Categorias
Auto e Ferramentas

Como fazer uma prateleira de madeira?

Prateleiras são muito úteis para organização dos espaços em casa. Existem milhares de formas, tamanhos e materiais. E também tem a opção de criar prateleiras únicas, reutilizando produtos que você tenha em casa e possa conseguir gratuitamente ou, ainda, a um preço que valha a pena. Aprenda agora como fazer uma prateleira de madeira. Para isso, é interessante ter em mãos uma lixadeira, verniz, tinta e outras ferramentas, como: martelo e pincéis. Mãos à obra!

Gavetas e caixas

Sabe aquele armário velho de madeira que você está pensando em se desfazer? Aproveite as gavetas. Elas podem ser úteis para a criação de um conjunto de prateleiras ou nichos. Como a gaveta já é um objeto em uso, você não vai precisar de uma lixadeira para dar um acabamento na madeira. Porém, se quiser caprichar, você pode envernizar ou pintar a peça. Em seguida, basta pendurar no local que deseja e empilhar livros, objetos de decoração ou qualquer outra coisa. O mesmo pode ser feito com caixas de madeira em desuso.

Portas de armários e guarda-roupas

Também podem ser aproveitadas portas de armários e guarda-roupas de madeira. Para tirar a aparência de porta, você deve tirar os puxadores e dar um novo acabamento à peça. Você pode revestir com tecido, fazer uma pintura simples, cobrir com adesivo ou, se tiver mais habilidade, fazer uma textura diferenciada, tipo pátina.

Estante de escada

Essa opção é bem bacana e diferente. Usando uma escada dupla aberta, você pode instalar prateleiras de madeira em cada degrau, formando uma estante. O resultado é uma peça rústica e espaçosa com diferentes finalidades. Serve para guardar roupas, livros, porta-retratos e outros objetos de decoração.

Como fazer uma prateleira de madeira: alternativa radical

Se quiser algo mais ousado, uma boa dica é usar um shape de skate como prateleira. Essa opção também é super fácil de adaptar. Basta passar uma corda pelos quatro furos do skate, usados originalmente para segurar as rodas, e pendurar a peça na parede ou teto.  

Categorias
Auto e Ferramentas

Como fazer um balanço para as crianças brincarem ao ar livre

Quer saber como fazer um balanço para os seus filhos se divertirem muito? A ideia é realmente ótima, principalmente considerando que as crianças poderão gastar energias e se divertir bastante, melhor ainda se você tiver um espaço ao ar livre. Para você mesmo fazer um balanço, é muito fácil. Basta usar algumas ferramentas e materiais e seguir o passo a passo abaixo:

1 – Materiais

Uma placa de madeira retangular, de 60 centímetros de largura por 40 de profundidade, com 2 furos em cada ponta de cerca de 4 ou 5 centímetros de diâmetro, ou de tamanho suficiente para passar a corda.

Você mesmo pode furar com a furadeira ou pedir para um marceneiro fazer os furos. Outra opção é comprar um banco de madeira já perfurado em uma loja especializada. Você precisará também de uma corrente de ferro ou uma corda grande ou até de 2 cordas médias bastante resistentes.

2 – Como fazer?

Encontre um galho de árvore bem resistente no jardim e que suporte o peso da criança. Isso é essencial para evitar qualquer acidente. Meça a distância entre o galho e o chão para saber o tamanho da corrente ou da corda. Calcule cerca de 50 centímetros de distância entre o chão e o fim da corda. Você pode aumentar ou diminuir a altura, dependendo do tamanho da criança. Passe a corrente ou a corda pelo galho da árvore e deixe 2 pontas livres. Caso tenha 2 cordas, amarre a ponta de cada uma no galho com uma sequência de 2 ou 3 nós fortes e apertados e um espaçamento de 60 centímetros entre elas.

Teste os nós puxando as cordas para ter a certeza de que não irão arrebentar. As pontas que sobraram devem transpassar os furos da madeira. Cada ponta deve passar por 2 furos e, em seguida, é preciso dar 1 ou 2 nós bem fortes para cima da placa de madeira. Não se esqueça de lixar a madeira para tirar imperfeições e farpas.

Gostou do passo a passo de como fazer um balanço? Então aproveite para criar um especial para as crianças se divertirem.

Categorias
Auto e Ferramentas

Como fazer um busto para decorar a sua sala

Mostraremos uma forma de como fazer um busto para decorar a sua sala, usando a tradicional e super fácil técnica do papel machê. Assim, você recicla jornal e ainda faz uma obra de arte para deixar na sala de TV ou estar.

