Categorias
Auto e Ferramentas

Conheça as melhores fechaduras para portas de madeira

Tão importante quanto à resistência do material das portas e janelas da sua casa, a escolha da fechadura para portas externas e internas precisa ser feita obedecendo a alguns critérios. Veja nossas dicas de fechaduras para portas de madeira.

Para portas externas

Se você precisa trancar uma ou mais portas da sua casa que dão passagem para ambientes externos como quintal ou hall, no caso dos apartamentos, opte por modelos com tetra chave ou ainda aqueles que possuem 2 trancas além da maçaneta. Assim, você impede o acesso de pessoas não autorizadas ao interior da casa, aumentando a segurança da sua família.

Fechaduras para portas de madeira

O modelo de fechadura escolhido precisa ornamentar ainda mais a decoração do ambiente, pois as boas fechaduras costumam durar bastante tempo, por isso escolha um modelo que possa combinar sempre que a sua decoração mudar. Uma boa dica é optar pelos acabamentos cromados ou os escovados, porque combinam com todas as opções de portas, sendo que o escovado não fica marcado pelas digitais.

Observe os detalhes

Observe se a porta possui detalhes como frisos com linhas retas ou contornos mais arredondados. No caso do primeiro, é indicado optar por fechaduras com formatos quadrados e maçaneta reta. Já para frisos arredondados, fechaduras com formatos curvos e linhas também redondas combinam muito bem.

Feitas para durar

Para que a sua fechadura tenha durabilidade garantida, é importante escolher uma marca de qualidade reconhecida e um profissional qualificado para instalar o produto. As fechaduras mais amplamente utilizadas na maioria das casas são aquelas com caixa de 40 mm e 55 mm. Dica: quanto maior a caixa, mais firme é a mola da fechadura. Geralmente a durabilidade costuma ser de aproximadamente 8 a 10 anos.

Um truque precioso para manutenção das fechaduras para portas de madeira é a aplicação periódica de grafite em pó no cilindro da fechadura. Assim, você garante o bom funcionamento do produto.

Categorias
Casa e Decoração

Truques de design: decoração com paletes

Decoração com paletes é uma tendência que vem ganhando espaço a cada dia. Dá para fazer muita coisa, desde estantes organizadoras até camas. Basta usar a criatividade que o resultado será uma peça original e única. Aprenda abaixo algumas dicas sobre como usar paletes na decoração. As dicas a seguir são simples, não precisa de muitas ferramentas, apenas alguma habilidade manual.

Estante e prateleiras

Agregando várias peças de paletes, você pode criar nichos e prateleiras para organizar objetos na parede. Nesse caso, os caixotes são pregados com os fundos para a parede e as bordas de cada peça servem como divisórias laterais e pranchas horizontais. É muito prático e útil.

Cama

Dá para criar uma base para a cama com o uso de paletes. Para isso, devem ser usados paletes grandes, um pouco maiores que o colchão. Para que a cama tenha uma altura interessante, você pode usar 2 estruturas de paletes, uma sobre a outra. Dessa forma, haverá espaços livres entre as 2 camadas. Esses espaços podem ser usados para guardar livros ou podem ser colocados pisca-piscas de Natal para criar uma iluminação aconchegante.

Mesa de centro

As mesas de centro são um charme a mais para as sala de estar. Para deixar a superfície lisinha, pode ser usada uma base de vidro, o que garante, ainda, um ar sofisticado ao móvel. Também fica interessante se instalar rodinhas nas extremidades da base.

Decoração com paletes no jardim

Outra ideia interessante é usar os paletes para criar um jardim vertical. Para isso, deve-se retirar as bordas dos caixotes e instalá-los na posição contrária a da prateleira. Ou seja, nesse caso, os fundos do palete ficam expostos e a parte aberta são pregadas na parede. As frestas entre as taliscas de madeira serão usadas para pendurar os vasinhos.

Essas são apenas algumas dicas de decoração com paletes. Mas há muitas outras maneiras de utilizar esse produto, basta usar a criatividade. Usado sem pintura, tem-se um móvel mais rústico. Se pintado e mesclado com outros materiais, como vidro e ferro, é possível ter uma criação mais sofisticada.

