Categorias
Auto e Ferramentas

Como limpar banco de couro com produtos caseiros

Bancos e revestimento interno de couro são o sonho de consumo de muitos donos de automóveis, justamente por não acumular poeira nem resíduos que possam cair sobre ele. Isso faz com que a parte interna do carro esteja sempre cheirosa e livre de odores ruins causados pelo acúmulo de poeira e umidade que são muito comuns em carros com revestimentos que não são feitos em couro. Pois é! Além de cuidar da manutenção dos pneus antes de viajar, aprenda como limpar banco de couro.

O segredo é limpar e hidratar

O dono do carro deve ter em mente que a forma de como limpar banco de couro e demais revestimentos nesse material exige alguns cuidados para manter a perfeita qualidade do couro e a sua vida útil prolongada. Fazer a manutenção do banco de couro se resume na limpeza e hidratação, pois essa manutenção evita que o banco resseque e fique com aspecto craquelado que é quando o couro se desfaz em pedacinhos.

Dica de como limpar banco de couro

Você vai precisar de:

– 2 esponjas macias;
– 2 flanelas;
– 1 garrafa de detergente neutro;
– 1 balde.

Como fazer:

No balde, misture uma parte de detergente neutro para 3 de água. Faça bastante espuma e, com uma esponja limpa e macia, espalhe essa espuma, esfregando sobre o banco. Umedeça e torça bem uma das flanelas e use para remover o sabão usado para limpar os bancos. Enxágue a flanela com água limpa, torça para que ela fique apenas úmida. Repita esse procedimento até todo o detergente ser removido. Deixe esse banco secando e faça a mesma coisa nos outros assentos e demais revestimentos em couro do carro.

Hidratando o couro do carro

Nesse momento a melhor solução é adquirir um hidratante específico para couros que pode ser encontrado em supermercados ou lojas especializadas. Porque a hidratação é que mantém o aspecto do couro sempre novo e, nesse quesito, não existe solução caseira.

Depois de todas as peças em couro do carro estarem devidamente limpas e secas, use o hidratante para couros da seguinte maneira:

Pegue a outra esponja e use para passar o hidratante nos bancos e revestimentos de couro. Use o produto em grande quantidade, principalmente se o couro do seu carro nunca tiver visto um hidratante. Para garantir uma boa hidratação, aguarde alguns minutos, aplique uma segunda demão e espere secar.

Quando o hidratante já estiver seco, passe a flanela seca para fazer o polimento do couro. Ao sentar no banco, após limpar e hidratar, o couro vai fazer um barulho de “couro novo”, como se fosse um rangido, devido ao atrito da roupa no couro recém-hidratado. Esse barulho desaparece com o tempo e o cheirinho que fica dentro do carro é delicioso.

Você pode usar essas dicas de como limpar banco de couro também em móveis (de couro) da sua casa. Aproveite!

Categorias
Auto e Ferramentas

Como conseguir permissão internacional para dirigir?

Está planejando uma viagem para o exterior? Então com certeza deve estar pensando em como se locomover no local de destino. Alugar um carro é uma excelente opção, já que otimiza muito o seu tempo e permite que você flexibilize a sua programação com toda liberdade. Além disso, é a alternativa com melhor custo-benefício se você irá viajar na companhia de amigos e/ou familiares.

Não sabe o que precisa para dirigir no exterior? A gente ajuda você nessa tarefa. Descubra, a seguir, como conseguir permissão internacional para dirigir.

O que você precisa para dirigir no exterior?

Em alguns países, como Argentina, Uruguai, Paraguai e Peru, a própria carteira nacional brasileira é suficiente para que você possa dirigir. Em outros, você só terá autorização para dirigir se tiver a permissão internacional para dirigir (PID) em mãos.

Como emitir a PID

A PID é emitida pelo próprio Departamento Estadual de Trânsito (Detran). Contém informações em vários idiomas (português, alemão, árabe, chinês, espanhol, francês, inglês e russo) e é aceita por todos os países signatários da Convenção de Viena de 1968 ou que têm acordo de reciprocidade com o Brasil.

