Categorias
Tecnologia e Eletrônicos

Como refrescar a casa no verão

O verão é uma estação alegre e colorida que deixa as pessoas mais à vontade, bem dispostas e extrovertidas. Mas, em dias de altas temperaturas, é comum sentirmos uma leve moleza no corpo e dificuldades em nos concentrarmos nas atividades do dia a dia. Além de redobrar o hábito de beber líquidos para suavizar o calor, é importante tomarmos algumas precauções para mantermos em nossa casa um ar fresco e arejado. Confira abaixo como refrescar a casa e torná-la um ambiente bastante agradável sem ser surpreendido com a conta de luz.

Use tons leves em sua casa

Os objetos de decoração ou paredes na cor escura absorvem o calor, transmitindo a sensação de que a temperatura está ainda mais alta. Para o ambiente ficar um pouco mais confortável, uma dica é escolher cores claras e objetos leves para a decoração de sua casa. Cortinas em tecido leve também ajudam a combater a incidência de sol direta, o que traz sensação de ambiente fresco. Atenção especial ao estofamento de sofás, poltronas e cadeiras, optando por tecidos de fibras naturais, o que dá aquela sensação de frescor, ao contrário de tecidos sintéticos, por exemplo.

Invista em plantas naturais

A natureza dá aquela ajuda na hora de controlar o calor, pois as plantas naturais cedem umidade e frescor aos ambientes. Escolha uma planta de tamanho médio que se dê bem com o jeito de sua casa e que traga beleza ao ambiente de acordo com o seu gosto. Chegou a sua hora de ser mãe de planta!

Bons ventos

Ficar de olho na corrente de ar natural também é uma excelente alternativa para driblar o calor, pois se a sua casa tiver portas e janelas que formem um corredor de vento, ou seja, que estejam uma de frente para a outra, vale à pena deixá-las com os vidros abertos para o ar circular. E, claro, tenha um ventilador que poderá ser ligado em qualquer ambiente da casa facilitando sua rotina e melhorando a sensação de bem-estar.

Categorias
Tecnologia e Eletrônicos

Veja como escolher o melhor circulador de ar para a sua casa

Para enfrentar o calor e não sofrer nos dias mais quentes, fazer uso do circulador de ar pode ser uma boa opção para manter os ambientes mais fresquinhos. Veja as nossas dicas para auxiliar você na hora de escolher o melhor circulador de ar para você.

Diferença entre circulador e ventilador

Ventilador – oferece um fluxo de ar direcionado e concentrado, distribuindo o ar com intensidade e com foco em pontos específicos. Os modelos de ventilador podem ser de mesa, de pé, de teto, coluna e parede.

Circulador de ar – esse aparelho distribui o fluxo de ar produzido para vários pontos ao mesmo tempo, por isso seu uso é recomendado para cômodos grandes, oferecendo a vantagem de ser mais silencioso que o ventilador. O circulador possui diversos tamanhos, por isso escolha o modelo de acordo com o tamanho do cômodo onde o aparelho vai ficar.

Melhor circulador de ar

O melhor circulador de ar é aquele que deixa tudo fresquinho no ambiente para você, por isso existem modelos que oferecem a possibilidade de colocar gelo no reservatório para deixar o ar emitido pelo circulador mais geladinho.

Entre os benefícios oferecidos por esse tipo de aparelho estão a redução de problemas respiratórios, da temperatura e proteção antimofo e antibactéria. Para quem vive em lugares onde o clima costuma ser bem seco, essa é a melhor opção, pois umidifica o ambiente, minimizando o risco de alergias.

Exija certificação

Procure o selo Procel de eficiência energética antes de adquirir o aparelho. Não deixe de priorizar aqueles que possuem o selo A de eficiência energética, pois mesmo que seu custo seja um pouco acima de modelos com maior demanda de energia, a economia que se faz nas contas de luz mensais rapidamente compensa o custo do aparelho e ainda ajuda você a ser amigo da natureza.

