Categorias
Auto e Ferramentas

Dicas para dirigir com segurança na chuva

As chuvas ocorrem periodicamente na maioria das regiões do Brasil, em diferentes épocas do ano, muitas vezes de forma imprevisível. Dirigir na pista molhada, com menos visibilidade e ventos fortes, aumenta as chances de sua família, você e outros motoristas se envolverem em um acidente.

Aqui, falamos sobre os cuidados que você deve tomar ao dirigir na chuva para aumentar a sua segurança e de sua família.

Acenda as luzes

Mesmo que seja durante o dia, acender as luzes em caso de chuva ajudará outros veículos a vê-lo ou, em todo o caso, a perceber que outro carro se aproxima.

Reduza a velocidade

Quando chover, lembre-se disto: não dirija com pressa, ou você muito provavelmente causará um acidente. Reduzir a velocidade ajuda o seu carro a aderir melhor à estrada, evitando assim a aquaplanagem.

Segure o volante com as duas mãos

O carro pode derrapar inesperadamente, e segurar o volante com as duas mãos ajudará você a ter maior controle no caso de desestabilização do veículo, especialmente se você estiver dirigindo um SUV ou outro carro grande.

Aumente a distância do resto dos veículos

Em uma estrada molhada, o carro precisa de mais distância para parar com segurança, pois pode derrapar. Quando chove, é aconselhável dobrar esse distanciamento.

Mantenha as janelas limpas

Use a velocidade adequada de seu limpador de para-brisa e acione os sistemas disponíveis para evitar embaçamento dos vidros.

Verifique o pneu de seu carro com frequência 

A combinação de chuva e pneus carecas é um convite a um acidente grave. Com o pneu liso, a possibilidade de derrapagem aumenta muito, até mesmo em curvas feitas em baixa velocidade. Portanto, sempre confira seu pneu para não ser pego de surpresa. 

Concluindo, deve-se ter em mente que qualquer acidente pode ser evitado tomando os devidos cuidados. Dirija de forma intuitiva, sem pressa e respeitando a distância dos demais veículos.

Categorias
Auto e Ferramentas

Dirigindo à noite: dicas para chegar com segurança ao seu destino

Antes de sair dirigindo à noite, é muito importante que você se atente para alguns cuidados para evitar qualquer tipo de acidente. Mesmo com a iluminação das ruas, dos comércios, das casas e dos faróis dos carros, às vezes fica difícil ver os buracos no chão ou até uma pessoa ou um cão atravessando a rua. 

Na estrada fica ainda mais complicado, pois você só conta com os faróis e com a iluminação da rua. Se ela acabar, você precisa conseguir se virar apenas com a iluminação do seu carro. Além disso, dependendo da localização da estrada, é muito comum atravessarem animais mais selvagens na frente do veículo e, dependendo do tamanho do bicho, o acidente pode ser bastante grave.

Pensando nisso, separamos algumas dicas bem legais para você dirigir à noite com muito mais segurança.

1 – Ligue os faróis um pouco antes de começar a escurecer

Apesar de não ser preciso, nós sabemos que o céu escurece de repente, e se precaver com os faróis acesos evitará que outros motoristas não vejam você e batam no seu carro. 

2 – Reduza a velocidade

Para que você tenha tempo de frear antes de passar em um buraco ou antes de atropelar um cão, é muito importante que reduza a velocidade e ande mais devagar quando estiver dirigindo à noite.

3 – Fique de olho em situações estranhas com outros motoristas

Infelizmente, algumas pessoas insistem em dirigir depois de beber demais ou quando estão muito cansadas, em especial à noite. Não podemos controlar as atitudes dos outros, mas podemos nos precaver. Caso perceba que algum veículo está muito devagar, muito rápido ou indo para os lados sem controle, saia de perto para evitar um acidente.

4 – Use o GPS

Se for para um local que não conhece muito bem, ligue o GPS para que possa chegar com maior segurança. Quando não conhecemos muito bem o caminho, temos a tendência a diminuir muito a velocidade para ver se determinada rua é a que devemos entrar e até para pensarmos no caminho que temos que fazer. Isso é muito perigoso, em especial à noite, pois, além de as pessoas terem menor visibilidade, elas podem estar cansadas e os reflexos mais lentos podem dificultar a visualização do seu carro.

5 – Faça uma pausa caso esteja na estrada

Dirigir na estrada à noite é mais difícil porque o percurso não tem faróis, comércios e movimentos de pessoas, que são as variáveis que nos ajudam a ficarmos mais atentos. Além disso, o próprio barulho do motor do carro nos deixa mais sonolentos.