O documento tem a mesma validade impressa na Carteira Nacional de Habilitação (CNH), bem como a mesma categoria e as mesmas restrições médicas (se aplicáveis), sendo aceita no destino quando apresentada junto com a carteira de motorista.

Para obtê-la, basta ir até o Detran do seu estado ou a um Centro de Formação de Condutores (CFC). Geralmente, os documentos necessários para dar entrada ao processo são:

  • CNH ou outro documento oficial de identificação, original e cópia;
  • Comprovante de residência (original e cópia) ou declaração.

Ainda, é exigido o pagamento de uma taxa que pode variar entre 45 e 250 reais, dependendo do estado.

O documento fica pronto depois de 5 dias úteis.

Agora que você já sabe como emitir a PID, confira se ela é realmente necessária para dirigir em seu próximo destino, bem como limites de velocidade e demais regulamentações.

Boa viagem!

Categorias
Auto e Ferramentas

Como encerar moto na garagem de casa?

Para saber como encerar moto você precisa primeiro entender sobre lavagem de auto e ferramentas a serem usadas. A primeira diferença entre lavar um carro e uma moto é que o carro pode ser lavado com jato forte de água porque a carroceria o protege de danos, já a moto possui cabos e fios à mostra, e se você jogar um jato de água muito forte pode danificar essas peças e até provocar um curto-circuito.

Cuidados na hora da lavagem

Fora isso é importante ter cuidado com produtos químicos. Alguns componentes móveis da moto são protegidos por anéis de borracha, os o-rings. Em contato com esses produtos, as borrachas sofrem ressecamento e começam a rachar, permitindo a entrada de sujeira, o que é muito prejudicial. Uma prática comum e totalmente maléfica é o uso de querosene nos discos de freio.

Por ter óleo na composição, ele reduz o atrito dos freios, correndo o risco de danificá-los. Agora que você já sabe tudo que não deve fazer, confira algumas dicas para lavar e encerar a sua moto em casa.

Para começar a lavagem é importante usar luvas cirúrgicas para proteger as mãos dos produtos químicos. Se puder colocar óculos de proteção é melhor ainda, pois os produtos podem respingar nos olhos. Comece passando desengraxante nas partes que grudam mais sujeira como embaixo do motor, embaixo dos pára-lamas, no cárter, na balança traseira, nas bengalas, nas rodas traseiras, nos raios e no bloco do motor.

Depois jogue água sem pressão com a mangueira para enxaguar. Coloque água e sabão de coco em um balde, mergulhe uma esponja macia e lave toda a moto. Enxágue com cuidado. Antes de secar, balance a moto de um lado por outro para a água sair das conchas. Destape o escapamento e ligue o motor por 30 segundos para tirar a umidade. Seque toda a moto e depois ligue o motor por mais 2 minutos para secar completamente.

Dicas de Polimento

É importante polir e encerar a moto a cada 2 meses para evitar o desgaste das partes cromadas e pintadas. Nas cromadas use a cera com uma esponja macia e espalhe até que dê brilho. Nas partes plásticas é importante usar cera a base de silicone para não ressecar. No tanque use cera automotiva.

Cuidado com o polimento do tanque e o enceramento do banco, porque podem ficar escorregadios e causar acidentes com uma freada mais forte.

Agora que você já sabe como encerar moto e dicas importantes de lavagem, proteja sempre a sua!.

Categorias
Auto e Ferramentas

Como fazer uma cadeira de madeira

A reciclagem de materiais pode ser feita de várias maneiras, há diversas possibilidades. Uma delas e aprender como fazer uma cadeira de madeira. Você pode reutilizar algumas tábuas que sobraram de uma reforma e criar um novo móvel para sua casa! Veja a seguir algumas dicas.

Como fazer uma cadeira de madeira

Para montar uma cadeira, será necessário usar algumas tábuas. Antes de iniciar a montagem, decida o modelo que será feito. Faça uma gravura para auxiliar na seleção das tábuas e tamanho. Para facilitar o trabalho com a madeira, será necessário usar algumas ferramentas de corte. Depois, lixe bem a superfície, para um melhor acabamento.