Categorias
Auto e Ferramentas

Veja como fazer uma casinha de cachorro

Ter um animal de estimação traz muitos benefícios para a vida, incluindo diminuir o estresse após um longo dia de trabalho. Para ajudar a manter a vida do pet mais saudável e protegida, principalmente se ele ficar do lado de fora da casa, veja dicas de como fazer uma casinha de cachorro para montar um abrigo confortável. Há dois tipos principais de materiais que podem ajudar a montar uma casinha: madeira ou plástico.

Antes de começar a pensar em executar uma delas, veja o porte do cachorro; se ele for filhote verifique as medidas de um cão adulto semelhante, e se não tiver raça definida, pergunte ao veterinário para se ter uma estimativa de quanto o filhote pode crescer.

Escolha materiais que resistam às intempéries, separe as ferramentas e leia as dicas a seguir.

Casinha clássica de madeira

Após ter as medidas do seu cão, vá até uma marcenaria ou loja de construção e compre tábuas para comprimento e largura corretos, já peça o corte para não ter erros na montagem. Aproveite e separe pregos, parafusos, martelo, chaves de fenda e um esquadro (para medir os ângulos).

A madeira é um material que é mais confortável para o cão e não varia tanto de temperatura em estações muito quentes ou frias. Em um papel desenhe seu projeto, procure como fazer uma casinha de cachorro em imagens de sites para guiar-se nas medidas.

Numa casa clássica pode-se pensar na estrutura do piso, três paredes e o telhadinho, sendo que a quarta parede de entrada ficaria toda aberta. A base deve ser a primeira a ser construída, ela determinará o tamanho das paredes também. Caso queira fazer uma porta, meça uma entrada em uma das tábuas e faça o recorte utilizando uma makita ou serrote, use o esquadro para guiar-se nos ângulos ao finalizar a casinha com o teto, una tudo com os pregos e parafusos.

Finalize passando verniz e demão de tinta para proteger a madeira.

Como fazer uma casinha de cachorro pré-fabricada

Há casinhas de cachorro feitas de plástico e que vêm fechadas em caixa para que os donos as montem.

O passo a passo é explicado em um manual de instruções, sendo fácil a montagem, nesse caso é indicado que a casinha fique em um lugar protegido do sol, porque o plástico, diferente da madeira, pode aquecer diretamente no calor, trazendo desconforto para seu pet.

A parte boa é que uma casinha de plástico é mais fácil de lavar e limpar, e na maioria dos modelos basta retirar o telhado para a manutenção. 

Categorias
Auto e Ferramentas

Qual chamar para pequenos reparos: marceneiro ou carpinteiro?

Quer contratar marceneiro ou carpinteiro para fazer pequenos reparos em casa ou no escritório? Para isso você vai precisar entender um pouco mais das atribuições de cada um, pois dependendo da sua necessidade você precisará contratar um ou outro. Conheça mais sobre cada profissional para ter certeza de chamar a pessoa certa!

1 – Marceneiro

É um profissional que tem como especialidade o trabalho com madeira, tanto construindo quanto reparando móveis, sejam decorativos ou utilitários. O profissional usa ferramentas manuais de corte, perfuração, medição, aferição, raspagem, entalhe, ajuste e fixação. Todas são manuseadas cuidadosamente pelo marceneiro porque o risco de acidentes é muito grande. Portanto, esse profissional costuma fazer um trabalho minucioso e cuidadoso.

Primeiro o marceneiro conversa com o cliente para entender o objetivo do projeto para poder desenhá-lo. Então ele corta, usa a lixadeira, perfura, fixa e realiza a reparação, dando forma à madeira de acordo com o projeto. Ao final ele dá o acabamento, verifica se está de acordo com as expectativas do cliente e faz as adaptações necessárias, se for preciso.

O marceneiro deve conhecer profundamente os tipos de madeira, bem como seus detalhes e características principais para poder executar um bom trabalho.

