5 flores comestíveis para ousar em suas receitas

Inove e introduza o sabor inusitado e fresco das flores às suas receitas.

As flores não servem apenas para decorar o seu jardim ou decorar o interior da sua casa. Há muito tempo e em muitas partes do mundo, elas têm sido usadas ​​como alimento. Na China, México e Grécia, por exemplo, já fazem parte do cardápio, e nosso país também entra na lista das nações que as utilizam na culinária. Por isso, fizemos uma pequena lista de flores comestíveis que você pode incluir em suas receitas, para fugir do comum e dar mais cor aos pratos que for preparar.

Antes de qualquer coisa, não podemos adicionar à nossa alimentação nenhuma flor, por mais bonita que seja, sem primeiro saber se pode ou não ser ingerida, ok? Agora vamos lá! Confira algumas que você pode comer tranquilamente:

Amor-perfeito: esta elegante espécie pode ser adicionada tanto em receitas doces como salgadas. Servem de decoração em bolachas ou bolos e, também são ótimas preparadas como infusão. Vem ver uma receita de salada com amor-perfeito para você se inspirar. 

Capuchinha: a flor da capuchinha tem um sabor muito peculiar, pois tanto a flor como as suas folhas e sementes têm um sabor muito semelhante ao do wasabi, com notas picantes. 

Prepare essa incrível receita de abadejo com molho de capuchinha para provar seu interessante sabor. 

Lavanda: a lavanda é muito utilizada para adoçar alimentos, ou em infusões, doces e sorvetes. Tem um sabor suave e delicado, mas faz toda a diferença, se destacando nas receitas. Prepare um cupcake de lavanda e delicie-se! 

Flor de abóbora: são amplamente utilizados na culinária italiana e são caracterizadas por um sabor suave e doce. Podem ser consumidas tanto cruas como cozidas, acompanhando guarnições e com todo o tipo de comida. Confira a versão empanada da flor de abóbora com gorgonzola

Rosa: desta espécie, costuma-se usar as pétalas, que também são utilizadas para perfumar guisados. Elas darão um toque afrodisíaco às suas receitas e farão sucesso com o sabor que proporcionam. Não há nada igual! Aprenda a preparar um risoto de abóbora com pétalas de rosa e surpreenda! 

Para aprender outros pratos, visite o Cybercook e confira as melhores receitas com flores comestíveis

Categorias
Auto e Ferramentas

Dicas de como cuidar do jardim na primavera

A primavera é, sem dúvida alguma, a estação predileta para jardineiros e entusiastas – com tempo fresco e sol abundante, as plantas florescem com maior facilidade. Porém, há pessoas que não sabem como cuidar do jardim na primavera, visto que essa transição, de fato, demanda alguns truques e segredos para que o seu canteiro se mantenha saudável e bonito.

O primeiro desafio é limpar tudo: livre-se de galhos, folhas mortas e qualquer outro material orgânico decorrente das “mortes” do outono e do inverno. Remova também ervas daninhas e passe a ter mais atenção a elas, visto que, como qualquer planta, elas também começam a crescer ainda mais com a chegada da primavera. Também é recomendável arar o solo e descompactar a terra para que o oxigênio circule. Ou seja, escolher ferramentas certas é fundamental.

Como cuidar do jardim na primavera e ter plantas saudáveis

Também é normal que, durante o inverno, surjam pequenos fungos que, embora sejam difíceis de identificar, podem comprometer todo o seu jardim caso se espalhem. Por isso, reserve um tempo para observar pequenas manchas esbranquiçadas nas folhas e caules de seu canteiro; caso identifique esses sintomas, compre um fungicida em spray e aplique nas áreas afetadas.

Usando a ferramenta correta, faça a poda das plantas que estão saindo do formato ideal e troque de vaso qualquer flor cujas raízes já estejam grandes demais para o reservatório atual. Utilize adubos para tornar a terra mais fértil: você pode usar torta de mamona, farinha de osso ou o mais conhecido de todos — o húmus de minhoca. Qualquer um desses pode ser facilmente encontrado em lojas de jardinagem.

Uma época de oportunidades

Outra dica importante é não cortar a grama muito curta, pois ela precisa de tempo e de força para se recuperar. A altura ideal recomendada pelos especialistas é de 2, cm. É essencial saber como cuidar do jardim na primavera, pois essa é uma época cheia de oportunidades para que suas plantas cresçam e que novas mudas floresçam.

Categorias
Auto e Ferramentas

Dicas sobre o que plantar na primavera

A primavera está chegando e nada melhor do que recebê-la com um belo jardim cheio de flores e plantas. Se o seu jardim está um pouco vazio ou ainda não saiu do papel, é hora de enchê-lo de cores. Vamos dar dicas sobre o que plantar na primavera, além de mostrar como plantar. Para conferir tudo isso é só continuar a leitura.

O que plantar na primavera

Nem todas as plantas são plantadas na primavera, cada uma tem suas características e épocas para ser cultivada. Por isso, confira abaixo as plantas em que o plantio acontece nessa nova estação:

– Canna;
– Dália;
– Lírio;
– Tulipa;
– Prímula;
– Narciso;
– Alfazema;
– Limoeiro.

Essas são algumas das plantas. Porém, não basta apenas saber que essas são plantas cultivadas na primavera, é necessário entender como cultivá-las.

Como cultivar plantas no seu jardim

A primeira coisa a se fazer é limpar o jardim. Depois do outono e do inverno, muitas folhas e plantas mortas se acumulam.

Limpeza – Recolha a camada de folhas. Ela é um importante adubo, mas quando está em excesso dificulta a respiração do solo. 

Poda – Desbastar os galhos ou folhas secas é importante para que a planta envie seus nutrientes para os galhos que precisam. Além disso, ela fica livre de um peso a mais e fica mais arejada. Esse desbaste é diferente da poda. É necessário que você pesquise como é feita a poda de cada planta, pois cada uma tem suas características, e é importante cuidar dela do jeito certo para que ela não venha a morrer.

Plante – Depois da limpeza e desbaste é hora de pegar suas ferramentas para plantar. Primeiro é necessário afofar a terra em que vai ser feito o plantio e colocar adubo. Misture o adubo com a terra e aí sim faça o plantio. 

Cuidados – É necessário regar todo dia, dependendo do quanto de água cada planta necessita. Por isso, não pense que é só plantar, é necessário ter o cuidado pós-plantio. A primavera é um ótimo período para o plantio, porque o tempo fica mais quente e úmido, propício para que várias espécies de plantas se desenvolvam.