Para evitar que esse cansaço atrapalhe os seus reflexos, pare em algum local, estique as pernas e tome um café. Essas paradas são essenciais para você recompor as energias. 

Quando estiver dirigindo à noite, tenha alguns cuidados para evitar qualquer tipo de acidente e aproveite essas dicas para chegar em qualquer lugar com muito mais segurança.

Categorias
Auto e Ferramentas

Segurança: dirigindo na chuva

O motorista precisa ter atenção redobrada sobre todos os aspectos ao andar nas cidades e nas estradas em dias de chuva. Para não ter problemas em dias como esses, trouxemos algumas dicas para que você pegue o trânsito com mais tranquilidade e se saia bem dirigindo na chuva.

Não abra mão do GPS

O aparelho GPS hoje é fundamental na locomoção dentro e fora das grandes cidades e não apenas para indicar o caminho certo a ser pego. Os GPSs mais modernos ainda ajudam no acompanhamento do tráfego e dizem onde estão as barreiras e os controles eletrônicos de velocidade que geralmente provocam uma lentidão nas vias.

Dirigindo na chuva? Dobre a atenção

Em dias de chuva, mais do que nos outros dias, a atenção do condutor deve estar na via. Não se pode esquecer que, em dias chuvosos ou úmidos, a velocidade das avenidas acaba diminuindo naturalmente para que não ocorram acidentes e é importante se atentar sempre para a pista escorregadia ou os nada incomuns buracos provocados pelas enxurradas urbanas.

Sem celular na mão

As multas flagradas por motoristas com celular na mão têm aumentado a cada dia e, mais do que isso, já é comprovado como o celular gera problemas de falta de atenção ao trânsito. Não se pode manter as mãos ocupadas em momentos tão delicados como os que devem ser reservados à direção, muito menos se formos pensar em dias chuvosos e que sempre possuem imprevistos.

Aumente a atenção sobre as regras básicas de direção

Mantenha uma distância segura dos outros automóveis, deixe os faróis e lanternas ligados para que os outros vejam você com clareza e esteja ciente da possibilidade de aquaplanagem. Com todos os equipamentos ligados e sua atenção focada, diminui a chance de erros bobos na hora de dirigir em uma situação como essa.

Dirigir na chuva é um desafio tanto para motoristas experientes quanto novatos, por isso não é bom arriscar. Siga as nossas dicas e tenha uma boa viagem!

Categorias
Auto e Ferramentas

Como conseguir permissão internacional para dirigir?

Está planejando uma viagem para o exterior? Então com certeza deve estar pensando em como se locomover no local de destino. Alugar um carro é uma excelente opção, já que otimiza muito o seu tempo e permite que você flexibilize a sua programação com toda liberdade. Além disso, é a alternativa com melhor custo-benefício se você irá viajar na companhia de amigos e/ou familiares.

Não sabe o que precisa para dirigir no exterior? A gente ajuda você nessa tarefa. Descubra, a seguir, como conseguir permissão internacional para dirigir.

O que você precisa para dirigir no exterior?

Em alguns países, como Argentina, Uruguai, Paraguai e Peru, a própria carteira nacional brasileira é suficiente para que você possa dirigir. Em outros, você só terá autorização para dirigir se tiver a permissão internacional para dirigir (PID) em mãos.

Como emitir a PID

A PID é emitida pelo próprio Departamento Estadual de Trânsito (Detran). Contém informações em vários idiomas (português, alemão, árabe, chinês, espanhol, francês, inglês e russo) e é aceita por todos os países signatários da Convenção de Viena de 1968 ou que têm acordo de reciprocidade com o Brasil.

O documento tem a mesma validade impressa na Carteira Nacional de Habilitação (CNH), bem como a mesma categoria e as mesmas restrições médicas (se aplicáveis), sendo aceita no destino quando apresentada junto com a carteira de motorista.

Para obtê-la, basta ir até o Detran do seu estado ou a um Centro de Formação de Condutores (CFC). Geralmente, os documentos necessários para dar entrada ao processo são:

  • CNH ou outro documento oficial de identificação, original e cópia;
  • Comprovante de residência (original e cópia) ou declaração.

Ainda, é exigido o pagamento de uma taxa que pode variar entre 45 e 250 reais, dependendo do estado.

O documento fica pronto depois de 5 dias úteis.

Agora que você já sabe como emitir a PID, confira se ela é realmente necessária para dirigir em seu próximo destino, bem como limites de velocidade e demais regulamentações.

Boa viagem!