Categorias
Infantil

Como escolher brinquedos para cada idade

Veja aqui quais brinquedos são mais adequados para cada faixa etária. 

Muito além da diversão, os brinquedos são grandes aliados nas brincadeiras e podem ser instrumentos de aprendizado e desenvolvimento infantil. Mas como saber qual o brinquedo ideal de acordo com a idade do seu filho? Pensando nisso, separamos algumas dicas para você. Confira!

1 a 3 anos

Quando começa a andar, o bebê quer mexer em tudo que há na casa. Nesse momento ele também começa a se relacionar com outras crianças que conhece na pracinha, no play do condomínio, em família ou no berçário. Para essa fase, invista em brinquedos que ajudam a desenvolver a coordenação, como peças de encaixar – de pano e espuma para os pequeninos e de plástico ou madeira para os maiorzinhos.

3 aos 6 anos

A imaginação passa a fazer parte das brincadeiras nessa faixa etária. O faz de conta transforma crianças em heróis, princesas, professores, jogadores de futebol e muito mais! Para gastar energia, pilotar velocípedes e, a partir dos 4 anos, andar de bicicleta são excelentes desafios.

A partir de 6 anos

Assim que aprende a ler, a criança está apta para os jogos de tabuleiro, cartas ou dados. É também nesse momento que elas deixam de imitar os adultos e colocam nos bonecos uma projeção de si mesmas no futuro. Por isso, jogos e bonecos que simulam profissões são ideais. 

Disney

As histórias da Disney, Pixar, Marvel e Star Wars sempre estiveram presentes durante nossa infância e até hoje criam conexões conosco, incentivando nossa criatividade e imaginação, principalmente entre as crianças. O universo de produtos desses personagens icônicos é gigantesco e existe um infinito de possibilidades para presentes.

 Há opções de produtos das histórias de Mickey e a Minnie, das princesas das animações mais recentes, como Moana e Tiana, como também produtos de Disney Baby, Pixar, Marvel e Star Wars.

No site do Carrefour, você encontra uma página especial da Disney com os principais brinquedos para as crianças. Tem para todos os gostos e idades. Confira!

Categorias
Esporte e Lazer

Brincadeiras para fazer na piscina

Brincar na piscina é muito bom e ainda mais no verão. Crianças, adolescentes e adultos querem é ficar dentro d’água e brincadeiras para fazer na piscina não podem faltar, pois são excelentes para exercitar as crianças e tirá-las da frente das telas dos celulares, tablets e videogames. O que não falta são versões aquáticas para esportes terrestres como voleibol, handebol e frescobol. Escolha a sua brincadeira favorita e caia na água.

Dicas de brincadeiras para fazer na piscina

Enchendo o balde:

Monte 2 equipes de, no máximo, 6 pessoas cada que ficarão dentro da água e mais 2 juízes que ficarão fora (para não haver desvantagem entre os times). Coloque 2 baldes numerados, como “1 e 2” (um em cada canto de uma das extremidades da borda da piscina), e os 2 grupos de pessoas (também numerados 1 e 2) ficam na outra extremidade em cantos opostos aos baldes. Assim, eles precisarão cruzar a piscina do canto em que estão até o balde. Quando o sinal for dado, as equipes enchem copos descartáveis com água e levam até o balde correspondente ao número de cada equipe. Vence a equipe que encher o balde com água primeiro. Lembre-se que as crianças precisam ser supervisionadas por um adulto para fazer essa brincadeira e que se a piscina for profunda, tem que usar colete flutuante ou boia.

Gelo n’água:

Uma brincadeira para fazer na piscina e que exige bastante agilidade (dentro d’água se transforma em esforço físico). Essa é uma competição de recolher os cubinhos de gelo que flutuam na piscina. Coloca-se um balde numerado em cada canto da piscina para as equipes (também numeradas) colocarem os cubos recolhidos em seus respectivos baldes. Ganha a equipe que recolher mais cubos no tempo predeterminado.

Tabuada do mergulho:

Espalhe, no fundo da piscina, vários números de “0 a 9” em EVA para que as crianças possam juntar e formar o resultado da tabuada. Além de divertida, essa é uma das brincadeiras para fazer na piscina que pode ser uma ótima forma de desenvolver as habilidades matemáticas das crianças.

Para começar a brincadeira, é necessário separar 2 equipes e um juiz, que é a pessoa que vai propor as “contas de multiplicar” e cronometrar o tempo das equipes.

O primeiro participante de cada equipe deve pular na água e pegar os números com o resultado correto da conta proposta. Por exemplo, o juiz propõe “6 x 7,” dispara o cronômetro e vai anotando os tempos de cada membro da equipe. Ao final, quem tiver menos tempo e mais acertos, vence.

Depois dessas dicas de brincadeiras para fazer na piscina, o seu verão vai ser muito mais divertido!

Categorias
Esporte e Lazer

Como economizar água da piscina

Na época de calor, é comum que o consumo de água aumente, já que os meses ensolarados coincidem com a época de férias escolares. Outro motivo que influencia o uso de água é o número de banhos diários. Você já pensou o que pode ser feito para diminuir a conta de água em sua casa? Além de medidas como usar balde em vez de mangueira e reutilizar a água da máquina de lavar roupas, é preciso saber como economizar água da piscina. Vamos dar algumas dicas que podem ajudar você a poupar muitos litros sem atrapalhar seus momentos refrescantes.

Evite a evaporação do líquido

Muitos litros podem ser perdidos durante o processo de evaporação da água. Com uma solução muito simples, é possível evitar o desperdício, basta utilizar uma capa plástica. A cobertura impede o contato direto dos raios solares e também serve para manter a piscina limpa. Outra vantagem é que sujeiras e folhas não cairão na superfície, auxiliando na manutenção da piscina.