Seguindo essas dicas simples, você conseguirá escolher o melhor circulador de ar para a sua casa sem dificuldade. Gostou? Então, compre já o seu.

Categorias
Tecnologia e Eletrônicos

Veja qual é o melhor climatizador de ar frio

O climatizador de ar é perfeito para refrescar o ambiente sem deixá-lo seco e, geralmente, são mais baratos que os aparelhos de ar-condicionado; portátil, é ideal para ambientes pequenos. Alguns são simples e outros são mais completos, com funções de umidificar ou limpar o ar, por exemplo. Veja qual o melhor climatizador de ar frio para você e sua família.

Benefícios do climatizador

O climatizador de ar frio deixa sua casa mais fresquinha, funcionando como um ventilador, no qual você pode utilizar água gelada para aliviar o calor e umidificar o ambiente gastando menos energia elétrica. Ele é ideal para pessoas com problemas respiratórios, como alergias e rinites. Existem diversas marcas e modelos disponíveis no mercado e você pode encontrar o climatizador perfeito para sua casa na nossa seção. Para comprar o melhor climatizador de ar frio para sua casa você precisa saber quais os fatores decisivos para o bem-estar e conforto no seu ambiente.

Como escolher o seu climatizador

Um item bastante comum no aparelho é a presença de rodas e puxadores, que facilitam o transporte. É importante verificar a sua capacidade de água: geralmente um reservatório de 6 a 7 litros dura em média de 8 a 9 horas. Um item que deve ser observado na hora da compra do seu climatizador é o nível de ruído, pois um ambiente fresco mas barulhento não é nada agradável.

Outro item importante e bastante útil no aparelho é a função timer, pois você pode deixar programado horários para desligar sem precisar se preocupar em acordar. Alguns modelos vêm acompanhados de um controle remoto – com ele você não precisa se deslocar até o climatizador para alterar suas funções.

Fique de olho, pois muitos modelos possuem diferentes programas de refrigeração. Se o seu ambiente é um pouco maior é ideal que você atente para esse detalhe a fim de saber qual será suficiente para deixar seu ambiente mais fresco.

É importante verificar se o modelo do climatizador em que você está interessado é fácil de limpar, pois alguns aparelhos possuem uma filtragem eficiente que facilita a limpeza e evita a sujeira no ar. Alguns modelos também possuem a função de purificar o ambiente, deixando o ar mais limpo e com melhor qualidade.

Categorias
Tecnologia e Eletrônicos

Ventilador ou circulador de ar. Qual a diferença?

Você sabe qual a diferença entre ventilador ou circulador de ar? Não se preocupe se a sua resposta é “não”. Agora você vai aprender. Para viver confortavelmente, uma boa dica é usar algum recurso que refresque a sensação térmica que, em alguns casos, chega aos 38 ºC em épocas mais quentes. Os eletrodomésticos mais procurados no calor são ventiladores e circuladores de ar.

Qual a diferença entre ventilador ou circulador de ar?

A diferença está na climatização que você deseja do ambiente. Ambientes quentes em que não há circulação de correntes de ar, é indicado o circulador de ar, porque ele cria uma ventilação artificial que tende a refrescar o ambiente após algum tempo de uso, o vento dele não é direcionado, e sim disperso. O circulador de ar “joga vento” em todas as direções, o que tende a diminuir a sensação de calor no lugar em que está sendo usado. Circuladores de ar também são indicados em ambientes com crianças e pessoas alérgicas pela sua forma de atuar dispersando ar em várias direções. Assim, os espirros e demais reações de pessoas mais sensíveis serão evitados.

O ventilador

O vento produzido pela rotação dos eixos do ventilador ocorre de 2 maneiras distintas e pode direcionar ar para dentro do ambiente, no caso dos sopradores, ou pode retirar ar do ambiente (pelos chamados exaustores). Simplificando: a parte de trás das hélices de um ventilador puxa o ar. Na frente do aparelho, o ar é soprado para fora. Isso explica o fato de, em alguns momentos, o ventilador soprar “ar quente”, pelo fato do ambiente estar quente. Assim, o ventilador puxa esse mesmo ar do ambiente pela “traseira” de suas hélices e o libera na mesma temperatura de volta ao ambiente. Os ventiladores de teto possuem a função exaustão, justamente porque, ao rodarem ao contrário, estão reproduzindo o efeito que ocorre na parte de trás das hélices quando usadas na função ventilar e serve para retirar o ar quente do ambiente antes de ligá-lo na função ventilador.

