Categorias
Tecnologia e Eletrônicos

Como usar seu celular como webcam

Atualmente, a participação em reuniões virtuais vem se tornando cada vez mais comuns. A grande maioria dos notebooks já possui webcam integrada, porém o mesmo não acontece com os computadores de mesa – que precisam do acessório externo. Se esse for o seu caso, saiba que é possível usar o seu celular como webcam. Confira!

Conexão sem fio

Existem vários aplicativos disponíveis para este fim no Google Play e na Apple Store como DroidCam, EpocCam, iVCam, entre outros. Para funcionar, será necessário instalá-lo tanto no smartphone como no computador

Importante: o celular e o PC têm que estar conectados na mesma rede. Dessa forma, você faz tudo via wireless, sem a necessidade de conectar cabos USB. Depois que os dispositivos estiverem sincronizados, você pode usar a câmera traseira ou frontal do seu smartphone como se fosse uma webcam. 

Quando você for realizar videoconferências em serviços como Zoom, Skype, Microsoft Teams ou Google Meet, basta selecionar manualmente o aplicativo que você escolheu para transformar o celular em webcam. Vá nos ajustes de áudio e vídeo do comunicador e selecione o app que você instalou tanto no smartphone como no PC. 

Usando apenas o celular

Caso você prefira fazer tudo pelo smartphone, uma boa solução é usar aplicativos que fazem videoconferências direto no celular. A vantagem é que esse tipo de aplicativo possui recursos otimizados para o smartphone e oferecem praticidade, dispensando o uso do computador.

Ambas as alternativas são opções boas para emergências. Porém, se você precisa fazer chamadas de vídeo com frequência no computador, talvez seja melhor investir em uma webcam de qualidade. Confira as melhores ofertas no site do Carrefour e escolha a sua!

Categorias
Tecnologia e Eletrônicos

Memória RAM ou SSD? Veja qual é melhor para o seu computador

Quando nosso computador começa a ficar lento, logo nos perguntamos sobre a melhor opção para dar um upgrade nele e melhorar seu desempenho. Afinal, nem sempre uma simples formatação resolve o problema. Mas qual seria o investimento ideal: memória RAM ou SSD? Confira nossa análise.

Memória RAM

A memória RAM funciona como uma ponte entre o HD e o processador do computador, fazendo a troca de informações entre os dois. É um espaço temporário de informações do sistema operacional e aplicativos em uso. Por ser mais rápida que o HD, a memória RAM fornece ao processador fácil acesso às informações para executar os programas.

SSD

O SSD funciona como se fosse um HD, serve para armazenamento de arquivos. Ele é uma evolução do HD, porque o HD utiliza discos para armazenar dados, e o SSD utiliza chips, tornando o acesso e o armazenamento de dados muito mais rápido.

Qual devo comprar?

Se você tiver que escolher apenas um deles, é preciso analisar a sua necessidade. Por exemplo, se o computador fica travando direto o ideal é investir em memória RAM. Pois é ela que vai garantir o melhor desempenho na execução de programas. 

Agora se sua máquina roda sem travamentos mas demora muito para acessar documentos e programas, aí sim o SSD pode ser uma boa pedida. Ele vai te dar uma sensação de fluidez maior, já que o sistema, programas e jogos vão inicializar bem mais rápido que antes.

O ideal mesmo é combinar os dois juntos. Assim, você melhora tanto a rapidez ao inicializar programas como a performance na execução deles. Mas como dissemos anteriormente, tudo vai depender da sua necessidade.

Categorias
Tecnologia e Eletrônicos

Como proteger seu notebook

Estamos vivendo na era da tecnologia, em que o uso de notebooks aumenta cada dia mais. Sem a internet ou um computador, torna-se impossível trabalhar, pois nos tornamos muito dependentes. E por mais que seja eficiente, é preciso tomar alguns cuidados para manter seu dispositivo seguro. Por isso, separamos as principais dicas para que você saiba como proteger seu notebook. Veja a seguir.

Invista em um case

Ter um case para notebook é um cuidado básico. Assim que você adquirir seu laptop, seja ele usado ou não, você deve comprar uma capinha para protegê-lo de riscos, quedas, etc.

