Categorias
Beleza e Saúde

A tendência do moletom veio para ficar

Estilo e conforto andam juntos. E o melhor é que a peça pode ser usada em diversas combinações. 

Já foi o tempo em que o moletom era apenas para ficar em casa ou, no máximo, usar como agasalho na academia. Confortável, a peça teve seu status fashion elevado e apareceu até em grandes desfiles de moda. 

Sucesso absoluto em 2020, o moletom continua em alta este ano. Ele pode ser usado como conjunto ou separadamente, formando ótimos looks. As peças agora estão com um corte mais moderno, mais estreito, e combinam muito com o público mais jovem. 

Selecionamos aqui algumas combinações para você se inspirar e apostar nas peças de moletom nesse Inverno. Confira!

Moletom + calça jeans

A calça jeans combina com tudo, e com o moletom não seria diferente. Combinar o casaco de moletom com uma calça jeans é uma ótima solução para um look mais casual. 

Moletom + saia

Você pode combinar seu moletom com saias do tipo evasê, com babados ou pregueada. E para deixar o look mais elaborado é só combinar com uma meia-calça ou colocar um cintinho marcando a cintura. 

Calça de moletom

Uma boa sugestão é combinar a calça de moletom com tops e bodys. As calças de moletom com listras estão em alta, e são as queridinhas das fashionistas. 

Moletom total

Usar moletom por completo também está na moda. E não precisa ter receio de ficar parecendo pijama. A diferença está em como você escolhe o seu moletom. Prefira cores mais neutras como cinza, preto ou branco. 

Categorias
Beleza e Saúde

Máscara PFF2: como usar e higienizar

Com as novas variantes e o número de casos de Covid-19 ainda alto, a procura por máscaras que oferecem um maior grau de proteção cresce cada dia mais. É o caso da PFF2, modelo de máscara que muita gente tem dado preferência na hora de se proteger. Temos alguns conselhos para você aprender a usá-la de maneira correta. Veja a seguir.  

Antes de tudo, qual a diferença da PFF2 para os outros modelos?

A principal vantagem dessa máscara em relação a outras, como as cirúrgicas, é sua maior capacidade de filtragem de partículas. Além disso, ela se ajusta melhor ao rosto, se tornando também mais confortável principalmente para aqueles que precisam usar com mais frequência.

Onde e como ela deve ser usada?

Para uma maior segurança em locais fechados, mal ventilados e lotados, é preferível usar máscaras PFF2. Por exemplo, transporte público, centros de saúde, escritórios, supermercados, etc. Mas é necessário usá-la corretamente.

Como usar: Antes de colocar a máscara no rosto, lave bem as mãos. Em seguida, posicione as alças atrás das orelhas. A máscara sempre deve cobrir seu nariz e boca. Ajuste-a de forma que não precise tocar o rosto constantemente para não correr o risco de se contaminar. 

A PFF2 pode ser higienizada e reutilizada?

Essa máscara não é projetada para ser usada mais de uma vez, mas é compreensível que muitas pessoas optem por reutilizá-la com a intenção de economizar. Nesse caso, são necessários alguns cuidados para ela continuar oferecendo proteção.

A PFF2 não pode ser lavada nem entrar em contato com álcool, e para desinfetá-la, o ideal é mantê-la em um lugar seco e ventilado por uma semana após ser usada. Dica: compre 7 unidades e use uma por dia da semana.

Ainda não tem? Passe no site do Carrefour para garantir a sua e continuar se cuidando. 

Categorias
Beleza e Saúde Sem categoria

Corte seu cabelo sem sair de casa

Durante a quarentena, muitas pessoas resolveram cuidar dos cabelos em casa mesmo. Afinal de contas, não é porque estamos em isolamento que precisamos descuidar da nossa aparência, não é mesmo?

Para cortar o cabelo em casa é necessário tomar alguns cuidados especiais. Uma dica é nunca se aventurar sozinho. O mais indicado é ter um “assistente” para te ajudar, principalmente na hora de cortar a parte de trás. 

Cabelo curto

A maior aliada dos homens e mulheres com cabelo curtinho é a máquina de cortar cabelo. Os pentes, que acompanham o aparelho, são identificados por números. Quanto maior o número, maior será o comprimento dos fios após o corte. 

Além do espelho principal, tenha em mãos um espelho menor para posicionar atrás de você. Dessa forma é possível corrigir alguma falha na parte posterior da cabeça. E claro, sempre corte seu cabelo em um lugar com boa iluminação.