É muito comum, por causa da economia de energia, famílias que possuem ar condicionado ligá-lo apenas para resfriar o ambiente. Feito isso, entra em cena o ventilador, que vai soprar ar fresco por toda a noite. Aliás, durante a noite, colocar a parte de trás do ventilador voltada para uma fonte de entrada de ar pode deixá-lo mais eficaz, porque ele vai puxar o ar fresco da noite e jogá-lo na direção para onde estiver apontando.

Se você deseja um vento forte e direcionado, o ventilador é a melhor solução porque, mesmo estando na função “giratória”, quanto maior a velocidade que você escolher, mais forte será o vento projetado para onde o ventilador soprar. Mas, se você prefere uma ventilação “em todas as direções”, o circulador é mais indicado porque ele manda o ar em movimentos ondulatórios que “preenchem” mais o ambiente.

Agora que ficou fácil escolher entre ventilador ou circulador de ar, refresque-se.

Categorias
Tecnologia e Eletrônicos

Ar-condicionado econômico: conheça melhor e compare

O ar-condicionado econômico é uma ótima alternativa não só para nos refrescar, mas também para fazermos uma boa economia de energia. O problema mais comum dos equipamentos tradicionais é justamente o grande consumo de energia. A maioria deixa a nossa conta mais cara, o que faz com que evitemos ligar o equipamento, mesmo nos dias mais quentes. O que torna um ar-condicionado econômico são fatores como tecnologia avançada, Selo Procel A, funções específicas para redução do consumo e potência compatível com o ambiente em que está instalado o aparelho. A seguir listamos algumas informações importantes com relação ao ar-condicionado econômico. Confira:

1 – Tecnologia Inverter

A tecnologia inverter é a mais avançada dos novos equipamentos de ar-condicionado, pois ela controla a velocidade de compressão do aparelho. Sua capacidade de reduzir a velocidade do compressor mantém a temperatura do ambiente por mais tempo e não gera picos de consumo elétrico. A economia chega a 60%.

2 – Função Sleep

Essa função presente no ar-condicionado econômico aciona uma forma de funcionamento mais econômica durante a noite. A performance do equipamento é reduzida, o que economiza energia, além de proporcionar uma noite de sono mais agradável. Alguns equipamentos possuem funções de redução de potência e também de desligamento automático, que desativa o aparelho após certo tempo. Elas também contribuem para a economia de energia.

3 – Selo Procel A

Esse selo é uma certificação do Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica, responsável por atestar a eficiência energética de eletrodomésticos e eletrônicos. As classificações variam de A a E, sendo A para aparelhos com consumo mais baixo e E para mais alto.

4 – Potência

A potência do equipamento e sua compatibilidade com o ambiente também são pontos essenciais não só na economia de energia, mas também para a performance satisfatória da climatização do espaço. Você deve levar em conta o tamanho do ambiente em que ficará o ar-condicionado, a quantidade de aparelhos eletrônicos presentes e o número de pessoas que irá circular para saber qual a melhor potência do equipamento.

Agora que você já sabe tudo sobre como ter um ar-condicionado econômico, aproveite todas as vantagens de ter um equipamento desses em sua casa ou escritório.

Categorias
Tecnologia e Eletrônicos

Descubra se ar-condicionado portátil é bom

É muito bom ter um ar-condicionado para deixar o ambiente mais agradável. Como nem sempre o local onde estamos instalados permite colocarmos um aparelho de ar-condicionado para resolver a climatização, seja por regras estéticas do condomínio, seja por conta de uma fiação elétrica antiga, uma boa solução é comprar um aparelho portátil.

Ar-condicionado portátil é bom?

