Categorias
Esporte e Lazer

Escolha o melhor elíptico para o seu treino

Quer saber qual é o melhor elíptico para você treinar de forma eficiente? Então é importante continuar a sua leitura.

Também conhecido como transport, o elíptico é um equipamento focado em exercícios aeróbicos e cardiovasculares, muito importantes para a resistência física e para a saúde do coração.

Os pedais fazem um movimento de elipse, daí o nome, simulando a caminhada e a corrida, porém sem nenhum tipo de impacto.

Ele ainda queima de 200 a 400 calorias em 1 hora de treino e trabalha os músculos da perna, o peitoral, o bíceps, o tríceps e o deltoide.

O aparelho permite que você aumente a velocidade, dependendo do seu condicionamento, e também que faça uma progressão na carga, para uma atividade mais intensa.

Quer saber como escolher o melhor para você? Então aproveite as dicas a seguir:

1 – Posição da roda

Existem modelos com a roda na frente e outros com a roda atrás.

As opções com a roda atrás possuem uma passada mais curta e são mais compactos, além de movimentar o corpo para cima e para baixo, o que trabalha também os membros superiores. Já os modelos com roda na frente são maiores e permitem um movimento de mais amplitude, podendo proporcionar maior conforto. Por isso esse é considerado por muitos o melhor elíptico. ++Nele, apenas as pernas se movimentam, levando a um trabalho bem mais isolado dos membros inferiores.

2 – Controle da resistência

O elíptico pode ser manual ou elétrico. No elétrico você consegue aumentar e diminuir a intensidade do exercício por meio do painel.

Além disso, a maioria ainda tem a opção de programar o treino e acompanhar a frequência cardíaca da pessoa, o ritmo, o tempo e as calorias que queimou.

3 – Alimentação elétrica ou a bateria

Existem alguns modelos ecologicamente corretos e que possuem gerador próprio. Eles dispensam a energia elétrica, bem como a preocupação com as tomadas, sendo útil principalmente para quem tem crianças em casa. Com ele você faz uma boa economia de energia e ainda evita possíveis acidentes.

Com essas dicas sobre o que o melhor elíptico precisa ter, ficou fácil escolher o seu. Então aproveite e faça uso desse equipamento muito eficaz para o seu treino.

Categorias
Esporte e Lazer

Qual é melhor ter em casa: esteira ou elíptico?

Mais do que escolher entre esteira ou elíptico, você precisa saber qual dos 2 se adapta melhor a você.

A esteira é um equipamento eletromecânico destinado a atividades físicas de caminhada e corrida. É possível aumentar ou diminuir a velocidade, e algumas possuem inclinações para dificultar o exercício e garantir melhor resultado.

No elíptico a pessoa coloca cada pé em um apoio e faz força para subir e descer as pernas alternadamente, movimentando junto os braços ao segurar em um suporte. É possível deixar o aparelho mais pesado para aumentar a dificuldade. Os 2 são ótimos para treinar sem sair de casa e possuem vantagens que vão desde o emagrecimento e o condicionamento físico até o desenvolvimento da musculatura. Para entender qual é o ideal para você, confira as informações a seguir.

1 – Com relação ao condicionamento físico

Tanto a esteira quanto o elíptico são ótimas opções para melhorar o condicionamento físico. Na esteira você pode começar com uma caminhada leve e ir aumentando aos poucos a velocidade até a corrida rápida. Já no elíptico você aumenta a gradação de resistência, que nos equipamentos mais básicos vai de 1 a 7. O importante é respeitar o seu ritmo, mas é preciso praticar constantemente para que você aumente a dificuldade e assim garanta um bom condicionamento físico.

2 – Com relação ao impacto

No elíptico o impacto das articulações é menor do que na esteira porque não é necessário retirar os pés do apoio enquanto pratica. É claro que a corrida na esteira tem maior impacto do que a caminhada, por isso é essencial que você consulte um especialista caso sinta qualquer dor.