Materiais 

Para a tarefa tem alguns materiais e ferramentas que você vai precisar. 1 bola de isopor nº 6; Papelão; Supercola; Cola branca pura; Cola branca diluída; Jornal cortado em tiras (para fazer a papietagem); Fita crepe; Jornal; Massa de papel machê; Espátula; Caneta marcadora; Tintas de artesanato (para pintar o busto).

Como fazer um busto?

Desenhe e corte em um pedaço de papelão uma base oval com 7 cm de comprimento e a base do corpo com a mesma largura. Desenhe o busto livremente, não necessita moldes, desde que você faça o pescoço bem comprido e o busto sem os braços e com os ombros caídos (fica parecido com um funil pescoçudo).

Cole o corpo no centro da base oval de modo que ele seja uma parede dividindo essa base ao meio. Use supercola (de secagem rápida) ou aguarde a cola que você usou secar antes de prosseguir.  

Embrulhe o corpo do busto com jornal amassado e envolva com fita crepe sempre respeitando o formato da peça. Esse processo deve ser feito em 2 etapas: primeiro o corpo da peça com jornal amassado e depois o pescoço, que deve ser envolvido com uma tira de jornal (para não ficar muito gordo e perder o formato) e em seguida com a fita crepe.

Terminado esse processo, você deve ter o corpo do busto com o mesmo formato, porém mais gordinho e todo recoberto de fita crepe (tipo o corpo de uma múmia de papel).

Agora, faça um buraco na bola de isopor nº 6 e com um pouco de cola encaixe a bola no pescoço, enfiando metade dele para dentro. Faça a papietagem, que consiste em colar (usando cola branca) tiras de jornal em torno de toda a estrutura do busto. Essa etapa é fundamental para ajudar a fixar a massa de papel machê no busto.  

Cubra a peça com a massa de papel machê, deixando de fora a parte da cabeça onde será o cabelo, caso queira fazer com cabeça. Para alisar a massa, lembre-se sempre de molhar a espátula em cola diluída, pois é ela que vai deixar a massa bem lisinha.

Quando a massa estiver um pouco seca, use a caneta marcadora para delimitar onde será a área do cabelo. Depois disso, aplique a massa no restante da cabeça, deixando um alto relevo, para que fique mais alto do que o resto da estrutura e represente o volume do cabelo. Se for fazer a cabeça, lembre-se de aplicar a massa de papel machê dando o formato que você quer para o cabelo do seu busto (curto, comprido ou ainda com um penteado como coque ou rabo de cavalo).

Depois que a massa de papel machê estiver bem seca (antes de pintar), lixe a peça e aplique uma base com tinta branca para artesanato. Depois que a tinta secar, risque com um lápis os olhos, sobrancelhas, nariz e boca.

Escolha as cores que você mais gosta e pinte os cabelos, pele, olhos, roupa, enfim, toda a peça. Aguarde a secagem. Finalize com verniz spray (de acordo com as instruções do rótulo) e enriqueça sua peça colocando acessórios criativos como rendas, miçangas, tecidos e o que mais você tiver à mão.

Massa de papel machê

Materiais: Restos de papel sulfite usados, tipo rascunho; Cola branca de porcelana fria (a mesma que se usa para fazer biscuit); Recipiente para misturar a massa; Balde; Liquidificador; Pano tipo fralda ou pano de prato; Água sanitária.

Como fazer:

Corte, pique o papel em pedaços pequenos e deposite em um balde, enchendo com papel até a metade.

Coloque água até cobrir o papel, acrescente água sanitária (1 colher de sopa). Deixe o papel de molho por pelo menos 12 horas. Após isso, bata tudo no liquidificador com bastante água durante 40 segundos por vez.

Coe a mistura de papel com um pano limpo (fralda ou pano de prato).

Esprema todo o excesso da água (torcendo o pano), até que o papel fique apenas úmido. Coloque o papel úmido em uma bacia, esfarelando bem. Quanto mais esfarelado ficar o papel, mais homogênea ficará a massa (tipo carne moída).

Nesse momento acrescente a cola de porcelana fria aos poucos. Misture bem a massa e vá sovando (a quantidade de cola é quanto baste para chegar no ponto). Enrole a massa, que deve ter consistência para ficar uma bola firme, e utilize na manufatura do seu busto.

Esse passo a passo de como fazer um busto é bem fácil e prática para você criar o seu. E aí, gostou?

