Categorias
Esporte e Lazer

Veja qual boia de braço é a mais indicada para as crianças

Criança sempre gosta de brincar na piscina, no rio ou no mar. Porém os pais precisam ter uma atenção maior nessas horas. Um item essencial para se ter nesses momentos é a boia de braço. Com ela a criança vai ficar mais segura. Hoje vamos conhecer um pouco mais sobre esse item e saber algumas dicas. Confira:

Modelos de boias existentes

Colete

Esse equipamento de segurança é mais indicado para crianças abaixo dos 4 anos. Isso porque é mais difícil de a criança tirá-lo. Porém, é importante comprar o colete adequado para não ficar subindo e incomodar a criança.

Boia de assento

Esse modelo é recomendado para bebês e pode ser usado assim que eles estiverem mais firmes. O bebê é colocado dentro da boia, encaixando as pernas no assento. Porém é necessário tomar cuidado para que os pequenos não virem a boia.

Boia de braço

Mais indicada para crianças maiores de 4 anos, a boia de braço dá mais liberdade para os pequenos se divertirem mais na água. Alguns pais usam esse equipamento em crianças menores de 4 anos, porém é preciso encontrar uma boia que não escorregue facilmente pelo braço.

Tipos de boia de braço

Além do modelo tradicional, que são 2 boias, uma em cada braço, há o modelo com peitoral, em que as boias dos braços ficam ligadas a uma boia que fica na altura do peito da criança. Assim, a criança tem uma proteção a mais e dificulta a saída da boia do braço.

Apesar de colocar as boias de segurança nas crianças, elas nunca devem ficar na piscina ou no mar sem a presença de um adulto. Acidentes podem ocorrer e, nessas horas, ter um adulto por perto vai fazer toda a diferença.

Categorias
Esporte e Lazer

Por que a água do mar é salgada?

O mar é fascinante por incontáveis motivos, mas também carrega inúmeros mistérios presentes por toda sua extensão. Um dos questionamentos que mais ouvimos é por que a água do mar é salgada, e é para responder essa pergunta que levantamos algumas questões sobre o assunto.

A água do mar é composta de sais minerais de muitos tipos, além de possuir cloro, sódio, potássio e cálcio. O cloreto de sódio, conhecido como sal de cozinha, representa cerca de 85% dos sais minerais suspensos no mar. Se acredita que por mais de 500 milhões de anos esse sistema tenha evoluído em função situações como:

Erosão

Os mares e oceanos ocupam grande parte da superfície terrestre e na composição deles está tudo o que foi arrastado pelas águas das encostas e dos fundos dos rios, lagoas e mares. Uma quantidade gigantesca de elementos naturais orgânicos acaba chegando aos oceanos pela ação da erosão e das correntes marítimas, promovendo assim que haja todo um processo de decomposição de elementos que gera uma grande quantidade de sais minerais disponíveis no ambiente marinho.

Ações do tempo

Quando estamos decidindo entre praia e piscina não paramos para pensar que, diferente das piscinas, o mar é elemento vivo, lá habitam peixes e animais de muitos tipos, sendo que alguns existem há milhares de anos e ainda assim mal os conhecemos. E como um habitat complexo ele promove condições de regeneração para que o habitat permaneça passível da sobrevivência da fauna e flora marinhas. Os sais minerais e todos os elementos suspensos na água dos oceanos servem para transformar o mar em um ambiente mais propício à vida.

Evaporação

Os raios solares em contato com as águas marinhas promovem a evaporação de grande quantidade de água pura, quase sem evaporar outros elementos. Só o fato da água pura evaporar já permite que aumente a concentração dos elementos submersos na água como sais minerais e elementos orgânicos.

O mar é um dos mais belos elementos vivos do nosso planeta, abrigando milhares de especiais dos mais variados tipos. Conheça mais o mar e aproveite tudo o que a praia tem para oferecer a você!

Categorias
Esporte e Lazer

Como escolher as melhores pranchas de surf para começar a pegar onda?

Se você está pensando em começar a surfar, prepare-se: comprar a prancha de surf certa é o primeiro passo para a onda perfeita. Entre as inúmeras marcas e os diferentes shapes, escolher a prancha com as características corretas pode ser um desafio e tanto. E isso pode ser divertido! Vale lembrar que não basta escolher a mais popular entre a galera – certifique-se de adquirir uma prancha com o formato de acordo com o seu peso, a sua altura e a sua experiência. Confira, a seguir, quais são as melhores pranchas de surf para você curtir aquela praia no maior style (e com segurança!).

A melhor prancha para começar a surfar

Quem está começando na prática do surf deve escolher uma prancha maior, mais larga e mais espessa, características que aumentam a estabilidade, além de facilitarem na hora de remar, levantar e de “dropar” a onda. Ainda, o peso é um fator muito importante, então se certifique de que a prancha que você está escolhendo suporta um peso maior do que o seu, gerando melhor flutuação e facilitando a estabilidade quando você estiver de pé em cima dela. Veja, a seguir, os melhores tipos de prancha para você começar dando show nas manobras!

Longboard

São as famosas pranchas grandes e largas, com tamanho de 9” a 9’8”. Eram as mais usadas até a década de 1970. São boas para iniciantes e para o surf mais suave, pois facilitam a entrada na onda e a estabilidade. Alguns modelos possibilitam rasgadas e batidas; outros são mais clássicos.

Gun

O modelo gun, criado no Havaí, tem um tamanho grande, mas o contato com a água é menor do que o contato que se obtém com a longboard. Uma bela opção para quem pretende mandar manobras em ondas grandes.

Funboard

É tida como a melhor opção para os iniciantes. Um pouco menor do que a longboard, em torno de 7” a 8”, a funboard conserva a estabilidade e ainda possibilita a ação de manobras. Ainda, facilitam correr a onda com manobras menos potentes.

Evolution

Tem largura e espessura semelhantes às da funboard, mas tem o formato de uma pranchinha comum, com o bico pontudo. Possibilita maiores manobras que a longboard e a fun.

Shortboard (pranchinhas)

Muito manobrável, é o modelo mais usado pelos surfistas profissionais e por amadores com um bom preparo físico e muita agilidade. É vista em quase todas as praias de surf e muito usada para ondas pequenas. Se você já tem uma noção no esporte e procura agilidade e manobras, é a sua escolha. E aí, já sabe qual é o melhor modelo para você? Se você já tem um objetivo determinado, como vontade de dar batidas, rasgadas, aéreos e pegar tubos, vá de shortboard, que vai possibilitar que você realize essas manobras com uma melhor performance. Por outro lado, se quer fazer manobras suaves com curvas mais lentas e caminhar até o bico da prancha, o mais indicado é o longboard. Se quer um modelo intermediário, vá de funboard!