A maior vantagem do ar-condicionado portátil é justamente substituir um aparelho tradicional que ficaria na parede. Mas a palavra portátil pode confundir, dando a ideia de que você pode movê-lo facilmente e levar para uma viagem na praia ou para a casa de outra pessoa. Não é bem assim que funciona. Você pode até conseguir levá-lo em suas viagens, desde que o local tenha os pré-requisitos necessários. Embora o ar portátil facilite a vida de quem não pode utilizar o ar convencional, ele demanda uma janela  – ou varanda – para a instalação do tubo extensor que faz a troca de ar entre os ambientes interno e externo. O bom é que a maioria dos modelos possui reservatório interno, dispensando a habitual mangueira que despeja água pela janela no modelo tradicional de ar-condicionado. Vale ressaltar que ele pesa em média 30 kg.

Um ponto positivo é a instalação. É bem fácil colocar o seu aparelho portátil em casa apenas seguindo as instruções. Na maioria das vezes não é necessário chamar um técnico, que costuma ser fundamental na hora de instalar um aparelho fixo na parede.

Vale a pena comprar?

Esses modelos portáteis são uma mão na roda para quem não pode instalar um aparelho, então acaba valendo bastante a pena. Só é preciso se atentar porque eles podem ser um pouco menos silenciosos e menos econômicos que outras versões.

Agora que você já sabe como funciona um ar-condicionado portátil, faça a sua escolha.

Categorias
Tecnologia e Eletrônicos

Em casa: como se refrescar no calor

A cada ano, as temperaturas ficam cada vez mais altas e o volume de chuvas diminui. Lançar mão de dicas caseiras que ensinam como se refrescar no calor é a melhor alternativa depois do ar condicionado, pois dormir de edredom em pleno verão é privilégio daqueles que podem alterar a climatização do ambiente com um simples apertar de botão. Mas se um ar condicionado está fora dos seus planos no momento, não se desespere, veja nossas dicas e viva melhor.

Troque as lâmpadas

Para emitir luz, as lâmpadas incandescentes produzem muito calor. A dica é substituir essas lâmpadas por modelos fluorescentes ou de LED que, mesmo custando um pouco mais caro, compensam o investimento, pois você economiza em sua conta de luz no fim do mês. Além disso, elas têm maior durabilidade em relação às lâmpadas incandescentes. Faça isso e sinta a diferença.

Ventilador voltado para fora da janela

Se a temperatura da rua estiver mais fresca que a de dentro de casa, como geralmente acontece, coloque um ventilador na janela apontando para fora, ao contrário do que é comum fazer. Isso porque, segundo as leis da física, jogar o ar quente de dentro para fora normalmente é mais rápido e eficiente do que jogar o ar fresco de fora para dentro. Essa é uma dica simples e eficiente.

Spray refrescante

Mantenha um borrifador na geladeira com água. Caso precise se refrescar rapidamente, borrife-se com um água fria no corpo inteiro. Primeiro nos pés e pulsos para agilizar a circulação sanguínea. A refrescância vem da temperatura da água aliada ao efeito da sua evaporação. Existem modelos de ventilador a pilhas acoplados ao borrifador que também refrescam bastante.

Vento gelado

Coloque um saco plástico sobre uma bandeja contendo vários cubos de gelo e que fique bem fechado. Agora posicione a bandeja entre o ventilador e você. Essa dica não refresca o ambiente, mas, em dias em que o calor é tão grande que o ventilador emite vento quente, vale ouro. Lembre-se de colocar uma vasilha embaixo da bandeja para aparar a água do gelo que vai derreter.

O que comer e beber

Ingestão abundante de líquidos (evitando álcool, cafeína e açúcar) são métodos mais eficientes para se hidratar e, consequentemente, aliviar o calor. Inclua, em seu cardápio, itens fáceis de digerir, principalmente saladas e frutas que contêm bastante líquido como abacaxi e melancia. Grelhados de carne branca (que são mais leves) são muito bem-vindos se combinados com uma salada refrescante.