Categorias
Auto e Ferramentas

Dirigindo à noite: dicas para chegar com segurança ao seu destino

Antes de sair dirigindo à noite, é muito importante que você se atente para alguns cuidados para evitar qualquer tipo de acidente. Mesmo com a iluminação das ruas, dos comércios, das casas e dos faróis dos carros, às vezes fica difícil ver os buracos no chão ou até uma pessoa ou um cão atravessando a rua. 

Na estrada fica ainda mais complicado, pois você só conta com os faróis e com a iluminação da rua. Se ela acabar, você precisa conseguir se virar apenas com a iluminação do seu carro. Além disso, dependendo da localização da estrada, é muito comum atravessarem animais mais selvagens na frente do veículo e, dependendo do tamanho do bicho, o acidente pode ser bastante grave.

Pensando nisso, separamos algumas dicas bem legais para você dirigir à noite com muito mais segurança.

1 – Ligue os faróis um pouco antes de começar a escurecer

Apesar de não ser preciso, nós sabemos que o céu escurece de repente, e se precaver com os faróis acesos evitará que outros motoristas não vejam você e batam no seu carro. 

2 – Reduza a velocidade

Para que você tenha tempo de frear antes de passar em um buraco ou antes de atropelar um cão, é muito importante que reduza a velocidade e ande mais devagar quando estiver dirigindo à noite.

3 – Fique de olho em situações estranhas com outros motoristas

Infelizmente, algumas pessoas insistem em dirigir depois de beber demais ou quando estão muito cansadas, em especial à noite. Não podemos controlar as atitudes dos outros, mas podemos nos precaver. Caso perceba que algum veículo está muito devagar, muito rápido ou indo para os lados sem controle, saia de perto para evitar um acidente.

4 – Use o GPS

Se for para um local que não conhece muito bem, ligue o GPS para que possa chegar com maior segurança. Quando não conhecemos muito bem o caminho, temos a tendência a diminuir muito a velocidade para ver se determinada rua é a que devemos entrar e até para pensarmos no caminho que temos que fazer. Isso é muito perigoso, em especial à noite, pois, além de as pessoas terem menor visibilidade, elas podem estar cansadas e os reflexos mais lentos podem dificultar a visualização do seu carro.

5 – Faça uma pausa caso esteja na estrada

Dirigir na estrada à noite é mais difícil porque o percurso não tem faróis, comércios e movimentos de pessoas, que são as variáveis que nos ajudam a ficarmos mais atentos. Além disso, o próprio barulho do motor do carro nos deixa mais sonolentos.

Para evitar que esse cansaço atrapalhe os seus reflexos, pare em algum local, estique as pernas e tome um café. Essas paradas são essenciais para você recompor as energias. 

Quando estiver dirigindo à noite, tenha alguns cuidados para evitar qualquer tipo de acidente e aproveite essas dicas para chegar em qualquer lugar com muito mais segurança.

Categorias
Auto e Ferramentas

Aprenda a escolher o melhor veneno para mato

Terrenos com mato alto podem abrigar animais peçonhentos, servir de lixeira para aqueles que não descartam seu lixo de forma correta, além de ficarem com uma aparência de abandono e, por isso, atrair pessoas em busca de um lugar para ficar sem ter que pagar por isso. Escolher o melhor veneno para mato passa por alternativas como o uso de ferramentas para capinação, máquinas cortadoras de grama e até a contratação de pessoas especializadas na função. Vejas as nossas dicas para ajudar você.

Enxada e foice

Se você deseja fazer a remoção do mato manualmente, com um profissional ou sendo você mesmo a capinar, saiba que o uso de foice e enxada são uma opção das mais antigas quando o assunto é acabar com o mato. Essa é a forma mais tradicional de limpar terrenos e é derivada dos métodos usados na agricultura para controlar pragas. A enxada exige um certo esforço físico e serve para arrancar o mato pela raiz, ao passo que a foice corta galhos mais grossos e pequenos troncos.

Melhor veneno para mato: herbicida

O herbicida é um produto químico usado para matar ervas daninhas, também recebe o nome popular de “mata mato” e costuma resolver o problema. Porém, após ir a uma loja especializada e adquirir o herbicida, tome algumas precauções, como ler e seguir atentamente as instruções de uso; usar máscara e luvas na hora de aplicar; fazer a pulverização em um dia de sol para que o veneno não perca o efeito, caso chova. Se chover até 3 horas após a aplicação do herbicida, será necessário repetir.

Roçadeira

A roçadeira exige certa habilidade para ser usada e o uso de equipamentos de segurança, como capacete, luvas e roupas, é muito importante para evitar que por pedras ou outros objetos atinjam você, pois podem “saltar” do mato durante o processo de remoção do mato. Esse é um equipamento indicado para limpeza de terrenos em que haja somente mato e que ele não esteja muito alto. Para matos mais crescidos, o mais indicado é usar a roçadeira lateral.