2 – Carpinteiro

O carpinteiro tem como atribuições planejar trabalhos de carpintaria, preparar canteiro de obras, montar formas metálicas, confeccionar formas de madeira e forro de laje, construir andaimes e proteção de estruturas de madeira para telhado, portas e esquadrias, e escorar lajes de pontes, viadutos e grandes vãos. Ele basicamente lavra e aparelha a madeira para as construções. Portanto, ele é útil em reparos que precisem de menos detalhes e acabamentos.

3 – Diferenças

O carpinteiro beneficia a madeira, cortando-a e lavrando-a em peças para coberturas e forros, e seu trabalho acontece em canteiro de obras ou serviços. Já o marceneiro fica a maior parte do tempo em uma bancada cortando, encaixando e entalhando peças e objetos. Seu trabalho é mais delicado e requer muita paciência.

Enquanto o primeiro executa componentes estruturais como vigas, esteios, escadas, tesouras e assoalhos, ao segundo cabe a produção de objetos utilitários e artísticos como portas, armários, janelas, cadeiras, cômodas. Agora que você já sabe quem contratar entre marceneiro ou carpinteiro, chame o profissional ideal para os reparos que precisa.

Categorias
Auto e Ferramentas

Como construir mesa de madeira e quais ferramentas usar

Uma mesa de madeira é algo que não pode faltar na nossa casa, pois, além de servir como mesa de jantar, também podemos usar como mesa de escritório; se for menor, como uma bonita mesinha de cabeceira ou mesa de centro para a sala de estar. Aprender como fazer mesa de madeira é super simples, mesmo sem grandes conhecimentos de marcenaria.

Comece pelo desenho

A primeira coisa é pegar folha de papel, lápis e régua e desenhar a sua mesa. A depender de como você pretende usar essa mesa, as dimensões serão diferentes. Desenhe a mesa de acordo com as dimensões e o formato que você desejar. Lembre-se de levar em consideração o espaço disponível para abrigar essa mesa e suas cadeiras (que você pode comprar prontas), para que as possam pessoas sentar com conforto.

Escolha a madeira para fazer a mesa

Quando for comprar a madeira tenha em mãos o desenho com as dimensões da mesa que você vai fazer. Por precaução, aconselhamos comprar sempre um pouco mais, para não faltar caso precise de mais madeira. Existem vários tipos de madeira, mas se você é inexperiente no ramo, escolha uma madeira mais macia como pinus, por exemplo.

Como fazer mesa

Comece fazendo o tampo da mesa: Para isso, você pode utilizar pranchas ou uma única tábua de madeira com as dimensões determinadas por você no desenho. As pranchas são tábuas com encaixe macho-fêmea e normalmente são uma opção mais barata do que uma tábua de madeira inteiriça, entretanto, pode ser necessário ajustar as medidas aproximadas das tábuas às desejadas para a sua mesa. Lixe esse tampo e vire a face que você quer que fique para cima na hora de usar a mesa, de encontro ao piso ou bancada de trabalho, assim, você pode fixar os pés da mesa na base que, por sua vez, será fixada no fundo do tampo.

Fixe a base

A base é um quadro de madeira que se fixa ao tampo, para ajudar a fixar os pés da mesa, evitando que a mesa balance ao menor contato. Essa base é o que dá firmeza aos pés. Para fazer a base,vire o tampo da mesa e desenhe um quadro, medindo alguns centímetros a menos que a borda do tampo. Depois, corte 4 pedaços de madeira, 2 pedaços com as medidas do comprimento e outros 2 com as medidas da largura (todos um pouco menores que a borda do tempo). Para fixar essas peças de madeira use uma parafusadeira para deixar tudo bem firme. O resultado será uma “moldura” menor que o tempo da mesa. E é aí que você fixará os pés.

Coloque os pés

Para prender os pés à base da mesa, continue com o tampo virado para baixo. Coloque o primeiro pé no canto interno da base da mesa, com as laterais encostadas no quadro da base. Para fixar cada pé à mesa, aplique cola de madeira profissional no topo do pé e nos cantos da base da mesa onde o pé vai ser encaixado. Faça o mesmo com o restante dos pés e deixe secar por 12 horas. Você também pode fixar os pés usando parafusos encaixados na parte de cima do tampo da mesa. Os parafusos ficarão aparentes, porém, essa é uma opção que dá uma aparência rústica e artesanal ao trabalho.