Limpeza e manutenção

Mantenha seu notebook livre de poeiras. Certifique-se de realizar regularmente uma limpeza da tela e do teclado para reduzir o risco de superaquecimento da máquina.  

Evite comer e beber perto do seu notebook

Evite beber ou comer perto do seu laptop, pois se você acidentalmente derramar algo, poderá danificá-lo. Algumas vezes o dano é tão grande que não tem conserto. Além disso, qualquer migalha que cair durante a refeição pode interferir no bom funcionamento do aparelho.

Atenção ao aquecimento da máquina

Quando a questão é aquecimento, todo o ambiente no entorno do notebook deve ser considerado. O material sobre o qual você vai colocá-lo – se é uma mesa de madeira, vidro, plástico, etc. – pode influenciar no aumento da temperatura. Se ele aquece com frequência, você pode investir em um cooler para resfriá-lo.

Cuidado com as quedas  

Outro ponto que merece atenção são os riscos oferecidos pela mobilidade dos notebooks. Poder levar seu computador para qualquer lugar é muito prático, mas basta uma queda mais forte e você poderá comprometer toda a informação armazenada em seu equipamento. É importante investir em uma boa mochila para carregar seu notebook de maneira segura.Confira esses e outros acessórios de tecnologia no site do Carrefour

Categorias
Tecnologia e Eletrônicos

Como escolher a melhor TV para usar como monitor

Você já se perguntou como é ter uma tela grande e widescreen como monitor de computador? Se sim, deveria considerar comprar uma TV. É possível usá-la para vários fins, pois oferecem um grande espaço para trabalhar. Aqui estão algumas dicas para você escolher a melhor TV para usar como monitor.

TV vs. monitor?

Os monitores geralmente têm tempos de resposta mais rápidos, taxa de atualização mais alta e informações processadas em menor tempo (baixo input lag) do que as TVs. No entanto, as TVs vêm em tamanhos maiores e algumas vezes são mais acessíveis. Ter uma TV monitor vale a pena se você gosta de jogos, trabalha com programação e ama assistir séries. Você economizará e terá uma tela muito maior!

Fatores a serem considerados na hora de comprar sua TV monitor

Proporção da tela

Em termos gerais, a proporção da imagem é o formato da tela. É importante definir a proporção da imagem da sua TV corretamente nas configurações. Caso contrário, a tela pareceria distorcida e haveria barras pretas nas laterais, ou nas partes superior e inferior. Por exemplo: se você comprar uma TV 16: 9, configure-a para uma proporção de 16: 9 para obter uma boa experiência de visualização.

Densidade de pixels

A densidade de pixels é outra coisa que você deve considerar em uma TV se estiver pensando em usá-la como monitor. Ele informa quantos pixels existem em uma polegada quadrada de espaço na tela (pixels por polegada ou ppi). Os monitores geralmente têm densidade de pixels mais alta do que as telas de TV devido aos seus tamanhos menores. Em contraste, os fabricantes de TV dedicam mais tempo e esforço para fazer com que as TVs tenham tamanhos maiores, melhor reprodução de cores e uma experiência geral de visualização.

Taxa de atualização

A taxa de atualização de uma TV é o número de vezes que a imagem é atualizada por segundo. É de importância crucial em jogos de ritmo acelerado. A maioria das TVs modernas têm uma taxa de atualização de 60 Hz, que é boa o suficiente para jogos e tarefas diárias do computador.

Processamento da Informação (Input lag)

O input lag é a demora que existe entre um comando realizado em um dispositivo de entrada (como o mouse ou o teclado) e a exibição da ação na tela do seu computador.

É outro fator muito importante ao procurar uma TV para usar como monitor. O intervalo entre o comando e a ação deve ser o menor possível para um melhor resultado, assim as ações do teclado ou console refletem na tela instantaneamente. Se você está pensando em usar uma TV como monitor, saiba que é uma boa decisão: pode sair mais barato, além de você ter uma tela muito maior. Para obter as melhores opções disponíveis, visite o site do Carrefour.

Categorias
Tecnologia e Eletrônicos

Descubra se vale a pena comprar um mouse gamer

Mouses comuns são ideais para usar no dia a dia, seja com computador de mesa ou notebook. Há modelos com ou sem fio e de tamanhos diferentes. Porém, se sua finalidade é jogar por muitas horas aí o melhor mesmo é investir em um mouse gamer.

