Como escolher e conservar abacates

O abacate é um alimento nutritivo, delicioso e útil para milhares de receitas. Hoje trazemos algumas dicas para saber como escolhê-lo na hora de fazer a feira.

O amadurecimento da fruta é pós-colheita, você pode comprar abacates que ainda estejam duros e verdes. Em alguns dias, mantendo-os fora da geladeira e embrulhados em jornal, de preferência perto de outras frutas, eles ficarão maduros.

Um truque para saber se a fruta está no ponto certo é tirar o cabinho, e se ao tirar, você perceber que saiu um pouco da polpa cremosa, não hesite: está pronto para comer! Se, ao contrário, não sair nada, é porque ainda precisa de alguns dias para ser consumido.

Outra dica a considerar: se você tem um verdureiro de confiança, é bem provável que apenas o segurando ele possa dizer se o abacate está bom. Deve estar macio, mas não demais. E se tiver um corte na casca, é melhor escolher outro.

O ideal é comprá-lo quando estiver levemente macio e amadurecer em casa, para não correr o risco de levar para casa uma fruta estragada. Mas é preciso estar atento para que o abacate não passe do ponto.

Ficou com água na boca? Visite o Cybercook e veja diversas receitas com essa fruta incrível e versátil.

Principais tipos de uva de mesa

Aprenda a identificar as variedades mais comuns do mercado e quais são suas características.

A uva é uma das frutas mais consumidas e mais importantes do mundo, pois além de ser consumida in natura – como uvas de mesa – também é utilizada para a produção de vinhos e outras bebidas. No entanto, há diferentes tipos. Com sementes ou sem sementes, brancas ou roxas, descubra as variedades que encontramos no mercado. Veja a seguir.

Uva Crimson: ótima opção para quem não gosta de sementes, a Crimson é uma uva de tamanho médio, cor vermelha, com casca de espessura média, polpa muito doce e muito crocante.

Uva Itália: uma das variedades com semente. É geralmente encontrada em cachos grandes e tem um bom tamanho. Sua cor é verde, levemente amarelada, e sabor adocicado, muito suculenta.

Uva Red Globe: Apresenta cachos robustos, frutos grandes, tem a cor vermelho-escura – com pouco brilho. Também possui sementes. É utilizada na produção de doces, sucos e vinhos.

Uva Rubi: Uva vermelha, sem sementes, de tamanho médio com forma esférica e casca de espessura média, com polpa suculenta e macia.

Uva Thompson: tem a cor verde, o formato mais alongado e é muito saborosa, de sabor adocicado. É uma das variedades mais procuradas no mundo e costuma ser chamada de Itália sem semente.

Conheça o toque especial da tangerina nas receitas

Bergamota, mexerica, ponkan, mimosa…Cada região tem seu apelido carinhoso para esta fruta tão gostosa. Seu sabor cítrico adocicado é perfeito para qualquer momento do dia e é comum pensarmos em consumir a tangerina como fruta ou tomando um suco refrescante, mas acabamos não aproveitando sua versatilidade. Por isso, mostraremos a seguir como é possível usá-la em diversas receitas. Pode começa a anotar.

Bolos: você é daqueles que ama um bolo fofinho e levemente doce? Então aproveite para preparar a receita com tangerina. Você consegue aproveitar quase toda a fruta e pode até usar a casca para decorar. Um sucesso! Veja o passo a passo aqui.

Saladas: muita gente não é lá muito fã de saladas, mas existem diversas maneiras de deixar esse prato mais interessante e saboroso afinal, uma saladinha faz muito bem, né? Então adicione algumas tangerinas e alcance um sabor agridoce e sofisticado. Aprenda a preparar.

Molhos: é possível usar o molho de tangerina tanto em saladas quanto em pratos quentes, e fica uma delícia! Se você gosta de inovar e experimentar receitas diferentes, clique aqui e veja como fazer.

Infusões: é incrível quando podemos aproveitar todas as partes da fruta, né? Nesse caso, é possível usar a casca da tangerina para preparar um chazinho. Perfeito para relaxar após um longo dia. É só adicionar a casca na água fervente, esperar agir por alguns minutos e desfrutar!

Geleia: aposto que você nem imaginava que não só pode fazer geleia de tangerina, como também pode aproveitar a casca para preparar esse doce. Demais, né! Mas é importante ferver as cascas antes para não deixar nenhum amargor. Veja como fazer.

Sobremesas: mousse, sorvete e até pudim. Dá pra preparar quase tudo com essa fruta! Com um pouco de criatividade é possível fazer pratos surpreendentes. E se precisar de uma inspiração extra é só visitar o site do Cybercook.