Cabelo longo

Com uma tesoura afiada, corte seu cabelo aos poucos, sem pressa. Melhor ter que aparar a mesma parte várias vezes do que se arrepender por ter cortado demais. Prefira cortar o cabelo com ele seco, pois há mais controle sobre o resultado do corte. 

Use e abuse de vídeos na internet. Existem várias dicas e tutoriais espalhados pelo Youtube para você se inspirar. Porém, é importante saber que nem sempre o resultado é igual para todos os tipos de cabelo. 

Ainda está com medo de arriscar? Uma alternativa é mudar o cabelo sem cortá-lo. Você pode alternar a forma de pentear o cabelo ou então experimentar novas texturas – cachos e ondas com escova ou alisamento com chapinha

Gostou das nossas dicas? Então aproveite e confira também o post que fizemos sobre como pintar o cabelo em casa.

Categorias
Beleza e Saúde

Como pintar o cabelo em casa na quarentena

As raízes naturais já estão aparecendo? A cor precisa de retoque? Não se preocupe. Você pode retocar os fios em casa mesmo. Veja como!

Uma das medidas para conter a disseminação do coronavírus foi o fechamento dos salões de beleza – para evitar a aglomeração de pessoas. Apesar de não ser um serviço essencial, muitos estão sentindo falta desse tipo de função, especialmente na hora de cuidar dos cabelos.

Para pintar o cabelo em casa, alguns cuidados são necessários para que eles não fiquem manchados, principalmente se esquecer de pintar em alguma área específica. Aproveite nossas dicas e mãos à obra!

Faça um teste de mecha

Se não está acostumada a pintar o cabelo ou usar determinada marca, faça um teste antes de qualquer coisa. A ideia é tingir só uma mecha e ver como o cabelo reage. Se ficar tudo bem, o uso está liberado. 

Leias as instruções

No folheto (ou na embalagem do produto) estão dicas valiosas. Por isso, leia sempre as instruções antes de começar a sua coloração. Inclusive para saber a quantidade de caixas que você precisará usar, de acordo com o tamanho do seu cabelo.

Divida o cabelo em quatro partes

Tenha em mãos um pente fino para dividir melhor os cabelos e alguns grampos largos para prender melhor as mechas repartidas. Assim, fica bem mais fácil a aplicação da tinta. 

Lavagem

Na hora de lavar o cabelo, deve-se remover completamente a coloração com água e só depois proceder com o shampoo, condicionador e demais tratamentos.

Categorias
Beleza e Saúde

Dicas de saúde e bem-estar

Se você busca melhorar sua saúde e qualidade de vida, saiba que não precisa investir muito tempo ou se esforçar tanto quanto imagina. Basta seguir alguns pequenos hábitos que, se aplicados ao seu dia a dia, podem te ajudar a obter grandes resultados. É o caso destas práticas simples que vamos te mostrar a seguir. Veja!

1 – Aproveite os benefícios dos alimentos naturais

Isso não quer dizer que você tenha que deixar de lado aquelas comidas gostosas que tanto ama. Mas é muito importante ter uma nutrição equilibrada, pois o que você come está totalmente relacionado à sua saúde. Por isso, aumente a ingestão de alimentos mais saudáveis como verduras, frutas e legumes para melhorar a sua imunidade. 

2 – Não esqueça de beber bastante água  

A ingestão adequada de água oferece os benefícios da hidratação, nutrição e melhoria do bem-estar. Além disso, pode limpar as toxinas do corpo, melhorar a função cerebral e equilibrar a temperatura e os fluidos corporais. Tenha sempre uma garrafinha em mãos para matar a sua sede.

3 – Recarregue suas energias 

Ter um sono de qualidade pode melhorar sua saúde de maneiras que você nem imagina. Quanto melhor o sono, melhor você se sentirá física e mentalmente. Além do mais, dormir bem pode prevenir várias doenças. Descanse o máximo possível para recarregar suas energias.

4 – Tente se exercitar sempre que puder

O corpo é o templo da alma, e você não quer que esse templo desmorone, né? O exercício é uma ótima maneira de estimular o metabolismo e estudos mostram que a atividade física ajuda a melhorar a longevidade e a saúde em geral. Pratique exercícios sempre que for possível. Escolha o melhor horário e a atividade ideal para você.

5 – Aprenda a lidar com os problemas do dia a dia 

A maneira como você se sente e como você pensa também é muito importante. O excesso de estresse pode aumentar os níveis de cortisol e prejudicar gravemente o seu metabolismo, podendo desenvolver doenças. Portanto, vale experimentar algumas atividades para te ajudar a relaxar. Busque a meditação, ouça sua música preferida, leia ou assista uma boa série. Cuidar da sua saúde mental é fundamental.