Agora que você descobriu como fazer mesa, resta lixar toda a peça e dar o acabamento da sua preferência pintando na cor desejada ou deixando ao natural, apenas com aplicação de verniz.

Categorias
Auto e Ferramentas Casa e Decoração

Como pintar madeira? Ideias para decorações diferentes

Quando o assunto é decorar casa há inúmeras opções de como decorá-la. Desde comprar objetos e móveis já prontos ou customizar seus próprios móveis. Se você pretende fazer a segunda opção, então é preciso pôr a mão na massa e, principalmente, nas tintas. Se os objetos e móveis que vais customizar são de madeira deve-se ter um cuidado a mais na hora de pintar, pois é preciso saber como pintar madeira. E não é só isso, é preciso saber quais materiais vai precisar para deixar seu ambiente bem decorado.

Materiais para pintura

Para começar a pintar precisamos ter em mãos os materiais necessários. São eles: tinta, tiner, pincéis, rolos, lixas, jornais e roupas velhas. Mas há um outro meio de pintar sem ser com rolos e pincéis: você pode usar uma pistola de pintura. Com ela fica muito mais simples pintar, isso porque é só colocar a tinta dentro do recipiente, ajustar a pressão e o jato de tinta e pronto! Agora é só aplicar nos móveis ou os outros objetos que pretende pintar.

Como pintar madeira

Aqui vão alguns passos a se seguir quando o assunto é pintar madeira:

1. Remova a pintura antiga, caso exista;
2. Preenchas as ranhuras com uma massa para madeira de qualidade. Se você quiser deixar seu móvel mais rústico não há a necessidade de esconder as ranhuras.
3. Lixe toda a superfície, começando por uma lixa mais grossa até chegar a uma mais fina.
4. Limpe qualquer poeira que existir na peça e tampe com fita as partes que não quer pintar.
5. Aplique algumas demãos de primer até que ele fique uniforme.
6. Agora é só escolher a cor da tinta e se divertir pintando.

Dicas de decoração

Agora vamos às dicas de decoração. Separamos duas dicas fáceis para você fazer e deixar sua casa mais aconchegante e linda.

Miniestante para a sala ou quarto

Você vai precisar de:

– Um ou dois caixotes de feira e materiais para pintura.

Primeiro siga os passos de como pintar um objeto de madeira, desde lixar até pintar. Aqui você pode escolher a cor que mais combina com sua sala ou quarto. Depois que a pintura secar é só colocá-los deitados no lugar em que vão ficar, de modo que fique um em cima do outro. E assim, colocar livros ou objetos que queria colocar neles.

Mesa de centro para sala

Você vai precisar de:

– Dois pallets e um tampo de vidro que seja um pouco maior que os pallets.

Primeiro pinte os pallets seguindo as dicas acima. Depois é só colocar um em cima do outro e finalizar com o tampo de vidro.

Categorias
Auto e Ferramentas

Madeira ou MDF: qual é o mais prático para montar?

Na hora de comprar móveis, muitos têm dúvidas para escolher itens de madeira ou MDF. Afinal, a diferença de preço entre eles costuma ser bem considerável. A variação do tipo de material influencia na durabilidade e montagem da mobília. Para te ajudar a entender mais sobre o assunto, vamos falar sobre as vantagens de cada material.

Qual devo escolher, madeira ou MDF?

O MDF é feito de fibras e sobras de madeira prensadas e misturadas com resina. O material é leve e fácil de ser transportado. Sua superfície lisa pode receber pinturas ou lâminas de madeira natural. A grande vantagem em relação à madeira maciça é que o MDF não dilata, é imune a pragas como cupins e geralmente recebe tratamento contra fungos e bactérias. Como tem densidade média, é mais simples de cortar com uma serra durante a fabricação.

Já a madeira maciça é mais pesada e resistente porque não é produzida com uma mistura de fibras. Um móvel de madeira pode durar vários anos e sua superfície é mais difícil de sofrer arranhões.

