Scooter. Econômicas, elas possuem espaço com chave embaixo do banco para guardar objetos e o melhor é que a distância entre o banco e o solo é pequena, permitindo que sejam usadas tranquilamente por pessoas de baixa estatura. A Scooter é leve, trazendo ainda maior segurança para quem pilota, e o escudo frontal protege da chuva, da poeira e do vento, além da água e da sujeira do chão quando trafega em piso molhado.

2 – Moto

Mas, se em vez de uma Scooter você quer uma moto mais potente, saiba que a maioria é mais pesada e tem comandos mais complexos.Geralmente são boas opções para os amantes de moto, que não as usam apenas para ir e voltar do trabalho, mas também para passeios aos fins de semana.Algumas são tão potentes e ágeis que são muito usadas em longas viagens, por pessoas que gostam de natureza e de pegar a estrada.Por serem mais elaboradas, as motos podem precisar de mais manutenção, em especial se utilizadas nas rotinas diárias.Para evitar o desgaste, algumas pessoas optam pela Scooter para o uso diário e pela moto nos fins de semana e nos passeios.

Já sabe qual escolher, Scooter ou moto? Então faça a melhor opção de acordo com as suas necessidades.

Categorias
Auto e Ferramentas

Como encerar moto na garagem de casa?

Para saber como encerar moto você precisa primeiro entender sobre lavagem de auto e ferramentas a serem usadas. A primeira diferença entre lavar um carro e uma moto é que o carro pode ser lavado com jato forte de água porque a carroceria o protege de danos, já a moto possui cabos e fios à mostra, e se você jogar um jato de água muito forte pode danificar essas peças e até provocar um curto-circuito.

Cuidados na hora da lavagem

Fora isso é importante ter cuidado com produtos químicos. Alguns componentes móveis da moto são protegidos por anéis de borracha, os o-rings. Em contato com esses produtos, as borrachas sofrem ressecamento e começam a rachar, permitindo a entrada de sujeira, o que é muito prejudicial. Uma prática comum e totalmente maléfica é o uso de querosene nos discos de freio.

Por ter óleo na composição, ele reduz o atrito dos freios, correndo o risco de danificá-los. Agora que você já sabe tudo que não deve fazer, confira algumas dicas para lavar e encerar a sua moto em casa.

Para começar a lavagem é importante usar luvas cirúrgicas para proteger as mãos dos produtos químicos. Se puder colocar óculos de proteção é melhor ainda, pois os produtos podem respingar nos olhos. Comece passando desengraxante nas partes que grudam mais sujeira como embaixo do motor, embaixo dos pára-lamas, no cárter, na balança traseira, nas bengalas, nas rodas traseiras, nos raios e no bloco do motor.

Depois jogue água sem pressão com a mangueira para enxaguar. Coloque água e sabão de coco em um balde, mergulhe uma esponja macia e lave toda a moto. Enxágue com cuidado. Antes de secar, balance a moto de um lado por outro para a água sair das conchas. Destape o escapamento e ligue o motor por 30 segundos para tirar a umidade. Seque toda a moto e depois ligue o motor por mais 2 minutos para secar completamente.

Dicas de Polimento

É importante polir e encerar a moto a cada 2 meses para evitar o desgaste das partes cromadas e pintadas. Nas cromadas use a cera com uma esponja macia e espalhe até que dê brilho. Nas partes plásticas é importante usar cera a base de silicone para não ressecar. No tanque use cera automotiva.

Cuidado com o polimento do tanque e o enceramento do banco, porque podem ficar escorregadios e causar acidentes com uma freada mais forte.

Agora que você já sabe como encerar moto e dicas importantes de lavagem, proteja sempre a sua!.