Categorias
Tecnologia e Eletrônicos

Vantagens da mini impressora fotográfica

Veja como imprimir suas fotos preferidas diretamente do seu smartphone.

Embora os celulares modernos sejam repletos de tecnologia e, graças a ela, você possa armazenar milhares de imagens, as memórias geradas por uma fotografia impressa são incomparáveis. Para você continuar lembrando daqueles momentos especiais à moda antiga, te contaremos a seguir um pouco sobre as mini impressoras fotográficas. Assim, você vai poder imprimir suas fotos onde e quando quiser.

Vale a pena investir em uma mini impressora?

Quando poderíamos imaginar que existiria uma impressora tão portátil quanto um smartphone, não é mesmo? Esse modelo de impressora é compacto, silencioso, fácil de usar e pode se conectar a diversos dispositivos, incluindo IOS e Android. Você não vai mais precisar ir à nenhuma loja imprimir suas fotografias, pois terá impressões de qualidade, com resoluções excelentes. Portanto, apesar de ter um preço mais elevado, a mini impressora fotográfica vale o investimento.

Como a mini impressora funciona? 

Os smartphones podem se conectar facilmente à impressora sem fio, mas para isso o aparelho deve ter um aplicativo instalado. Em seguida, o telefone é emparelhado por Bluetooth ou NFC, para transferir imagens para a impressora. O app também permite que você faça algumas edições como no Instagram. Além disso, o aplicativo também informa o status da impressora e permite que você altere as configurações.

Outro ponto importante é que esse tipo de impressora usa um tipo de mecanismo de transferência térmica para produzir fotos, não utiliza tintas nem cartuchos. Além disso, existem papéis especiais à prova de impressões digitais e à prova d’água para que a sua fotografia dure muito mais tempo.

Vantagens

Economia a longo prazo: você não vai mais gastar para ter suas fotos em mãos.

Portabilidade: mini impressoras fotográficas podem ser carregadas tranquilamente em uma bolsa ou mochila, pois são bem pequenas.

Rapidez: você terá a impressão que precisa a qualquer hora e lugar.

Versatilidade: é possível imprimir imagens em segundos não apenas desde o seu smartphone, mas também do seu notebook ou tablet.

Sempre pronta para imprimir: essas impressoras não só oferecem bateria de longa duração, mas também carregam rapidamente e funcionam mesmo quando conectadas ao carregador.

E aí? Pronto para comprar a sua?

Categorias
Auto e Ferramentas

Aprenda como fazer uma moldura para as suas fotos em casa

Tem pensado em (re)decorar a sua sala, mas o orçamento está limitado? Então, nada melhor do que colocar a imaginação para funcionar e fazer você mesmo uma decoração linda e personalizada. E uma parte que merece muito a sua atenção é a parede.

Uma parede bem decorada salva uma decoração, da mesma forma que pode detoná-la. Para facilitar a sua vida, separamos algumas dicas de como fazer uma moldura para as suas fotos. Tem forma mais original de enfeitar a sua parede?

Passo a passo para fazer moldura para as suas fotos

Fazer uma moldura bonita e barata é mais simples do que parece. Aqui, a gente vai ensinar você a fazer uma moldura que parece madeira, mas com a vantagem de ser bem levinha, facilitando a fixação da moldura com fita dupla-face. Legal, não é? Veja, a seguir, o passo a passo e as ferramentas necessárias.

Materiais necessários

– Foto (ou fotos) que você quer emoldurar;
– Placa de isopor;
– Papel paraná;
– Papel contact transparente;
– Papel contact branco (ou de outra cor de sua preferência);
– Tesoura, estilete, régua, lápis e cola;
– Fita dupla-face.

Passo 1

Primeiramente, você deve descobrir o tamanho da sua moldura, o que deve ser feito medindo a foto que você está querendo emoldurar. Você pode fazer moldura de qualquer tamanho.

Passo 2

Desenhar as tiras da sua moldura no isopor (com régua e lápis) e recortá-las com estilete. Ao todo, serão 4 tirinhas (lembre-se de que elas têm que encaixar umas nas outras, então é importante fazer a medição corretamente).

Passo 3

Repetir o mesmo processo do Passo 2, agora no papel paraná (marcar as tiras com lápis e recortá-las com a tesoura).

Passo 4

Colar as tiras de papel paraná nas tiras de isopor. Você pode usar cola de silicone frio ou cola de isopor.

Passo 5

Com as peças já coladas, você deve pegar o papel contact branco e recortar pedaços para cobrir as tiras. Para cobrir adequadamente, você precisará recortar um pedaço maior do que as tiras (faça um teste antes de recortar o contact). Para fazer o arremate dos cantinhos, basta recortar as pontinhas com cuidado.

Passo 6

Pegar um pedaço grande de papel paraná, medir a parte que ficará atrás da moldura e recortá-la. Para isso, basta usar a foto que irá emoldurar. Se você não quer que a moldura acabe tapando as bordas da foto, a parte de fundo em papel paraná deve ser maior (de acordo com o tamanho da moldura).

Passo 7

Cole a foto no papel paraná e, por cima, cole o papel contact transparente. O papel contact transparente fará as vezes de um vidro, protegendo a sua foto.

Passo 8

Agora é só colar as tiras da moldura na foto e esperar a cola secar. Quando estiver seca, é só fixar a sua moldura na parede usando fita dupla-face. É ou não é uma boa ideia? Além de ficar uma graça, a sua moldura feita em casa terá um custo acessível.