As melhores receitas com banana

Acessível, gostosa e muito versátil. Veja como inserir a banana no seu cardápio.

A banana é uma das frutas mais populares no Brasil. De origem asiática, conta-se que ela foi trazida para cá pelos portugueses no início do século 16. 

Existem muitos tipos de banana, e cada uma delas tem uma cor, textura e sabor únicos. São mais de mil ao todo. Não é à toa que o brasileiro, em média, consome cerca de 25 quilos de banana por ano individualmente.

E dá pra preparar a banana de muitas formas diferentes: amassada, flambada, cozida, frita, entre outras. Isso sem falar nas mais variadas receitas que levam a fruta. Uma mais gostosa que a outra!

Confira abaixo os principais tipos de banana e algumas receitas que você pode preparar com cada uma delas:

Banana-nanica: Por ser mais doce e macia, é muito utilizada em tortas como a Cuca de Banana – um prato típico da região sul. 

Banana-ouro: A menor e mais doce das bananas. Vai muito bem em sobremesas, como esse Crepe Crocante de Banana. Sirva com bolas de sorvete. 

Banana-da-terra: É a maior de todas e perfeita para ser cozida, assada ou frita. Muito comum na culinária baiana. Veja aqui essa deliciosa receita de Chips de Banana

Desperdício zero

Que tal utilizar 100% da fruta em suas receitas? Assista abaixo a live que o Carrefour fez sobre o assunto, e aprenda 3 opções deliciosas que aproveitam completamente a banana.

Categorias
Esporte e Lazer

Fique em forma: como parar de comer doce

Se você passar a fazer atividade física diariamente usando um elíptico, por exemplo, já ajudará o seu organismo e o seu cérebro a saber como parar de comer doce. Quando se faz exercícios, substâncias que nos dão sensação de prazer são liberadas, assim melhoram o humor, amenizam a ansiedade e consequentemente a vontade de cair de boca nos doces.

Alimentação menos calórica

Sempre que bater aquela fome, pense primeiro nos alimentos mais saudáveis. Na hora do lanche, em vez de chocolate, porque não comer uma fruta ou barra de cereais? Tente sempre substituir alimentos calóricos por alimentos mais leves e aos poucos você irá aprendendo a evitar cair nas tentações doces e calóricas. As frutas são uma boa opção, pois possuem seu próprio açúcar que é a frutose, mas com uma grande vantagem, são mais saudáveis e, muitas vezes, menos calóricas que biscoitos recheados, por exemplo.

Como parar de comer doce

Consumir alimentos com alto índice glicêmico e que não são necessariamente doces também contribui para aumentar as taxas de açúcar no sangue, pois grande parte dos alimentos processados possui alto índice glicêmico. Estudos descobriram que uma dieta rica em carboidratos à base de farinha de trigo e amidos está associada ao aumento de peso, obesidade e desenvolvimento de diabetes tipo 2. Por isso, evitar esses alimentos ou substituí-los pelas opções integrais é uma maneira de não consumir açúcar de forma indireta.

Em alguns casos, a vontade incontrolável de comer doces tem a ver com algum problema psicológico, como ansiedade. Se essa relação ficar clara para você, procure ajuda profissional para, aos poucos, ir controlando essa instabilidade.

Diminua o intervalo entre as refeições

Fazer refeições com menos quantidade e mais frequência ajuda a equilibrar os níveis de açúcar no sangue e ameniza o desejo por doces. O café da manhã é a refeição mais importante do dia, porque é a primeira após o jejum durante o sono. Quando você deixa de tomar café da manhã, provoca a queda nos níveis de açúcar no organismo, o que acarreta a falta de disposição durante todo o dia e aumenta desejo por doces desde o período da manhã.

Foco nas proteínas

Consumir alimentos ricos em proteínas nas refeições e lanches ajuda a diminuir a vontade de comer doces. A proteína ajuda na estabilização dos níveis de açúcar no sangue. Alimentos como nozes, sementes, legumes, ovos, peixes, carnes magras, iogurte e queijo com pouca gordura e produtos à base de soja são alternativas de alimentos ricos em proteína e saudáveis.

O cromo é um aliado

O cromo é um mineral que estabiliza os níveis de açúcar no sangue e ajuda a controlar a compulsão por doces. Existem vários alimentos ricos nesse mineral, tais como: brócolis, cereais integrais, nozes, cogumelo, soja, tomate, cebola, pão de centeio, trigo integral, ervilha e batata.

Fibras alimentares sempre

Alimentos ricos em fibras têm um efeito estabilizador para os níveis de açúcar no sangue, uma vez que as fibras reduzem a velocidade de absorção da glicose presente nos alimentos. Exemplos de alimentos ricos em fibra: cereais integrais, pães granulados, massas integrais, legumes e frutas.

Essas são algumas dicas de como parar de comer doce, mas a força de vontade é fundamental.

Categorias
Casa e Decoração

Como preparar marmita deliciosa e comer bem

Você está pensando em se alimentar de maneira mais saudável e, principalmente, economizar com sua alimentação durante o horário de trabalho? Ou gostaria que seu filho(a) levasse opções mais nutritivas de lanche para o intervalo da escola?

Confira algumas sugestões em nossas dicas de como economizar dinheiro no dia a dia e alimente-se de maneira mais saudável.

Leve sua refeição com você

Uma excelente alternativa para conquistar uma alimentação saudável é escolher as opções de alimentos que você vai levar para o trabalho ou escola. Selecione alimentos como sanduíches preparados em sua própria sanduicheira, fatias de pizza integral, torta de legumes, tapiocas, entre outros. Esses são alimentos que você pode levar e aquecer no local de trabalho, por exemplo. Como é você quem escolhe os ingredientes, é possível conseguir definir o quanto deseja gastar por refeição.

Prepare alimentos e armazene-os em porções individuais

Uma excelente alternativa para se alimentar de maneira saudável e econômica é preparar seus próprios alimentos. Em casa, você pode preparar pães, bolos, macarrão, nhoques, molhos e armazená-los em pequenos potes ou sacos plásticos próprios para congelamento. Assim, você consegue planejar sua refeição, atendendo às suas necessidades do dia a dia. No caso dos pães, opte por fazer em formatos pequenos para que você possa armazená-los no congelador como porções individuais já assadas. É possível enriquecer esses alimentos acrescentando grãos como linhaça, aveia ou gergelim à receita. No caso dos bolos, opte por congelar pequenas fatias em sacos plásticos separados.

Tenha lanches à disposição

Agora que você já conferiu algumas dicas de como economizar dinheiro no dia a dia, aproveite essas alternativas para realizar refeições saudáveis. Uma excelente opção para driblar a fome fora de casa e ainda ter opções acessíveis é levar para o local de trabalho ou na bolsa/mochila pequenos potes com castanhas, nozes, frutas secas e biscoitos. Esses itens não precisam ser armazenados sob refrigeração, o que traz praticidade à vida.