Durante a montagem, qual material é mais prático?

Além de considerar o design do móvel, também é preciso analisar a durabilidade da madeira. Para quem mora de aluguel e pretende se mudar para outra casa em poucos anos, a desmontagem e remontagem podem avariar os móveis. Portanto, o MDF não é recomendado, suas fibras podem se soltar durante o processo de parafusagem.

Por outro lado, a madeira maciça pode ser mais difícil de ser transportada em razão do peso. Para quem reside em casa própria, ela é ideal porque será montada apenas uma vez, sem a necessidade de movimentar o móvel para outros espaços. Aqueles que planejam uma mudança e não querem se preocupar com objetos pesados podem optar pelo MDF em vez da madeira maciça.

Tenha em mente que o processo de montagem de madeira ou MDF é praticamente o mesmo para os dois casos. As peças usadas são semelhantes, como parafusos, presilhas, pregos, rodízios, dobradiças e corrediças. É comum usar chave de fenda  e chave Philips durante o processo. Para facilitar a montagem, vale mais a pena se preocupar em adquirir uma parafusadeira elétrica, que deixa o procedimento menos trabalhoso, independentemente do material do móvel.

Categorias
Auto e Ferramentas

Dicas de como fazer gravação em madeira

A arte de como fazer gravação em madeira é chamada pirografia e o gravador é o pirógrafo. Geralmente a gravação em madeira é usada em avisos, placas, caixas de correio, portas, mesas, porta-jóias de madeira, baús, mesas, cadeiras e tudo mais que se queira personalizar com o seu traço através da arte da pirografia. .

Prepare a superfície

Prepare a superfície da madeira. Lixe e deixe bem lisinha, depois suavize passando um pedaço de pano seco sobre toda a área da madeira que foi lixada. Fixe com fita adesiva um pedaço de papel vegetal sobre a parte da madeira a ser desenhada e coloque o estêncil em cima deste papel vegetal. Utilize um lápis para desenhar o que você pretende gravar na madeira sobre o stêncil que gravará este desenho na madeira provisoriamente até ser coberto pelos traços do pirógrafo.

Como fazer gravação em madeira

Segure o pirógrafo com cuidado pelo cabo mova rapidamente sobre o desenho que está na madeira. Quanto mais pressão você fizer no pirógrafo, mais escura a sombra do desenho vai ficar. O gravador elétrico é bem fácil de segurar,o que se torna uma boa escolha se essa for a sua primeira vez nessa atividade. Segure a ferramenta como  se fosse uma caneta (entre o polegar e o dedo indicador), pois, facilita o uso caso você queira criar linhas curvas. A lâmina da ferramenta é própria para criar detalhes como profundidade e sombra nas letras e desenhos. Se o que você quer é pouca sombra e linhas finas, mova a ferramenta rapidamente sobre a madeira.

Acabamento

Usando um pano limpo e macio, remova rebarbas e pó de madeira que ficaram sobre a superfície que foi desenhada. Recomendamos utilizar uma régua para assegurar que letras e desenhos tenham o alinhamento desejado. Depois de gravar as letras e finalizar o desenho, envernize a superfície da madeira com poliuretano. Isso dará um acabamento uniforme e um aspecto parecido com vidro.

As dicas de como fazer gravação em madeira torna qualquer pessoa apta para este tipo de artesanato.

Categorias
Auto e Ferramentas

Como encerar  madeira mais rápido

Quem tem móveis de madeira em casa sabe que eles têm uma beleza incomum. Porém requerem um pouco de cuidado para se manterem belos com o passar do tempo. Uma das formas de conservá-los é aplicar cera quando estiverem com uma aparência de velhos ou de desgastados. Se você não sabe encerar, não tem problema, acompanhe as dicas de como encerar madeira de uma forma que não gaste muito do seu tempo.

Como encerar madeira

Com as dicas a seguir, seus móveis estarão sempre com aparência de novos:

Sele o móvel: verifique se o seu móvel possui algum selante como verniz, goma-laca ou poliuretano; se não tiver, aplique-o antes de passar a cera. Isso porque a cera não é muito adequada como camada de revestimento sem ter um isolante.