Mouses gamers são desenvolvidos com foco em maior precisão e num tempo de resposta mais baixo, garantindo ao usuário mais agilidade e controle em qualquer tipo de jogo. Além disso, eles possuem maior ergonomia para garantir conforto mesmo em sessões prolongadas de jogo e botões extras para a configuração de teclas de atalho. As principais vantagens desse tipo de mouse são:

  • Maior precisão dos movimentos
  • Ergonomia
  • Maior agilidade
  • Botões extras para a configuração de teclas de atalho
  • Customização

Como escolher um mouse gamer 

Uma das características mais importantes ao escolher um mouse para games é o número de DPIs. Quanto maior o DPI, maior será a velocidade com que o ponteiro do mouse se deslocará em sua tela. Além disso, um DPI alto pode reduzir o cansaço após longas horas de jogo, pois você precisará mover menos a mão ao jogar. 

Por outro lado, mouses com DPI mais baixos garantem maior precisão. Ou seja, tudo depende do tipo de jogo e do nível de cada jogador. Por isso, ao escolher um mouse gamer,  prefira os que possuem a capacidade de alternar entre níveis de DPI de acordo com o jogo em execução. 

Outra dica: prefira um mouse com conexão de cabos USB. As conexões sem fio não garantem níveis suficientes de precisão e sensibilidade.

No site do Carrefour, você encontra os melhores acessórios para games. Confira!

Categorias
Tecnologia e Eletrônicos

O que saber antes de comprar seu computador

Estamos em 2020 e a maioria das casas já possui um computador. Além de proporcionar diversão e entretenimento, é, para muitos, um aparelho imprescindível para realizar as tarefas e obrigações do dia a dia.

Graças ao desenvolvimento tecnológico, hoje existem aparelhos de todos os tipos, formatos, cores e preços. Mas quando se trata de computadores, há muitas coisas que você precisa saber para fazer uma boa compra. Por isso, separamos as principais perguntas a fazer para encontrar um computador perfeito. Dá uma olhada:

Qual é o objetivo principal deste computador?

Você quer um aparelho para navegar na internet, assistir Netflix e escrever artigos, ou gostaria de algo mais robusto, para jogos e edição de vídeo? Procura um desktop para usar apenas em casa ou precisa de algo mais prático que ofereça mobilidade, como um notebook?

Essas são as questões mais básicas antes de escolher um computador. Saber em qual tipo de usuário você se encaixa será determinante para definir as próximas configurações da sua nova máquina. 

Qual o seu sistema operacional favorito?

Windows OS:

Muitos crescem usando Microsoft, que vem completo com o pacote Office (incluindo Word, Excel, PowerPoint, etc.). Se você está familiarizado com os programas, esse sistema pode ser mais fácil na hora de concluir um trabalho universitário, preparar apresentações ou escrever artigos.

Mac OS:

O MacBook e desktops iMac executam o OSX feito pela Apple. O software sincroniza com o iPhone ou iPad, assim todos os seus acessórios da marca funcionam juntos. Muitos designers preferem esse sistema, que também é conhecido por ter menor quantidade de vírus, mas para alguns usuários pode não ser a opção adequada, pois seu preço é um pouco mais alto.

Chrome OS:

O Chrome OS é para usuários que usam principalmente atividades baseadas na web. Esse sistema pode atender às necessidades de muitos, tem preços atrativos, é rápido e confiável. A principal desvantagem é que você precisa estar conectado à Internet para poder fazer o login e usar o sistema. Com o Google GSuite, um Chromebook pode ser tão produtivo quanto uma máquina com base em Windows ou Mac e é definitivamente mais acessível.

Você tem preferência por marcas?

Muitas vezes, essa resposta já é definida ali em cima, quando você escolhe o sistema operacional, mas deixamos aqui mais algumas dicas para quem ainda tem dúvidas.

Se você deseja um sistema operacional Windows, saiba que é possível usar em várias marcas como HP, Acer, Asus, Lenovo, Dell, etc. O mesmo pode ser dito para o Chrome OS, que não é o caso do Mac Os, compatível apenas com produtos da Apple.