A climatização do ambiente com o ar condicionado é a maneira mais eficiente de como se refrescar no calor, mas nem todo mundo se adapta ou, então, pode utilizar o ar-condicionado durante todo o dia. Mas, com essas dicas, encarar o verão pode ficar mais fácil. Aproveite!

Categorias
Tecnologia e Eletrônicos

Por que e como limpar ar-condicionado?

Para saber como limpar ar-condicionado, é essencial primeiro entender a importância de fazer a limpeza desse equipamento de climatização tão eficaz, que nos refresca até nos verões mais quentes.

Em primeiro lugar, a higienização constante garante a eficácia do ar-condicionado e, consequentemente, prolonga sua vida útil. Outra vantagem é a economia de energia, pois limpo ele vai “trabalhar” menos para cumprir seu papel.

A qualidade do ar que você respira também melhora, pois o filtro sujo faz com que ocorra propagação de bactérias que podem desencadear reações alérgicas diversas nas pessoas. Agora que você já sabe as vantagens, confira dicas simples e eficazes para você manter seu equipamento sempre limpo.

Dicas para limpar ar-condicionado

1 – Antes de começar a seguir as dicas de como limpar ar-condicionado, desligue o equipamento e retire o plugue da tomada. Se seu ar-condicionado for split, remova o painel frontal e limpe-o com um pano seco e macio. Caso o painel esteja muito sujo, lave com água morna e espere secar.

2 – Desencaixe o filtro de ar da unidade interna e limpe-o com um aspirador de pó, a não ser que esteja com muita sujeira. Nesse caso basta usar água morna e detergente neutro. Ao secar, reinstale o filtro e feche o painel.

3 – A parte interna também precisa ser limpa. Nesse caso o ideal é recorrer ao serviço autorizado ou a um técnico especializado uma vez por ano.

E se o ar-condicionado for de parede?

4 – Caso seu equipamento seja de parede (ou janela), limpe o painel frontal com pano seco e macio ou utilize aspirador de pó. Para limpar o filtro, remova-o da unidade interna e retire a sujeira com aspirador de pó ou água e sabão. Espere secar e coloque na posição original.

5 – Um dica interessante é comprar ar-condicionado com o filtro HEPA, que retém até 99% das impurezas do ar, mantendo o ambiente mais seguro.

6 – O mercado ainda disponibiliza filtros específicos para bactérias e para pelos de animais, ideal para quem tem bichinhos de estimação.

7- Nunca jogue produtos químicos ou água diretamente no painel, pois isso pode danificar o equipamento.

8 – Caso o ambiente seja muito empoeirado, limpe o painel e o filtro uma vez por semana. Caso contrário, faça mensalmente ou a cada dois meses. Alguns modelos têm um alerta de sistema de limpeza, o que facilita muito essa periodicidade.

Agora que já sabe as dicas de como limpar ar-condicionado, cuide sempre do seu!

Categorias
Tecnologia e Eletrônicos

Saiba como escolher ar-condicionado

Não há quem resista ao verão brasileiro sem estar na beira da praia. E, no auge do inverno, nem mesmo a boa e velha lareira dá conta do recado. Seja no auge do frio ou no calor escaldante, a única salvação é investir na climatização do ambiente com um bom ar-condicionado. A dúvida de muitos é saber qual modelo é o melhor considerando, entre outros fatores, o tamanho do ambiente e o gasto de energia elétrica. Para ajudar você nessa tarefa, preparamos algumas dicas sobre como escolher ar-condicionado.

Os modelos

Veja, a seguir, as vantagens e desvantagens de cada modelo:

De janela

Modelo que popularizou o aparelho de ar-condicionado no país. É chamado de janela pelo espaço que ocupa, retangular. Condensador e evaporador ficam no mesmo aparelho, então é mais compacto do que o split e mais fácil de instalar.

É uma boa escolha para ambientes pequenos, especialmente se o ambiente já conta com o buraco para encaixe do aparelho, mas o barulho desse modelo pode incomodar algumas pessoas. Além disso, consome mais energia que os demais modelos e nem todos têm controle remoto.