3 – Com relação ao trabalho muscular

Os 2 equipamentos trabalham músculos como posterior da coxa, quadríceps, glúteos e panturrilhas. Eles atuam também nos eretores da espinha, sacroiliolombar, responsáveis pelos movimentos da espinha, um tipo de ação de alavanca para estender e flexionar mais intensamente a coluna vertebral para o lado, e braços, mas o elíptico trabalha melhor os músculos dos membros superiores por conta do suporte para os braços que faz parte da realização do exercício.

4 – Com relação à queima de calorias

Como os 2 aparelhos fazem momentos repetitivos e rápidos, ambos queimam bastante caloria. Uma hora de esteira gasta em média de 300 a 500 calorias e o mesmo tempo no elíptico elimina entre 400 e 500 calorias. Já sabe qual escolher: esteira ou elíptico? Então aproveite as vantagens desses equipamentos no conforto do seu lar, mas não se esqueça de antes consultar um médico especialista para saber se está tudo em ordem para começar a praticar.

Categorias
Esporte e Lazer

Fique em forma: como parar de comer doce

Se você passar a fazer atividade física diariamente usando um elíptico, por exemplo, já ajudará o seu organismo e o seu cérebro a saber como parar de comer doce. Quando se faz exercícios, substâncias que nos dão sensação de prazer são liberadas, assim melhoram o humor, amenizam a ansiedade e consequentemente a vontade de cair de boca nos doces.

Alimentação menos calórica

Sempre que bater aquela fome, pense primeiro nos alimentos mais saudáveis. Na hora do lanche, em vez de chocolate, porque não comer uma fruta ou barra de cereais? Tente sempre substituir alimentos calóricos por alimentos mais leves e aos poucos você irá aprendendo a evitar cair nas tentações doces e calóricas. As frutas são uma boa opção, pois possuem seu próprio açúcar que é a frutose, mas com uma grande vantagem, são mais saudáveis e, muitas vezes, menos calóricas que biscoitos recheados, por exemplo.

Como parar de comer doce

Consumir alimentos com alto índice glicêmico e que não são necessariamente doces também contribui para aumentar as taxas de açúcar no sangue, pois grande parte dos alimentos processados possui alto índice glicêmico. Estudos descobriram que uma dieta rica em carboidratos à base de farinha de trigo e amidos está associada ao aumento de peso, obesidade e desenvolvimento de diabetes tipo 2. Por isso, evitar esses alimentos ou substituí-los pelas opções integrais é uma maneira de não consumir açúcar de forma indireta.

Em alguns casos, a vontade incontrolável de comer doces tem a ver com algum problema psicológico, como ansiedade. Se essa relação ficar clara para você, procure ajuda profissional para, aos poucos, ir controlando essa instabilidade.

Diminua o intervalo entre as refeições

Fazer refeições com menos quantidade e mais frequência ajuda a equilibrar os níveis de açúcar no sangue e ameniza o desejo por doces. O café da manhã é a refeição mais importante do dia, porque é a primeira após o jejum durante o sono. Quando você deixa de tomar café da manhã, provoca a queda nos níveis de açúcar no organismo, o que acarreta a falta de disposição durante todo o dia e aumenta desejo por doces desde o período da manhã.

Foco nas proteínas

Consumir alimentos ricos em proteínas nas refeições e lanches ajuda a diminuir a vontade de comer doces. A proteína ajuda na estabilização dos níveis de açúcar no sangue. Alimentos como nozes, sementes, legumes, ovos, peixes, carnes magras, iogurte e queijo com pouca gordura e produtos à base de soja são alternativas de alimentos ricos em proteína e saudáveis.

O cromo é um aliado

O cromo é um mineral que estabiliza os níveis de açúcar no sangue e ajuda a controlar a compulsão por doces. Existem vários alimentos ricos nesse mineral, tais como: brócolis, cereais integrais, nozes, cogumelo, soja, tomate, cebola, pão de centeio, trigo integral, ervilha e batata.

Fibras alimentares sempre

Alimentos ricos em fibras têm um efeito estabilizador para os níveis de açúcar no sangue, uma vez que as fibras reduzem a velocidade de absorção da glicose presente nos alimentos. Exemplos de alimentos ricos em fibra: cereais integrais, pães granulados, massas integrais, legumes e frutas.

Essas são algumas dicas de como parar de comer doce, mas a força de vontade é fundamental.