Você precisa de recursos de toque?

Algumas pessoas adoram telas sensíveis ao toque e outras não se importam com esse recurso. Qualquer uma das formas pode ajudá-lo a restringir suas escolhas. Tanto o Windows quanto o Chrome oferece capacidade de tela sensível ao toque. Macs podem ter uma “barra de toque” em alguns modelos Pro. Mas, geralmente não oferecem essa funcionalidade com sua linha de desktops e notebooks.

E quanto ao poder de processamento, memória RAM, espaço de armazenamento, etc?

São muitas as especificações técnicas, mas para resumir, o ideal seria comprar o processador mais rápido, a maior quantidade de memória RAM e de armazenamento que couber no seu bolso, pois acredite, isso nunca é demais. Na hora de fazer sua escolha, a quantidade que você precisa vai depender muito do seu orçamento, objetivo principal da máquina, sistema operacional e marca.

Agora que você já sabe tudo, não tem mais desculpas para não comprar seu computador. Dica amiga + descontos Carrefour = match perfeito. Visite o site e não perca essa oportunidade.

Categorias
Tecnologia e Eletrônicos

Como conectar wi-fi no PC?

Cada vez mais a internet é indispensável no nosso dia-a-dia e para não deixar você desconectado trouxemos algumas dicas. O Wifi é hoje a tecnologia mais popular para conexão a internet tanto em casa quanto em espaços públicos, para que você entenda como conectar Wi-Fi no PC confira nosso guia.

Como funciona?

O Wi-Fi é uma tecnologia de transmissão de dados sem fio que usa ondas eletromagnéticas para transmitir informações a partir de um roteador ligado a internet. Para recepção do sinal de Wi-Fi é necessário que o PC em questão tenha conexão com redes sem fio para que então possa se conectar a internet.

Notebook ou Desktop

Hoje cada vez mais comum as pessoas possuírem computadores portáteis, pois dá mais mobilidade a nossa rotina atribulada e permite que fiquemos conectados onde quer que estejamos. A grande questão é que os notebooks já vêm preparados para acessar redes Wi-Fi enquanto desktops, os computadores de mesa, embora possam utilizar essa tecnologia geralmente não vem pronto para isso.

Os PCs de mesa, em geral, não vêm preparados para acessar Wi-Fi pois tradicionalmente são conectados a internet via cabo conectado diretamente com o roteador, uma conexão geralmente mais rápida e segura que o Wi-Fi. Para utilizar o Wi-Fi em uma máquina de mesa é necessário adquirir uma antena de WiFi para o computador, elas são muito fáceis de instalar.

Conectando

Conecte o seu roteador a rede de internet da operadora, algo que geralmente quem faz é a própria operadora de internet, e mantenha o seu roteador conectado na tomada sempre.  Quando for instalada sua rede de internet a rede ganhará um nome e uma senha para acesso, a senha é necessária para que pessoas de casas próximas não acessem sua rede e seu computador.

Nos sistemas Windows, para saber como conectar Wi-Fi no PC é simples. Basta você acessar o ícone de Rede do lado esquerdo do relógio, na parte direita inferior da tela. Ali, quando clicar no ícone irá aparecer a lista de redes WiFi disponíveis na sua região, provavelmente entre elas estará a sua. Clique na sua rede, insira a senha de acesso e espere o computador de conectar a rede automaticamente.

Categorias
Tecnologia e Eletrônicos

TV monitor: como escolher e usar o melhor das 2 funções

Você gostaria de comprar um monitor maior para o seu computador, mas também gostaria de ter uma televisão, mas só pode escolher um item no momento? Então você pode comprar uma TV monitor que faz a função de 2 em 1.

Sim, as TVs atuais parecem muito com um monitor, mas será que elas servem bem para esse fim? A resposta curta é: na maior parte das vezes, sim. A resposta longa é muito melhor que isso, porque ensina você a tirar o melhor proveito do aparelho.