A montagem das peças deve ser feita com parafusos e uma furadeira. Dessa forma, fica bem mais rápida a execução. Basta usar uma broca mais fina que o parafuso utilizado para prender as madeiras. Para deixar tudo bem firme, use uma parafusadeira.

As conexões podem ser feitas também com pinos, além dos parafusos ou peças girofix, para um encaixe melhor. A cola de madeira é de grande ajuda nessa hora, permitindo que você deixe as tábuas em seus lugares definitivos antes da perfuração.

O encosto e assento podem receber um revestimento com espuma, para ficarem mais confortáveis. Porém, não é obrigatório adicionar o revestimento e o forro, ele são opcionais. Se, depois de terminar o projeto, resolver instalar um assento, a dica é usar modelos removíveis. Elas já vêm prontas para serem usadas e possuem laços que são amarrados na lateral da cadeira. Na hora de lavar, é mais fácil remover os acessórios.

Como proteger o móvel

Para finalizar, passe verniz em toda a peça. Ele ajuda a conservar a madeira e dar um toque de brilho. Se optar por um revestimento menos rústico que o tom natural da madeira, pode passar antes tinta colorida, por exemplo, na tonalidade branca. Selecione a cor de acordo com o ambiente onde a peça ficará.

Viu como fazer uma cadeira de madeira? Em resumo, você deve escolher o tipo de peça, cortar as tábuas, proceder com a montagem usando uma furadeira e finalmente aplicar verniz ou tinta para o acabamento. Agora, mãos à obra!

Categorias
Auto e Ferramentas

Como polir carros em casa

O polimento no carro é algo que remove literalmente uma pequena camada de tinta do acabamento, expondo a camada de tinta mais fresca que está por baixo.

Fazer esse processo ajuda a restaurar o brilho original e melhora a aparência geral do carro. Se pequenos riscos e arranhões não forem prontamente sanados, podem provocar ferrugem, comprometer a beleza do veículo e diminuir o seu valor de mercado. Aprenda como polir carros, cuide do seu auto e ferramentas e evite aborrecimentos.

Polimento a máquina

Você pode usar uma Politriz de alta velocidade para alcançar os resultados esperados de uma maneira profissional, sendo que na sua própria casa. Politrizes de alta velocidade acabam completamente com as manchas superficiais e arranhões, resultando em uma cor brilhante e acabamento perfeito. Porém, o uso incorreto de uma Politriz de alta velocidade podem comprometer o acabamento, por isso, treine a sua habilidade em manusear essa máquina em uma outra superfície antes de usar no seu carro. Vídeos na internet podem ser de grande ajuda.

Uma Politriz orbital oferece ótimos resultados e brilho, sendo que exige menos esforço, pois é mais fácil de usar. A dica principal é não deixar nenhum grão de areia na lataria do carro nem na Politriz antes de começar o procedimento. Depois, espalhe a massa polidora e use a máquina para um resultado excelente.

Como polir carros

Se você não quer investir em uma máquina politriz agora, escolha o polimento manual. Esse tipo de polimento exige uma maior quantidade de massa polidora, o que requer mais tempo e dedicação. É necessário usar a massa de polimento para o caso de haver arranhões profundos no acabamento. Já o polidor é usado quando a pintura está em perfeito estado e precisa apenas aumentar o brilho.

Com o carro completamente limpo, molhe a região a ser polida, mergulhe a lixa d’água para polimento no balde com água e passe suavemente sempre na mesma direção até começar a diminuir ou apagar totalmente a mancha ou risco (se atingiu a lataria, o risco poderá ser apenas disfarçado), agora seque a região lixada com um pano velho ou estopa, passe um pouco de massa para polimento com os dedos sobre a região que foi lixada, pegue uma estopa limpa e esfregue com toda a força até a massa desaparecer da lataria.

