Categorias
Casa e Decoração

Fogão: Entenda as diferenças entre GLP e gás natural

Será que é preciso trocar de fogão para usar gás encanado? Veja nesse post as diferenças entre os tipos de gás de cozinha e como realizar a conversão. 

A maioria dos fogões e cooktops vem configurada apenas para gás GLP – o famoso gás de botijão. Por isso, se você precisa usar gás encanado, será necessário realizar uma conversão no eletrodoméstico. Essa operação deve sempre ser feita por um profissional qualificado.  

Se o seu fogão ainda estiver na garantia, a conversão é feita gratuitamente.  Já para fogões mais antigos, é só agendar o serviço direto na distribuidora de gás da sua cidade. É um serviço rápido e não muito caro. Ah, e caso um dia precise mudar novamente para GLP é só fazer a operação mais uma vez.

Diferenças

O gás GLP é o tipo mais comum nos lares brasileiros. O botijão de gás dura em média 220 horas, mas isso vai variar de acordo com a quantidade de bocas que você usa. O seu valor costuma ser mais em conta que o natural, uma vez que recebe subsídio da Petrobras. 

Já o gás natural (GN) é o gás fornecido a partir de encanamento. Uma das suas vantagens é a economia de espaço, o que é ideal para apartamentos. O consumo é cobrado direto na conta, do mesmo jeito que a energia elétrica. Bem prático, não é mesmo?

Outra vantagem é que o GN é considerado mais seguro, pois se dissipa rapidamente e evita que você precise guardar um grande estoque de gás de uma vez na sua casa, como acontece com o gás do botijão. Além disso, o gás natural também é considerado mais sustentável ao meio ambiente.

Categorias
Casa e Decoração

Saiba como funciona um fogão por indução

Você já ouviu falar do fogão por indução? Mesmo se não estiver familiarizado com o nome, com certeza você já viu algum por aí. Esse tipo de fogão é aquele utilizado por grandes chefs em cozinhas mais modernas, e hoje vamos contar um pouco mais sobre ele e quais são as vantagens ao adquirir um.  

Os fogões por indução funcionam gerando um campo magnético que, em contato com um recipiente de metal, provoca seu aquecimento. A diferença é que o recipiente é aquecido, mas a placa não gera calor residual, um calor que não é aproveitado. Por serem mais eficientes, economizam energia e dinheiro.

Benefícios

Segurança

Como falamos acima, a energia emitida pelo fogão por indução vai diretamente para o metal e é aí que o calor é produzido, ao contrário dos fogões convencionais que primeiro geram o calor da chama e depois é transmitido para os recipientes. Se não houver metal para aquecer, a indução não tem efeito, o que torna esse tipo de fogão muito mais seguro. Como não precisa de gás, também não deve haver vazamentos. E embora sempre recomendemos que você verifique se está desligado quando não estiver usando, a verdade é que reduz muitos riscos de causar um acidente.

Ajuste da temperatura

Um dos principais benefícios do fogão por indução é a possibilidade de selecionar com grande precisão a temperatura a que pretende cozinhar os alimentos. Com os fogões a gás é preciso regular a chama, esperar que a panela se adapte ao calor e não é possível medir a temperatura exata.

Limpeza

Nunca foi tão fácil limpar um fogão! Assim que esfriar, você pode limpar com uma esponja úmida ou papel toalha. Você também pode borrifar um pouco do seu spray multiuso favorito e enxugá-lo com uma esponja e pronto!

Desvantagens:

Além de ter um custo mais elevado, o fogão por indução só pode ser usado ​​com um determinado tipo de utensílio de cozinha que seja compatível com o aparelho (esqueça aquela panela de barro ou pote de alumínio).

Se você procura uma opção mais eficaz e segura para a sua cozinha, troque o seu fogão tradicional por um de indução. Encontre o modelo que melhor se adapta ao seu bolso e suas necessidades no Carrefour.

Categorias
Casa e Decoração

Descubra qual é melhor para você: Fogão ou Cooktop?

O fogão todos conhecem: pode ficar posicionado solto, no chão da cozinha, ou embutido. Já o cooktop funciona bem em cozinhas planejadas, uma vez que a parte de cima, com os queimadores, fica encaixada em uma bancada própria. Os cooktops não possuem forno, então você precisará adquirir um também, provavelmente embutido. Fogão ou cooktop? Para saber a melhor opção para você preparar e cozinhar suas refeições, acompanhe nossas dicas.

Fogão ou cooktop? Fogão!

Se a sua cozinha é pequena ou não tem aqueles móveis planejados por arquiteto, a melhor escolha é o fogão tradicional. Ele não vai exigir que você abra mão de um armário ou uma bancada da sua cozinha, por exemplo. Toda cozinha já conta com um espaço para ele e o forno já vem embutido.

Alguns modelos contam com painéis digitais com controle de temperatura, hora e timer. Sua largura varia de acordo com o número de bocas, podendo ter de 4 a 8 bocas, que são os mais largos. Alguns modelos possuem 2 fornos internos. Funciona a gás.

Também existe a opção do fogão de embutir e a diferença para o fogão tradicional é que esse modelo fica embutido em pias ou armários e pode ser uma boa opção comparado ao cooktop, já que tem o forno, o que acaba economizando espaço.

Fogão ou cooktop? Cooktop!

O cooktop é um charme e fica posicionado em uma bancada na sua cozinha. O ideal é que seja uma bancada de pedra fria, como mármore, e que ela tenha, no mínimo, 20 mm de espessura. O cooktop pode ser a gás, elétrico ou por indução, sem chama. Conta com até 5 bocas e sem dúvida vai deixar a sua cozinha com muito estilo.

Ter apenas o cooktop significa economizar bastante espaço na cozinha, mas é bem provável que você vá precisar também de um forno. Por conta disso, você precisará ocupar um espaço extra. Vale a pena avaliar a quantidade de vezes que você realmente utiliza o forno e se você não for do tipo que usa muito, pode até mesmo abrir mão de embutir um na sua cozinha, ficando apenas com o cooktop.