Categorias
Auto e Ferramentas

O que não pode faltar na sua caixa de ferramentas

Confira os itens essenciais para ter na sua caixa de ferramentas.

Uma torneira que vaza, um parafuso solto…Estas são apenas algumas das coisas que acontecem com bastante frequência em nossas casas e para as quais não é necessário ser especialista em reparos. Basta ter uma caixa de ferramentas com os itens corretos para que você mesmo possa consertar.

Para você não ficar na mão quando mais precisa, listamos as ferramentas mais importantes. Já pode começar a anotar.

Chaves de fenda: um clássico. Nossas casas são cheias de parafusos por todos os lados, de diferentes tamanhos e formas. Portanto, é imprescindível ter um conjunto de chaves de fenda.

Parafusos: pequenos, médios, grandes e com cabeçotes diferentes. Garanta parafusos de vários tamanhos para você poder fixar qualquer item na superfície que desejar.

Martelos: é recomendável um menor para reparos que exigem pouca força, e um grande para um trabalho mais pesado.

Alicates: servem tanto para cortar cabos como para torcer fios ou coisas semelhantes. Além disso, eles são muito úteis para dar um suporte quando seguramos pequenos itens que estamos consertando.

Fita isolante: grande aliada nos pequenos reparos devido à sua versatilidade. É essencial, por exemplo, para garantir a segurança em certos consertos elétricos, pois pode evitar a fuga de energia e ocorrência de acidentes.  

Trena: essencial para fazer medições e não cometer erros nas distâncias, por exemplo, quando você estiver posicionando alguns quadros na parede.

Chave inglesa: esta ferramenta é imprescindível para afrouxar ou apertar porcas.

Você já tem tudo?Este é um bom momento para revisar sua caixa de ferramentas. Se notar que falta algum item importante, visite o site do Carrefour para encontrar o que você precisa.

Categorias
Auto e Ferramentas

Como fazer uma caixa de ferramentas

Pequenos problemas do dia a dia necessitam de pequenos consertos e quem gosta de “se virar” nessas horas, precisa ter à mão uma boa caixa de ferramentas. A caixa em si não é problema, pois, basta você descobrir como fazer uma caixa de ferramentas usando um caixote de feira daqueles mais resistentes que será reciclado e transformado na sua caixa de ferramentas. Basta serrar as bordas do caixote na altura que você achar mais adequada. Utilize uma das bordas que você serrou e fixe no centro de onde ficaria a tampa da caixa para servir de alça. Coloque um fundo de E.V.A. no interior da caixa logo após lixar, pintar e secar.

As ferramentas certas

Para evitar a compra de ferramentas que não serão usadas, montamos um pequeno guia para ajudar a você a saber quais ferramentas escolher para ter uma caixa de ferramentas que seja “pau pra toda obra” e não te deixe na mão, por não estar completa. Nessas dicas você vai descobrir que ferramentas comprar para colocar na sua caixa.

Como fazer uma caixa de ferramentas: chaves de fenda

Existe à venda os kits de chaves de fenda já prontos e que são bem práticos. Esse kit deve conter 7 chaves de fenda: uma pequena, com haste fina, para parafusos miúdos; uma média, pouco menor que um centímetro de diâmetro, e uma grande. Todas devem ter o cabo comprido, para que possa ser segurado com a mão inteira. A quarta é a chave estrela (ou Philips) que é uma chave igual à de fenda, mas usada no parafuso com a fenda em cruz. Nesse modelo é bom ter três tamanhos diferentes de bitola.

Alicate universal

Esse tipo de alicate é usado para dobrar e cortar fios, além de unir as pontas de um elo ou apertar objetos, por exemplo. O tamanho do alicate universal é padrão, e o ideal é que o cabo seja isolado para que, caso entre em contato com alguma corrente elétrica, não haja o risco de choque.

Chave teste

Serve para testar se a energia realmente está desligada, o que evita o risco de choques caso o disjuntor desligado não corte a energia no ponto esperado. Também é usada para saber qual fio é o fase nas tomadas (o que tem corrente elétrica) e qual é o neutro. Quando colocamos a ponta do fio na fonte de energia e encostamos o dedo na parte metálica do cabo, a lâmpada acende, mostrando que há energia elétrica ali.

Martelo

O martelo deve ser de um tamanho que acerte o prego e o não o dedo, uma vez que o martelo serve para pequenos serviços, por isso não precisa ser muito grande nem pesado. O martelo conhecido como “martelo de unha” é multifuncional, porque o lado oposto da cabeça é bifurcado e serve para extrair pregos. Dê preferência para os cabos de madeira que são resistentes e ao mesmo tempo leves.

Serrinha

O arco de serra ou serrinha é usado para cortar tubos de PVC, pequenos pedaços de madeira e até objetos em aço. Importante: para cada material, existe um tipo de serra diferente. Para facilitar na hora de guardar na caixa, você pode optar por um arco desmontável.

Outros utensílios para a sua caixa de ferramentas

Fita isolante (para consertos elétricos), fita veda-rosca (para serviços hidráulicos), tubo de adesivo plástico que é utilizado para colar canos de PVC. Em relação à tesoura, é aconselhável que você tenha uma exclusiva para os pequenos consertos da casa.

A extensão é útil quando vai ser usada a furadeira que, em geral, tem o fio muito curto. Também usamos a extensão para fazer reparos em cômodos onde é preciso cortar a luz mas é necessário usar algum equipamento elétrico, pois, assim você pode desligar o disjuntor do quarto e usar a tomada da sala.

Agora que você já sabe como fazer uma caixa de ferramentas e o que vai colocar dentro dela, é só começar o trabalho.