Olhe de diversos ângulos para checar se o resultado do trabalho ficou satisfatório, caso contrário, aplique um pouco mais de massa e esfregue com a estopa outra vez até obter o resultado desejado. Essas dicas de como polir carros vão ajudar você a deixar o seu veículo cada vez mais bonito.

Categorias
Auto e Ferramentas

Como polir farol

Já reparou que tem vezes que os faróis e as lanternas dos automóveis começam a ficar riscados ou opacos? Além de deixar um aspecto feio em seu carro, pode fazer com que se ilumine menos o caminho em função da opacidade do vidro ou do acrílico. Para ajudar você a saber como polir farol com facilidade, veja algumas dicas abaixo:

Escolha o método

Existem algumas formas de fazer o polimento. Uma delas é utilizar os mesmos produtos para polir a própria lataria e produtos específicos para esse trabalho. Existem kits para polimentos de faróis que são práticos e possuem todos os materiais necessários para o processo.

Proteja a lataria

Tenha em mãos uma fita crepe para proteger a lataria de uma possível batida ou descuido no momento do polimento. Algumas pessoas preferem desmontar o farol para fazer a limpeza, mas, se você não souber exatamente como fazer isso, saiba que não é completamente necessário.

Limpe o básico antes de saber como polir farol

A limpeza básica deve ser feita com água e sabão neutro ou, se preferir, sabão para carros e outros produtos de sua preferência. Com essa limpeza simples, você já elimina a sujeira que possa riscar e arranhar ainda mais o seu farol quando for fazer o polimento da área.

Comece a polir

O polimento deve ser feito com calma e paciência principalmente para você conseguir ver, desde o início, como está o estado do farol que você está limpando. Use luvas e aplique a massa de polimento direto no lado mais prejudicado do farol. Dali você espalhará a massa e verá como polir o farol até que ele fique como você quer. Se quiser investir em um serviço diferenciado, recomendamos até mesmo uma politriz. Ela vai ajudar a dar um acabamento profissional.

Ainda parece muito ruim?

Se achar que o farol ainda está muito desgastado após passar o polidor pela primeira vez, você pode fazer o lixamento. Ele deve ser feito de forma leve com lixas d’água de 2.000 ou 2.500. Geralmente os kits de polimento vêm com essas lixas.

Realize o processo completo

Quando você começa a entender como polir farol, percebe que o processo não deve ser feito com pressa, pois a cada passada de massa serão necessários ao menos 25 minutos para que a massa seque. A dica aqui é dar, pelo menos, 2 passadas de massa de polimento para que o farol fique bem protegido de futuros arranhões.

Agora que você já viu como é fácil e interessante fazer o polimento do seu farol, é só aproveitar. Com o carro com a manutenção em dia, tudo fica mais simples.

Categorias
Auto e Ferramentas

Dicas de presentes para quem gosta de carros

Todo mundo conhece alguém que tem paixão por carros, por isso o presente para quem gosta de carros pode ser algo relacionado a isso. Presentes assim caem muito bem em qualquer ocasião. Casa e carro fazem parte dos sonhos de consumo da maioria das pessoas e uma vez realizados, a ideia é incrementar. Quem tem um auto recém-comprado, logo pensa em acessórios para valorizar ainda mais o veículo. Que tal ajudar nessa tarefa dando o presente certo?

Presente para quem gosta de carros

O básico é uma boa caixa de ferramentas com lanterna, triângulo, macaco e tudo o que é necessário para pequenas manutenções que o dono tem que fazer no veículo periodicamente, trocar pneus, por exemplo. Outra boa dica de presente é uma caixinha de primeiros socorros. É claro que ninguém deseja usá-la, mas é sempre bom ter uma dessas por perto.

Presente tecnológico

A central multimídia é top em tecnologia para carros pensando em acessórios. Tudo de multimídia fica compactado nessa central. Reproduz DVD, CD, MP3, tem entrada para SD card e iPod, possui bluetooth para se comunicar com aparelhos de celular e tablets, GPS, TV Digital e, também, entrada para câmera de ré. Uma boa dica de presente para quem curte conectividade, segurança e diversão em um só aparelho.