Categorias
Beleza e Saúde

Cuidados com a pele após o verão

Ao longo do ano, aguardamos ansiosamente a chegada do verão para aproveitar as férias,  relaxar na praia e atingir um bronzeado perfeito. Mas a exposição constante ao sol e altas temperaturas pode deixar a pele ressecada, causar algumas manchas e às vezes alterações na pigmentação. Por isso, com a chegada do outono, devemos ter cuidados especiais com a pele para reverter os danos causados e conquistar uma pele mais suave e iluminada.

Hidratando por dentro

Para recuperar a vitalidade da pele é fundamental cuidar do seu corpo de dentro para fora. Um cuidado básico é se alimentar de maneira saudável durante todo o ano. Frutas e legumes são uma ótima fonte de vitaminas e antioxidantes, ingredientes essenciais para manter a pele jovem. E por mais simples que seja, beber uma boa quantidade de água diariamente pode prevenir rugas e renovar a pele. Portanto, hidrate-se muito!  

Hidratando por fora

Embora a verdadeira hidratação ocorra por dentro, hidratar a pele externamente também é essencial para evitar o envelhecimento precoce.

Aposte na exfoliação para preparar a pele antes da hidratação. Ela remove impurezas e células mortas, deixando sua pele bem lisinha e macia. Além disso, uma pele saudável é alcançada com a limpeza diária. Vale a pena buscar um sabonete específico para o seu tipo de pele, e separar um tempinho no seu dia para todos esses cuidados.

Nada de economizar no hidratante, hein! A ideia é hidratar da cabeça aos pés, reforçando as áreas mais expostas e aquelas que tendem a ficar mais ressecadas, como joelhos e cotovelos. Escolha um creme mais adequado para você, pois isso te ajudará a obter melhores resultados. 

Outro ponto muito importante: o protetor solar não é só para dias de praia. O filtro solar é uma medida preventiva e protetora contra os danos dos raios ultravioleta. Usá-lo o ano todo, mesmo em dias nublados, pode ajudar a reduzir o risco de câncer de pele e prevenir o envelhecimento prematuro. 

Seguindo essas dicas, não demorará muito para que sua pele se recupere. E as únicas marcas de verão que você terá serão aqueles momentos especiais que viveu. 

Categorias
Beleza e Saúde

Como funciona a aromaterapia?

Os óleos essenciais têm recebido muita atenção recentemente por ajudar em tudo, desde dores de cabeça e insônia, a dores de garganta. Mas eles realmente funcionam? Desde que você use de forma segura, os óleos essenciais podem ter um impacto positivo na sua saúde e bem-estar.

Afinal, o que é aromaterapia?

A aromaterapia é um tratamento holístico que utiliza extratos naturais para promover saúde física e mental. É um método alternativo que usa óleos essenciais aromáticos – extraídos das plantas – para melhorar a saúde do corpo, da mente e do espírito.

Como são usados ​​os óleos essenciais?

Os óleos essenciais são absorvidos de duas maneiras: pela pele ou pela inalação.

Pela pele

Os óleos essenciais são combinações complexas de moléculas aromáticas com propriedades curativas. Algumas dessas moléculas são tão pequenas que têm a capacidade de passar da pele para a corrente sanguínea, o que permitirá que circulem pelo corpo. Porém, como esses componentes são muito concentrados para serem usados diretamente no corpo, são diluídos em um óleo de base vegetal, antes de serem aplicados no corpo. Os óleos essenciais podem ser aplicados na pele usando os seguintes métodos:

– Massagens: uma loção é usada como base com algumas gotas de um único óleo essencial ou uma combinação sinérgica de óleos essenciais;

– Compressas: algumas gotas dos óleos selecionados são adicionadas a uma pequena quantidade de água (fria ou morna). Um pano é embebido na água aromática e aplicado na área afetada para ser usado como compressa.

– Banhos: usados em duchas, banhos de banheiras, escalda pés, entre outros. Os óleos essenciais também podem ser adicionados a sabonetes líquidos e shampoos sem perfume.

Inalação

As moléculas aromáticas dos óleos essenciais são inaladas pelo nariz e transmitidas, através do bulbo olfatório, ao sistema límbico do cérebro. Esta é a parte do cérebro que inclui os sistemas nervoso e hormonal e que se conecta a outras funções, como memória e comportamento emocional. Além disso, como os aromas dos óleos essenciais são inalados, algumas dessas moléculas aromáticas são absorvidas nos pulmões e passadas para a corrente sanguínea. Essas moléculas se combinam para criar fragrâncias distintas que contêm as propriedades curativas específicas de cada óleo. Os óleos essenciais são inalados através dos seguintes métodos:

– Inalação direta: o óleo essencial diluído é colocado 10 cm abaixo das narinas e várias inalações profundas são feitas para permitir que as moléculas entrem pelo nariz no sistema límbico no cérebro.