Primeiro vamos escolher

Para escolher uma TV monitor, claro, você tem que ter em mente as 2 funções. Assim, uma das primeiras decisões é sobre o tamanho. Modelos com 21 polegadas ou mais podem causar desconforto nos olhos se colocados muito perto dos seus olhos. Mas, se a sua intenção é usar bastante a função TV, dando play no Netflix na cama, por exemplo, pode ser uma boa repensar a sua mesa para que ela tenha ao menos 80 cm de profundidade. Isso vai garantir que você possa afastar um pouquinho a tela, quando for usá-la mais próximo, no computador.

Outra coisa para se ficar de olho são as conexões. Os modelos que encontramos no mercado, de marcas como LG e Samsung, costumam trazer soluções semelhantes, incluindo o HDMI – fundamental para definição da imagem (Full HD ou 4K) -, e entradas USB para você conferir seus vídeos e músicas no modo off-line.

Um diferencial bacana é que alguns modelos de TV monitor contam com o sistema Smart, com acesso a aplicativos de conteúdo como Youtube, Globo Play e o próprio Netflix. Isso pode ser uma vantagem e tanto, pois você pode desligar o computador e – com o uso do Wi-Fi integrado dos modelos – acessar seus conteúdos em streaming.

TV monitor: como fazer o uso correto

O primeiro passo é saber que uma imagem de computador na TV pode não ter a mesma qualidade que um monitor comum. Por quê? Mesmo que eles tenham a mesma resolução, digamos 1.080 p (Full HD), a quantidade de pixels por polegada costuma ser diferente. Por isso quanto maior a TV, maior será a diferença na qualidade da imagem. Por isso, mesmo que a TV possa ser usada como monitor principal, a recomendação é que ela seja um monitor secundário.

Dito isso, o primeiro aspecto que precisamos nos atentar é a forma de conectar a TV ao computador. Apesar de existirem diversas maneiras de fazer isso, a ideal é com o uso de um cabo HDMI. Sim, esse cabo que liga as TVs em leitores de blu-ray e videogames, como o PS4 e o Xbox One.

Se você tem um notebook, provavelmente essa é a única forma de fazer a conexão, já que boa parte vem sem a entrada VGA. Mas, se você tem um computador com entrada VGA (ou um notebook), evite usá-la. É uma tecnologia antiga e a qualidade da imagem será prejudicada ainda mais.

O segundo passo é configurar a resolução corretamente. Se você está usando apenas a TV monitor, o sistema operacional fará isso automaticamente. Caso você esteja utilizando como segunda tela, você precisa encontrar as configurações de resolução no seu sistema operacional, selecionar a segunda tela e definir a resolução máxima. Isso porque, geralmente, o computador apenas copia as configurações do monitor que você já tem, sendo necessário o ajuste manual.

E, por fim, ajuste as cores e o brilho diretamente na TV. Você vai precisar deixar as cores um pouco mais vivas e o brilho um pouco menor. Isso vai ajudar a sua percepção de cores, já que a TV tem configurações padrão pensadas para o uso para distâncias normalmente maiores do que a que temos em um monitor.

Viu como pode ser bem vantajoso ter uma TV monitor?

Categorias
Tecnologia e Eletrônicos

Qual escolher para trabalhar em casa: notebook ou desktop?

Trabalhar em casa ou remotamente está se tornando muito comum. Esse é um tipo de trabalho que exige algumas qualidades de quem entra para esse mundo, como: disciplina, organização, determinação, entre outros. Mas, além disso, é necessário uma ferramenta essencial: notebook ou desktop. E é aqui que se encontra a dúvida: qual dos dois escolher? Para isso vamos ver quais as qualidades de cada um para o home office.

Desktop e o home office

O desktop ou computador de mesa é aquele em que temos um monitor, a CPU, um teclado e o mouse. Com tantas peças e pelo peso, é inviável levá-lo para qualquer lugar. Sendo assim, depois de instalado, ele vai permanecer onde foi instalado. Ele é bom para trabalhar em casa, mas, se o seu trabalho exige que leve seu computador para reuniões na empresa, um desktop não é indicado. Ainda mais se o seu trabalho exige que você viaje, seria um transtorno levar um desktop toda vez que fosse viajar. O ponto positivo aqui é que o desktop não esquenta tanto em relação ao notebook.