Limpeza: passe um pano no móvel antes de aplicar a cera para que a poeira não se misture e estrague o resultado final. Aplique a cera: aplique a cera líquida em um pano, mas cuide para não aplicar muita cera. Camadas muito grossas, depois que secam, podem ficar com uma aparência manchada ou opaca. Uma das ceras indicadas para móveis é a de carnaúba.

Como aplicar: com um pano umedecido de cera, faça movimentos circulares suaves, não há a necessidade de passar de acordo com as fibras da madeira. Apenas cuide para a quantidade suficiente de cera, ou seja, uma camada fina.

Secagem : após aplicada, espere cerca de 20 minutos até secar. Em ambientes pouco arejados pode demorar um pouco mais. Para conferir se está seca, encoste o dedo levemente no móvel, se a cera não estiver pegajosa já secou.

Lustrar: para finalizar, pegue um pano macio e faça movimentos circulares, isso dará brilho ao móvel.

Dicas de manutenção

Procure não arrastar nenhum objeto pesado em cima do local em que foi passada a cera. Isso poderá riscar o móvel e mesmo reaplicando a cera o risco pode permanecer.

A cera deve ser reaplicada quando você perceber que a peça perdeu o brilho ou já está desgastada. Geralmente, isso acontece depois 6 meses.

Mantenha os seus móveis encerados e sua casa ficará mais aconchegante e bela.

Como encerar madeira mais rápido

Encerar madeira é rápido e simples, além do mais seus móveis ficam com uma aparência ótima. Saber que não se pode aplicar cera em grande quantidade é uma das dicas de como deixar seus móveis brilhosos.

Categorias
Auto e Ferramentas

Como envernizar porta de casa?

Se você está precisando aplicar verniz em sua porta, porque trocou ou está terminando de construir sua casa, saiba que você mesmo pode fazer isso. Para saber como, confira nosso passo a passo de como envernizar porta de uma maneira bem simples.

Material necessário

Primeiramente, é necessário comprar o material e as ferramentas que você vai utilizar para aplicar o verniz. Vamos aos materiais: 1 lata de verniz; Aguarrás; 1 rolo médio; 1 trincha para fazer acabamentos; Fita crepe; Lixas nº 100 e 80; Selador; Solvente para limpeza; 1 par de luvas; 1 máscara para poeira; 1 calha para pintura.

Como envernizar porta?

Passo 1

Lixe toda a porta com a lixa nº 100. É importante lembrar que você deve fazer movimentos na mesma direção dos veios da madeira. Use a máscara para evitar inalar a poeira. Depois passe um pano úmido para retirar o pó.

Passo 2

Leia o rótulo da lata de verniz. Se estiver escrito que não é necessário selador, pule para o próximo passo. Se a sua porta tem algum detalhe que não pode pegar o selador nem o verniz, como fechadura, dobradiça ou outros detalhes, cubra-os com a fita crepe. Se o seu verniz precisa de selador, aplique-o com o rolo por toda a porta, sempre seguindo os veios da madeira. Espere secar. Limpe o rolo com o solvente para limpeza. Lembre-se de usar luvas para não se sujar.

Passo 3

Agora lixe novamente a porta, mas dessa vez com a lixa nº 80. Não precisa colocar muita força. Lembre-se de fazer o movimento sempre no sentido dos veios da madeira.

Passo 4

Agora é hora de passar o verniz. Para isso, pegue a telha para pintura, dilua na proporção recomendada na lata o verniz, usando a aguarrás. O verniz precisa ficar bem líquido. Misture bem e, com o rolo, aplique o verniz na porta. Retire bem o excesso de verniz do rolo antes de aplicar. Para os cantos ou detalhes, use a trincha em vez do rolo. Espere secar. Aplique entre 2 a 3 demão de verniz.

Passo 5

Limpe todas as ferramentas. As que entraram em contato com o verniz limpe com o solvente. E, por fim, retire a fita crepe. Está pronta a sua porta. De um jeito simples e fácil que você mesmo pode fazer.