– Dispersão: podem ser usados como fragrância para ambientes. Nesse caso, óleos essenciais são borrifados em roupas de cama, móveis ou outros lugares que você desejar, dessa forma, as moléculas aromáticas são inaladas. Outra opção é o difusor, no qual você pode utilizar algumas gotas de óleos essenciais combinadas com água.

– Evaporação: o calor faz com que as moléculas aromáticas, sendo voláteis, se difundam no ambiente para alcançar uma inalação sutil. Você pode utilizar o aromatizador elétrico para aplicar esse método. Dica: queimar óleos essenciais também é uma forma eficaz de desinfetar o ar e repelir insetos.

Preparado para ativar seu lado zen? Em tempos de quarentena, essa é uma excelente técnica para ajudar a relaxar. Só não esqueça de consultar seu médico antes de substituir seus medicamentos por qualquer tratamento alternativo, ok?

Categorias
Beleza e Saúde

5 dicas para ficar craque em reflexologia e massagem nos pés

A reflexologia vai além de uma massagem nos pés extremamente relaxante: ela estimula pontos específicos que estão conectados como se fossem um grande mapa. Esse estímulo vem por meio de uma leve pressão, com um toque exato: nem tão leve, nem tão forte. Há relatos de que a técnica existe há mais de 4.000 anos.

Dentre os benefícios da reflexologia, podemos destacar o estímulo do sistema imunológico, a liberação de toxinas, o alívio das dores, a melhora da circulação sanguínea e, é claro, o relaxamento geral do corpo. E tem mais: a prática também é indicada para a prisão de ventre, dor na coluna, inchaço nas pernas, labirintite, alterações na tireoide, entre outros.

O começo de tudo

Começar a massagem nos pés fazendo a limpeza deles com lencinhos umedecidos melhora a experiência tanto para o massageador quanto para quem a recebe. Além disso, óleos essenciais e cremes hidratantes são muito bem-vindos e tornam a experiência ainda mais gostosa.

Treinos frequentes

Uma boa maneira de ficar craque em fazer massagem nos pés é treinar com frequência. Se não tiver alguém que possa fazer a massagem em você, faça uma automassagem, ela também pode ser muito eficiente. E o melhor: com o tempo, você saberá quais os pontos fortes e quais ainda precisa melhorar.

Prepare o ambiente

A experiência da massagem vai além do contato das mãos com os pés: ela se torna ainda melhor quando há luz baixa, calor na medida e um aroma gostoso. Sendo assim, não tenha medo de preparar o ambiente: espalhe velas, acenda um incenso e, se o dia estiver frio, deixe um cobertor à disposição.

Calor sempre

Deixe o pé esquerdo envolto em uma toalha quente enquanto o direito é massageado e vice e versa. Essa pequena atitude ajudará a manter o calor e a sensação de relaxamento por muito mais tempo.

Vale colar

Se você ainda acha que é difícil localizar os pontos de reflexologia em gráficos, saiba que já existem meias que mostram onde cada órgão é representado. Fazer massagem nos pés vai ficar muito mais fácil.

Categorias
Beleza e Saúde

Como cortar cabelo em casa

Quem disse que aprender como cortar cabelo em casa é impossível? Você pode e deve cuidar bem de suas madeixas. Então, fique de olho em alguns truques com a tesoura que vão deixar o seu cabelo bonito e sem gastar dinheiro.

Ferramentas para começar

Escolha um local com boa iluminação. É bom ter uma ótima tesoura de cortar cabelo (evite usar qualquer tesoura que não seja a apropriada para corte de cabelo), “bico de pato”, clips ou piranha de cabelos, pente de dentes finos e um espelho de tamanho médio ou grande.

Como cortar cabelo em casa: camadas

Para o corte em camadas, faça um rabo de cavalo bem esticado, com todo o cabelo na parte frontal da cabeça, acima da testa. Explicando melhor: em vez de colocar o rabo de cavalo para trás como de costume, faça o rabo em cima da testa. Usando a tesoura própria para cortar cabelo, corte as pontas de uma vez, em um corte reto. Depois solte os cabelos. Quando colocar os cabelos na posição normal, eles estarão em camadas.

É o que os especialistas chamam de técnica de fracionamento do cabelo. Você vai dividir o couro cabeludo em 7 partes: topo, lado direito, lado esquerdo, coroa direita, coroa esquerda, nuca esquerda e nuca direita. E atacar cada uma dessas partes.