Como economizar água da piscina fazendo a limpeza

Quanto mais tempo a piscina permanecer limpa, menor será a necessidade de trocar a água. A manutenção deve ser feita periodicamente com o uso de peneiras e aspiração de sujeira. No caso de piscinas fixas, há equipamentos específicos, como bombas que filtram o líquido. Também é necessário ajustar o PH e o cloro por meio de produtos específicos para essa finalidade.

Atenção ao nível de água

Quando a piscina está muito cheia, ocorrem transbordos quando os banhistas entram no recipiente ou fazem movimentos bruscos. Adicione água até o nível recomendado pelo fabricante, cerca de 10 a 15 cm abaixo do limite da borda. Em piscinas pequenas, essa margem pode ser ainda menor.

Outras maneiras de reduzir o consumo de água

Protetor solar em excesso pode aumentar as chances de a água da piscina ficar suja após o uso, já que o produto é oleoso. O mesmo vale para condicionadores e cosméticos em geral. Revise os equipamentos de manutenção. Filtros e bombas com mau funcionamento não oferecem o tratamento adequado para a água e comprometem o consumo de energia durante o bombeamento.

Verifique também se há vazamentos na tubulação. Agora que você aprendeu como economizar água da piscina, não se esqueça de tomar medidas simples para evitar o desperdício.

Categorias
Esporte e Lazer

Qual o melhor formato de piscina?

Verões cada vez mais quentes são uma realidade no Brasil. Não é incomum que as temperaturas ultrapassem os 40 graus em muitas cidades, sem contar o fato de que o calor costuma se manter elevado durante o ano inteiro e não só no verão. Por isso, ter uma piscina em casa, hoje em dia, não é mais artigo de luxo, e sim uma necessidade. Na hora de comprar, é preciso acertar no formato de piscina: quadrada ou redonda? Afinal, como escolher a piscina ideal?

Formato de piscina

Primeiro de tudo, avalie o espaço que você tem disponível. O ponto principal em relação a escolha do formato diz respeito ao local onde a piscina será montada.  Geralmente as piscinas redondas ocupam menos espaço, porém as quadradas são mais fáceis de encaixar nos cantos.

Leve em conta também o seu gosto pessoal e as preferências da família. Piscinas redondas costumam ser mais charmosas e divertidas. Já as quadradas ou retangulares são mais tradicionais e melhores para praticar natação.

Piscinas plásticas e suas possibilidades

Piscinas plásticas são uma ótima opção para quem não quer investir tempo e dinheiro na construção de uma piscina de estrutura fixa, que também demandará custos de manutenção. Ter uma piscina plástica em casa é prático: basta desmontar quando não estiver usando e liberar a área para outras atividades e maior circulação.

As piscinas plásticas podem variar de 25 litros a 20.000 litros. Para ter noção do que essas quantidades representam, saiba que as piscinas com menos de 1.000 litros são indicadas para crianças. Modelos para adultos incluem melhor revestimento e maior profundidade, podendo ser infláveis e possuir também filtros e bombas acopladas. De forma geral, o preço varia de acordo com a resistência do material, o volume de água e os recursos disponíveis.

Tanto a piscina quadrada quanto a redonda são diversão garantida e os 2 formatos vão cumprir bem o papel de refrescar a família nos dias quentes. Então, na hora de saber como escolher a piscina ideal e decidir seu formato, leve mais em conta a sua preferência e o espaço disponível para ela. E boa diversão!

Categorias
Esporte e Lazer

Verão: esportes de praia para você se divertir

Quando as famílias vão pra praia, principalmente as que ficam grande parte do ano longe dela, a onda é passar os dias inteiros na areia. Se você está procurando alguns esportes de praia para esses dias de divertimento, nós trouxemos algumas dicas:

Vôlei de praia

O vôlei de praia é uma dos mais tradicionais esportes para a beira de praia. Tudo o que você precisa é uma rede, bola e marcadores para as linhas da quadra que pode ser utilizada por times com ao menos uma pessoas até o limite de espaço.

Futevolei

Um dos mais tradicionais jogos de praia, o futevôlei é aquele esporte famoso nas praias do Rio de Janeiro, preferido por muitos jogadores de futebol. Sabe por quê? Por que a habilidade com os pés conta muito. Dependento do tipo de partida, pode-se ter sets como no vôlei ou apenas uma brincadeira entre amigos mas, geralmente ele utiliza os mesmos apetrechos para prática de vôlei como bola, rede e marcadores para linhas.

Futebol de areia

Dentre as opções de lazer e jogos a beira-mar o futebol sem dúvida é dos mais populares. Basta uma bola e marcadores para as goleiras. Como é comum em casos como esses a única regra para os times é que eles tenham o mesmo número de jogadores independente da quantidade.

Slackline

Um dos mais populares esportes de praia dos últimos anos, é um esporte que exige um fita própria para a sua prática a beira-mar. Com a fita posta entre dois postes ou entre duas árvores a pessoa deve conseguir se equilibrar sobre a fita para fazer manobras de salto sobre ela.

Frescobol

Também extremamente tradicional nas praia brasileira, o frescobol exige duas raquetes, geralmente de madeira, e uma bolinha que geralmente é de borracha. O frescobol não exige bolinha e tem por princípio não deixar a bola cair ao chão enquanto um oponente toca a bola para o outro.

Beach tênis

Semelhante ao tênis tradicional de quadra, ele exige marcadores para as linhas e uma rede. Pode ser praticado na praia tranquilamente, pois é extremamente divertido, pois também possui menos regras que o tênis normal.

Além desses ainda existe toda a variedade de esportes dentro da água da praia, mas que exigem mais equipamentos. Escolha o seu ideal e é só se divertir!