Presente com pegada esportiva

Se você não está com muita grana, que tal se juntar com mais 3 amigos e dar de presente um jogo de rodas esportivas daquelas de parar o trânsito para aquela pessoa que “vive para o carro”? As melhores podem custar um pouco mais caro, mas valem a pena, pois valorizam muito um veículo por mais simples que seja. E deixam quem ganha radiante de felicidade. Já imaginou?

Sensores para estacionamento

Os sensores de estacionamento funcionam como captadores de sinais. Quando engatamos a marcha ré do carro, os sensores de aproximação no para-choque calculam a distância entre o sensor e o obstáculo. A distância é exibida no painel do veículo e acompanhada de sinal sonoro. Quanto mais se aproxima do obstáculo, mais frequente é o sinal sonoro. Caso se aproxime de mais, o bip dispara. É “uma mão na roda” ao fazer aquela baliza apertada.

Você também pode presentar quem gosta de carros com um aparelho de som automotivo e alto-falantes, aparelho de DVD e GPS que podem ser adquiridos separadamente.

Agora que você tem dicas de presente para quem gosta de carros é só ir às compras.

Categorias
Auto e Ferramentas

Em casa: como usar a trena

A trena é um instrumento de medida que é muito útil para reformas e serviços caseiros. Sendo metalizada, de plástico ou feita de fibra de vidro, a fita é retrátil e se enrola na própria embalagem de maneira rápida. Sua ponta tem uma aba metalizada que serve para prender no início do local que você deseja medir, sem precisar que você fique com os braços esticados ou precisando da ajuda de alguém.

Existem trenas de bolso, que são menores e costumam variar de 3 a 10 metros, e trenas maiores, que chegam até os 100 metros. Ah! E tem também as trenas a laser, que são bem precisas, pois utilizam uma luz tipo um laser que mede a distância que você quiser, sem esforço. Basta você apontar para o local que deseja medir de uma ponta a outra. Demais, não é?

Medidas da trena

A primeira coisa que você deve saber é que algumas trenas possuem medidas diferentes, como os milímetros e centímetros, além das medidas britânicas polegadas e pés. Normalmente os números estão representados por cores diferentes: preta e vermelha.

A nossa medida é representada na parte inferior da fita, em centímetros, e suas subdivisões, os milímetros. Já a medida inglesa fica na parte superior. Notou os números mais espaçados? Esses são as polegadas, representadas por (in) ou duas plicas (“). O pé é o único que está simbolizado pela letra F em vermelho ou uma plica (‘).

Observe aquela regrinha: 100 milímetros equivale a 1 centímetro. Já 100 cm é igual a 1 metro. Se a sua trena possui polegadas e pés, a regra é outra: 1 polegada equivale a 2,54 cm e 12 polegadas equivale a 1 pé (30,48 cm). Portanto, observe esses valores ao medir superfície ou distância para não se enrolar.

Como usar a trena?

É bem simples. Basta colocar a haste em metal fixada sobre o ponto onde você quer medir e ir esticando a fita, até o fim da sua medição. Pegue um papel para anotar as medidas. E, se for preciso, meça novamente para ter certeza. Fácil, extremamente fácil.

Categorias
Auto e Ferramentas

Aprenda como colar madeira

Na hora de fazer um projeto de artesanato ou reformar móveis, é comum surgir uma dúvida: como colar madeira de forma eficaz? Acontece que o tipo de cola a ser usada depende do local onde a peça ficará exposta e a finalidade do processo. A seguir, vamos detalhar como deve ser feita a colagem, de 3 formas diferentes.

Madeira de artesanato

A cola branca pode ser usada em colagens simples, desde que a madeira seja colada internamente, não ficando exposta. Um exemplo seria ao montar uma moldura para quadros ou porta-retratos.

Basta aplicar o produto nas extremidades que devem ser juntadas. É preciso fazer pressão nos pedaços até que a cola esteja seca. Há ferramentas que ajudam nesse processo, como o grampo sargento, também conhecido como grampo tipo C. Ao parafusar o grampo, ele fará pressão nos pedaços de madeira, mantendo a peça firme para que a secagem ser concluída na posição correta. A cola branca demora cerca de 2 horas para secar na madeira.