Corte masculino

Você vai precisar de pente, tesoura, 2 espelhos e uma máquina de cortar cabelo. Posicione os espelhos, deixando um de frente um para o outro, para que você possa visualizar a parte de traz do seu cabelo no espelho da frente.

Separe o cabelo em mechas e torça cada uma delas, cortando as pontas (vá cortando aos poucos para deixar exatamente no tamanho que você quer e evitar arrependimentos). Se desejar uma franja maior, deixe o cabelo “do meio para frente” um pouco maior que o restante. Assim você pode jogar para um lado e para o outro e ainda modelar com pomada. Utilize alguma lâmina de número maior para diminuir o tamanho dos fios. Escolha a lâmina número 4 para começar. Passe por toda essa área no sentido de baixo pra cima e pare na altura das sobrancelhas em toda a volta da cabeça. Cuidado para não subir muito com a máquina.

Diminua o tamanho da lâmina gradualmente para fazer um degradê de tamanho dos fios, ou seja, para que eles fiquem cada vez mais curtos até chegar na nuca, onde serão raspados com uma lâmina bem curta (1 ou 2 no máximo).

Cabelo cacheado

Depois que o cabelo estiver molhado, penteie todo para frente e amarre com um elástico perto da testa. Estique bastante, escolha o comprimento em que deseja cortar e, bem na linha em que você pretende cortar, coloque outro elástico, preso bem firme. Posicione a tesoura na diagonal (quase em pé) e vá cortando aos poucos até ficar reto. Os cabelos cacheados encolhem quando secam. Por isso, calcule o tamanho do seu corte levando isso em consideração. Depois, solte e deixe secar naturalmente.

Categorias
Beleza e Saúde

Mude o look e descubra o que vestir no outono

“São as águas de março fechando o verão” e você certamente se perguntando o que vestir na nova estação. Acostumados com as roupas leves e práticas da estação mais quente do ano, é muito comum ficarmos um pouco confusos com o look do outono, que já o seu friozinho característico exige um pouco mais de “pano” (e também de capricho!). Para  ajudar na empreitada, fomos atrás das tendências da nova estação. E prepare-se: é muita beleza e sofisticação! Veja, a seguir, o que vestir no outono.

Tendências para o outono

Neste outono, a liberdade dará o tom na moda. A mulher poderá misturar estilos na hora de se vestir e compor diferentes looks. Por exemplo, modelos adequados para ambientes mais formais poderão ser utilizados em circunstâncias mais casuais, mudando-se apenas uma peça, como o calçado ou a jaqueta (um blazer por uma puffer jacket, por exemplo). É uma ótima forma de variar o estilo durante as estações mais frias. Ainda, os estilos militar e fitness estarão muito em voga. O fitness elegante permite vestir peças básicas para compor o seu look. Porém, os tons neutros são os mais indicados. Por exemplo, uma combinação que será muito comum é a de jaqueta com calça de moletom e tênis. A tradicional junção de blusões com camisetas básicas e uma calça esportiva também são boas sugestões.

O que vestir no outono

Quer saber o que não pode faltar no seu armário neste outono? Confira, a seguir, a lista de algumas peças que você tem que ter!

Puffer jacket

As puffer jackets são um item essencial neste outono. São extremamente confortáveis e realmente ajudam a esquentar o corpo quando as temperaturas caem, por serem acolchoadas e de nylon. Ainda, muitas contam com materiais que garantem isolamento térmico. São muito versáteis e podem ser utilizadas em diversas situações do dia a dia. Para ir ao trabalho, a puffer jacket fica muito bem por cima de uma roupa social e com botas de cano longo. Se você busca um look mais casual para um passeio durante o final de semana, uma calça legging e um tênis são a pedida.

Vestidos

Antes de guardar os seus vestidinhos de verão, saiba que pode aproveitá-los no outono.Uma das tendências da moda deste outono é sobreposição de t-shirt básica com vestido. Foram vistas várias alternativas para criar esse visual, desde vestidos ao melhor estilo slip dress até peças mais estruturadas e pesadas para aqueles dias em que o frio está mais intenso. A dica é apelar para leggings e meia-calças se o frio pegar. Nos pés, as botas são a pedida para encará-lo.

Bota branca

Se você pensa que bota branca é coisa de paquita da Xuxa, saiba que, na verdade, é uma das fortes tendências da moda deste outono. Elas têm aparecido muito no modelo de cano baixo, em modelos diferenciados e com saltos poderosos. Você tem coragem de aderir a essa tendência? Seja qual for o seu gosto, o importante é adequar-se às situações sem abrir mão do conforto.