Categorias
Casa e Decoração

Como usar uma secadora de roupas sem gastar muita energia?

Quer saber como usar uma secadora de roupas e, ao mesmo tempo, economizar energia? Existem diversas possibilidades, que são bastante simples e podem ser feitas tanto na sua lava e seca quanto na secadora. O bom é que você fará uma importante ação não só para o seu bolso, mas também para o meio ambiente, pois evitar o desperdício de energia preserva a água de muitas regiões do Brasil, afinal, toda a nossa energia gerada é feita através de hidrelétricas. Quer saber mais? Então confira algumas dicas bem simples para você economizar energia ao utilizar a sua secadora.

1 – Evite usar a máquina com outros equipamentos ligados

A secadora sobrecarrega a rede de energia elétrica. Ao ser utilizada com outros equipamentos essa sobrecarga é ainda maior, o que gasta mais energia. É claro que você não precisa desligar a geladeira quando for secar suas roupas, mas pode evitar tomar banho nesse horário ou não usar o secador de cabelo.

2 – Utilize a secadora na capacidade máxima

A capacidade máxima indicada pelo fabricante é a ideal para que você economize, pois isso diminui as vezes em que terá que ligar a máquina. Uma dica é esperar juntar bastante roupa antes de lavar, assim conseguirá usar tanto a máquina de lavar quanto a secadora nas suas capacidades máximas.

3 – Ajuste a temperatura

A temperatura ideal vem indicada no manual de instruções da máquina e ela é essencial para evitar o desperdício de energia, porque permitirá que toda a roupa tenha um aquecimento por completo. Isso evita que você tenha que ligar novamente a máquina para secar as peças que não secaram completamente.

4 – Mantenha o filtro sempre limpo

Além de o filtro sujar as roupas com o acúmulo de fiapos, ele também fará com que a máquina precise de mais tempo para secar as peças, o que aumenta o gasto de energia.

Categorias
Auto e Ferramentas

Como usar um gerador de energia

Na hora de escolher como usar um gerador de energia, qual seria o melhor para o uso: gasolina ou diesel? Antes de tudo, a escolha do combustível é de suma importância, pois essas características fazem muita diferença no seu bolso. A recomendação é que se for usar pouco gerador de energia, no caso de uma falta de eletricidade, prefira a gasolina; se for usar diariamente, prefira o diesel, por ser mais resistente.

Gerador a Gasolina

Considerando a mesma potência, os geradores de energia a gasolina são mais baratos que os movidos a diesel e custam normalmente cerca de 30% menos. Com relação aos ruídos, os geradores a gasolina são mais silenciosos e, seguindo o exemplo dos carros, também são menos poluentes que os movidos a diesel. Porém, apesar dessas vantagens, a gasolina é mais cara do que o diesel, assim, se você pretende utilizar seu gerador com bastante frequência, é possível que você prefira um movido a diesel.

Gerador a Diesel

Os geradores de energia a diesel são mais resistentes que os movidos a gasolina. Eles compensam se você for usar bastante por conta do diesel ser mais barato e, por ser um equipamento com preço de aquisição mais caro, faz todo sentido que o motor e todos os componentes sejam mais resistentes.

Dimensionar e como usar um gerador de energia são passos também importantes na hora de escolher qual você vai comprar. Você deve levar em conta o consumo de todos os equipamentos que você pretende ligar, em watts.

Essa informação está contida no próprio produto, nas etiquetas onde estão todos detalhes técnicos dos equipamentos. Caso não encontre, é possível também buscar no manual, muitos fabricantes também disponibilizam essa informação no site deles.

Agora que você já aprendeu um pouco dessas dicas, faça a melhor escolha com o seu gerador.

Categorias
Auto e Ferramentas

Como fazer energia solar em casa?

Diminuir os custos com energia elétrica é a principal vantagem de gerar energia solar em casa. Porém, o custo das placas solares nem sempre é acessível a todos, por isso buscamos uma forma de como fazer energia solar reutilizando garrafas PET para criar um aquecedor de água, assim você toma banho quente sem pagar nada mais por isso. Prepare as suas ferramentas e mãos à obra.

Aquecedor solar feito de garrafas PET

Por ser feito com 90% de matéria-prima reciclada, esse aquecedor é ecológico porque ajuda a diminuir o impacto ambiental causado por garrafas plásticas e embalagens soltas na natureza. Além disso, usando esse aquecedor na caixa d’água você tem água quente em todas as torneiras sem pagar nada mais por isso.

O que você vai precisar

60 garrafas PET transparentes de 2 litros;
50 embalagens vazias longa vida de 1 litro;
11 m de canos de PVC de 20 mm e 1/2 polegada;
20 conexões T em PVC de 20 mm e 1/2 polegada;
1 fita de autofusão ou borracha de câmara de ar;
1 litro de tinta fosca preta;
1 luva; 1 estilete;
1 cano de PVC de 100 mm com 70 cm de comprimento para molde do corte das garrafas PET;
1 martelo de borracha;
1 lixa d’água n° 100;
1 cola para tubos de PVC;
1 arco de serra;
1 tábua de madeira com no mínimo 120 mm de comprimento;
5 pregos;
1 ripa pequena com aproximadamente 15 cm de comprimento;
1 fita crepe com largura de 19 mm;
4 conexões L (luvas) de PVC de 20 mm e 1/2 polegada;
2 tampões de PVC de 20 mm e 1/2 polegada.

Como fazer energia solar

Corte o cano de PVC em 30 cm, fazendo em seguida um corte vertical no meio do cano, que dividirá a peça em 2 partes, usando esse como molde e encaixe as garrafas dentro dele, cortando o seu fundo no mesmo tamanho do cano.

Agora, abra as embalagens longa vida sem cortar. Faça cortes diagonais nas pontas para que a caixa entre dentro da garrafa pelo fundo que já foi retirado. Antes de colocar cada embalagem dentro da sua respectiva garrafa PET, pinte as embalagens longa vida com a tinta preta fosca e deixe secar.

Corte os tubos de PVC que devem ter 100 cm cada e lixe suas pontas para retirar aparas e isole as extremidades com fita crepe. Em seguida, pinte os canos também de preto. Para a barra superior, use 5 tubos T e 5 tubos de 20 mm cortados em 8,5 cm de comprimento. Cole um tubo T a um tubo normal e vá intercalando as peças. Não precisa pintar.

Para a barra inferior repita o processo, mas não use a cola de PVC, e sim o martelo de borracha para encaixar perfeitamente por meio de batidas leves. Coloque 5 garrafas PET (encaixada uma dentro da outra em sequência) dentro dos tubos que foram pintados anteriormente e veja se o encaixe está perfeito. Nesse momento, retire a fita crepe das extremidades. Após esse teste, conecte os canos na barra superior.

Insira uma garrafa PET, forre com uma embalagem longa vida (a parte pintada para cima). Repita esse procedimento até que haja 5 garrafas. Encaixe a barra inferior na outra extremidade do cano e use o martelo para ajudar a fixar melhor.

Depois de ter todos os módulos prontos e devidamente encaixados, leve para o telhado e coloque-os posicionados de forma a absorver mais radiação solar. Para conectar o aquecedor de PET à caixa d’água, são necessárias algumas adaptações para os tubos do aquecedor, retorno da água quente e também do misturador.

As modificações variam conforme o tamanho de cada caixa d’água. Agora que você aprendeu como fazer energia solar em casa, é hora de dar destino aos recicláveis que você tem em casa.