Notebook e o home office

Os elementos que mais diferenciam o notebook para o desktop é a praticidade de carregá-lo para qualquer lugar, pois é muito mais leve. A única coisa que pode deixar o notebook em desvantagem é que em termos de processamento ele pode ser menos potente que o desktop. Mas com o avanço tecnológico já temos modelos que se igualam ou superam o poder de processamento em relação aos desktops. Então, se você trabalha com programação ou com algum outro trabalho que exija um computador com bom processamento, pode optar por comprar um notebook.

Notebook ou Desktop

Sendo assim, se você necessita viajar durante seu trabalho ou ir até a empresa para reuniões e necessita levar o computador, o melhor é o notebook. Mas se seu trabalho não exija que carregue o computador por aí, pode optar por um bom desktop.

Categorias
Tecnologia e Eletrônicos

Dicas de notebook: como cuidar bem do seu

Aparelhos eletrônicos exigem cuidados para que se mantenham funcionando perfeitamente e tenham a vida útil prolongada. Por isso, dicas de notebook são tão importantes. São computadores que carregamos de um lado para o outro o tempo todo. Eles contêm, muitas vezes, arquivos de fundamental importância para o trabalho e os estudos e devem ser tratados com cuidado e atenção.

Mas quais as melhores maneiras de contribuir para a conservação de um notebook? O que se deve e o que não se pode fazer de jeito nenhum? Vamos a algumas dicas que ajudarão nesse processo.

Cuidado ao transportar o notebook

Notebooks foram feitos para serem transportados. Porém, é preciso bom senso para evitar danos e mantê-los intactos. Procure sempre desligar seu computador portátil antes de transportá-lo. Isso evita que uma possível batida traga danos ao HD. Quando andar com o computador pelos cômodos da casa, evite caminhar com a tela aberta.

Para prevenir danos, adquira uma capa para o seu notebook e utilize-a sempre que for levá-lo para qualquer lugar. Quanto mais acolchoada for a capa, melhor para proteger o aparelho. Outro cuidado que você deve ter é o de usar uma capa adequada ao tamanho do notebook, pois ela irá aderir melhor ao dispositivo.

Limpeza constante é uma dica de notebook

Manter o seu notebook sempre limpo é uma parte importante do processo de conservação. Na limpeza, não é recomendado utilizar produtos químicos caseiros ou álcool, mas você pode usar um que seja especial para eletrônicos. Separe uma flanela ou pano bem macios e um pincel ou um cotonete.

Para limpar a tela do notebook, utilize a flanela ou o pano, que deve ser macio para que não provoque arranhões. Caso decida utilizar um produto especial para dispositivos eletrônicos, borrife um pouco do líquido no pano e depois faça movimentos suaves na tela para eliminar a sujeira. Pode ser preciso passar o pano novamente, dessa vez seco para eliminar de vez a sujeira.

O pincel é perfeito para limpar o teclado e as entradas dos cabos, por exemplo. Mas não coloque o pincel nessas frestas, para que não fiquem pelos dentro das entradas; apenas passe-o superficialmente por elas. Para limpar entre as teclas, tanto o pincel como o cotonete podem ser usados.

Ainda para manter seu aparelho sempre limpo, lembre-se de que seu notebook não combina com alimentos e bebidas. O melhor é mantê-lo bem longe deles, pois farelos de comida podem se acumular em locais de difícil limpeza, enquanto os líquidos podem causar danos imediatos ao aparelho.

Não deixe o notebook esquentar demais

Quando utilizamos o computador portátil sobre superfícies que o abafam, ele acaba aquecendo mais do que o recomendado e isso pode afetar a vida útil dele. A dica vale para o uso em cima da cama, de almofadas, superfícies acolchoadas e até mesmo algumas mesas. Lembre-se de que utilizar o notebook sobre uma superfície adequada ajuda não apenas na conservação do aparelho, mas também na sua postura ao trabalhar ou se divertir enquanto utiliza o computador.

Consulte um técnico

Caso se depare com algum problema inesperado relacionado ao seu notebook, não tente resolvê-lo sozinho. O melhor é procurar a ajuda de um técnico com experiência, que poderá aconselhá-lo sobre o melhor a fazer. Se o computador ainda estiver na garantia, procure a assistência técnica autorizada. Lembre-se de que o problema pode ser mais fácil de se resolver do que pensamos, mas somente um especialista poderá dar essa orientação.