Como colar madeira – parte interna de móveis

Um produto mais aderente que a cola amarela é a cola de marcenaria, conhecida como cola amarela. Ela é ideal para móveis ou peças com ponto de junção interno. Um exemplo seria a colagem de 2 placas de madeira.

Para esse tipo de processo, é preciso aplicar cola em cada placa usando um pincel. Depois, os pedaços devem ser alinhados e fixados com a ajuda do grampo sargento, que fará compressão. Serão necessárias pelo menos 4 ferramentas, que ficarão em cada um dos cantos das placas, até que toda a área fique bem comprimida.

Colagem em peças externas Caso o projeto entre em contato com água, será necessário utilizar cola de resorcinol, que proporciona maior adesão. Este tipo de produto é usado em equipamentos aquáticos, portas e janelas. A forma de efetuar a colagem em madeira segue o mesmo processo do passo anterior. A

diferença é que a cola é ativada com calor e o tempo de secagem maior, cerca de 10 horas. Agora que você já aprendeu como colar madeira, mãos à obra! Selecione um projeto e faça você mesmo.

Não é difícil realizar reparos ou criar novos objetos de madeira, o que importa é utilizar os materiais corretos.

Categorias
Auto e Ferramentas

Como fazer lembrancinhas para o Dia dos Pais com dicas de reciclagem

Lembrancinhas para o Dia dos Pais com reciclagem com certeza são presentes bastante diferentes e inovadores, que vão agradar muito ao seu pai. Os artesanatos com reciclagem estão cada vez mais comuns, pois a atitude de reciclar ajuda na saúde do planeta e das pessoas, uma vez que reduz a quantidade de lixo na sociedade.

Por isso, nada melhor do que unir o útil ao agradável: reciclar fazendo um lindo presente artesanal para o seu pai nessa data tão especial que é o Dia dos Pais. Basta usar a criatividade e alguns materiais que estão sobrando na sua casa. Confira algumas dicas a seguir.

1 – Pote de vidro com biscoitos

Pegue um pote de vidro que não vai mais usar e personalize recortando papel em forma de gravata para colocar em volta. Pinte com lápis de cor ou com tinta para que a gravata fique bem colorida e encha o pote com os biscoitos preferidos dele.

2 – Caixa de ferramentas diferente

Que tal transformar aqueles caixotes de madeira de feira em uma caixa para ele organizar ferramentas? Basta decorar de uma forma bastante criativa, com pintura, adesivos e fotos divertidas.

3 – Sacola personalizada

Pegue uma sacola de papel que tenha sido usada para colocar alguma peça de roupa que tenha comprado. Pinte ou faça colagens para tirar a logomarca. Em seguida, desenhe uma gravata borboleta, pinte, recorte e cole na parte de cima da sacola, perto da alça. Logo abaixo, cole alguns botões que não esteja usando. A sacola vai parecer uma camisa com gravata e botões, e pode servir para você colocar qualquer presente que queira dar ao seu pai.

4 – Almofadas divertidas

Antes de jogar fora aquelas almofadas manchadas que você tem na sua casa, pense em usá-las para fazer lembrancinhas para o Dia dos Pais com reciclagem. Encape uma delas com uma camisa velha do seu pai. Depois recorte um coração de tecido e cole no bolso da camisa. Uma outra almofada pode ser feita com uma camisa de outra estampa para a decoração ficar moderna e diferente. Em cima dela você cola um recorte de tecido em formato de óculos.

5 – Porta-caneta com lata de cerveja

Pegue uma latinha de cerveja, corte e retire com cuidado a parte de cima e personalize como quiser. Aproveite para comprar algumas canetas de que ele goste e dê o presente completo. Gostou das dicas de lembrancinhas para o Dia dos Pais com reciclagem?

Então aproveite toda a sua criatividade e faça um presente bem especial.