Split

O preferido pela maioria dos consumidores é o mais silencioso dos modelos e, dependendo da potência, o mais capacitado para gelar ambientes grandes. Alguns modelos split têm o design tão moderno que podem se adequar à decoração do ambiente. Além disso, os mais modernos vêm com o sistema inverter, que consome ainda menos energia.

Como o motor vai ficar fora da residência, ele vai alterar a aparência externa da construção. Alguns prédios não permitem nenhum tipo de mudança na fachada, outros não têm nem espaço para receber a unidade externa, é bom se atentar a isso.

Móvel

Como o próprio nome diz, a grande vantagem é poder movê-lo para qualquer ambiente da casa. Por isso, o ar-condicionado portátil é bastante adequado para cômodos pequenos. Além disso, é o único que não exige gastos com instalação, pois conta com uma tubulação que joga o calor para fora, o que vai ter que ser adaptado nos diversos ambientes da residência.

Embora possa ser usado em casas e prédios que não podem ser modificados, ele pode ser bem ruidoso. É bom lembrar que o aparelho vai ocupar um espaço físico dentro da casa.

Potência e consumo de energia

A capacidade de refrigeração de um ar-condicionado é medida em BTUs. Em geral, quanto mais BTUs, mais caro é o aparelho. Para saber quantos BTUs devem ter o seu aparelho, vários aspectos do ambiente devem ser levados em conta, como a posição da casa em relação ao sol, o tipo de janela ou telhado e o número de pessoas que usam o espaço.

Em relação ao consumo de energia, assegure-se de que o aparelho escolhido tenha a etiqueta que identifica os aparelhos eletrodomésticos mais econômicos. A classificação é dividida em A, B, C, D e E. Para não se preocupar com a conta no fim do mês, dê prioridade para os selos A e B.

E aí, gostou das nossas dicas? Então não espere mais e vá correndo atrás do melhor ar-condicionado para a sua casa.

Categorias
Esporte e Lazer

Tenha sombra e água fresca com o melhor ombrelone

Nada melhor do que reunir os amigos no quintal em uma tarde quente de verão para beber uma cerveja geladinha e colocar a conversa em dia, certo? Melhor ainda se for debaixo da agradável sombra de um ombrelone. O melhor ombrelone é aquele que oferece sombra para no mínimo 5 pessoas. Suas principais vantagens são a versatilidade, já que pode ser mudado de lugar, e o custo x benefício.

Tenha o melhor ombrelone em casa

As vantagens não param por aí, e o ombrelone também possui regulagens que permitem que você o coloque de forma inclinada, se ajustando de acordo com a posição do sol durante o dia. Se você tem casa com piscina ou um terreiro grande e gosta de reunir os amigos para um happy hour, não pode deixar ter o melhor ombrelone. Eles podem ser encontrados em vários formatos e tamanhos. Existem modelos redondos, quadrados, com haste central ou lateral. É interessante que a área em que ombrelone vai ficar seja deixada livre, até mesmo pela estética.

Qual ombrelone combina mais com sua casa?

Na maioria das vezes, o ombrelone mais usado é aquele que tem apoio central, pela praticidade oferecida. Podem-se utilizar cadeiras soltas ou em conjunto com a mesa, que nesse caso deverá ter um furo no meio. O ombrelone com apoio lateral também é muito prático. Se sua mesa não tiver furo central, esse modelo é o mais indicado.

Cuidados

Fique atento ao seu ombrelone na hora que estiver ventando muito forte. Eles podem sair voando se estiverem abertos. Não é nenhum inconveniente, porém um simples detalhe. O que geralmente costuma acontecer é sua base, que é mais pesada, ficar no lugar e a parte superior escapar, por ser bem mais leve. Mas não precisa se preocupar com isso, basta colocar uma cordinha que possa prender a haste da parte superior do ombrelone amarrada a algum muro ou objeto fixo.

Pronto! Agora é só curtir muita sombra e tranquilidade com seu melhor ombrelone.