Aparador ou cortador de grama?

Ambos são eficientes desde que o mato não esteja muito grande. O aparador de grama é de fácil manuseio e geralmente utiliza o fio de nylon para o corte e o desgaste do fio é proporcional à resistência encontrada no mato. Já o cortador de grama possui uma lâmina de aço mais resistente e com maior poder de corte.

Um bom herbicida é o melhor venedo para mato. E, claro, manter uma rotina de limpeza também!

Categorias
Auto e Ferramentas

Aprenda como deixar a casa mais segura

A maioria dos especialistas em segurança diz que, quanto maior a dificuldade de entrar, menos atraente fica a casa para os ladrões, por isso, garantir a nossa segurança pessoal contra assaltos, roubos e sequestros requer medidas simples, e saber como deixar a casa mais segura pode ajudar você a evitar o estresse de um roubo ou assalto à mão armada.

Casa nova, fechadura nova

A primeira providência a tomar assim que você mudar para um casa nova é trocar as fechaduras e cadeados de todas as portas e portões externos. Assim, você garante que proprietários anteriores ou pessoas indesejadas não tenham acesso ao interior da sua casa. Parece óbvio, mas muita gente esquece dessa medida simples e essencial.

Como deixar a casa mais segura?

Se a sua casa não tem dispositivos de segurança, como câmeras, cercas elétricas e alarme é aconselhável providenciar o mais rápido possível. É importante ainda que o circuito de câmeras grave a movimentação nas proximidades da sua casa, pois, ao perceber a presença constante de estranhos nos arredores você pode tomar medidas preventivas e evitar aborrecimentos.

Onde guardar a chave reserva?

Procure guardar a chave reserva em um local onde só os donos da casa conhecem. Tenha ainda o cuidado de não revelar esse local para terceiros e de mudar constantemente a fim de evitar que descubram. Porém, se você tem um cão, guardar a chave reserva devidamente escondida sob a coleira dele pode ser uma medida bastante eficaz.

Durante as viagens

Quando for viajar e deixar a sua casa vazia, peça a um vizinho (de extrema confiança) ou parente, que dê uma olhada na casa todos os dias e pegue jornais, folhetos e correspondências, para não deixar transparecer que a casa está vazia também. Se você optar por uma central de segurança, saiba que algumas empresas de segurança dão cobertura nos casos de disparar o alarme da sua casa e vão até o local verificar o que houve.

Cuidado com a sua rotina

Tenha o cuidado de sempre mudar a sua rotina, alterando os horários e trajetos. Nunca deixe que pessoas estranhas tenham a certeza de que horas a sua casa está vazia ou a que hora você volta, pois, você pode ser surpreendido por um assaltante ao chegar na porta de casa. Sabemos que tudo para ser bem sucedido tem que ser planejado, logo, não deixe que bandidos façam planos usando os seus hábitos como referência.

Cão de guarda

Desde que seja bem treinado para não atacar crianças quando for aberto o portão da sua casa, um cão de guarda pode representar uma barreira que os ladrões não estarão dispostos a enfrentar, sobretudo, naquele momento em que você está saindo ou chegando de carro e o portão da sua casa fica por alguns segundo aberto. Nesta hora, a presença de um ou mais cachorros de porte e aparência intimidadora, pode fazer mais segurança para o seu ambiente.

A dica final de como deixar a casa mais segura é: evite que o interior da sua casa e tudo o que tem nela, fiquem à vista de todos, afinal, o que os olhos não veem o coração não sente.

Categorias
Auto e Ferramentas

Como limpar banco de couro com produtos caseiros

Bancos e revestimento interno de couro são o sonho de consumo de muitos donos de automóveis, justamente por não acumular poeira nem resíduos que possam cair sobre ele. Isso faz com que a parte interna do carro esteja sempre cheirosa e livre de odores ruins causados pelo acúmulo de poeira e umidade que são muito comuns em carros com revestimentos que não são feitos em couro. Pois é! Além de cuidar da manutenção dos pneus antes de viajar, aprenda como limpar banco de couro.

O segredo é limpar e hidratar

O dono do carro deve ter em mente que a forma de como limpar banco de couro e demais revestimentos nesse material exige alguns cuidados para manter a perfeita qualidade do couro e a sua vida útil prolongada. Fazer a manutenção do banco de couro se resume na limpeza e hidratação, pois essa manutenção evita que o banco resseque e fique com aspecto craquelado que é quando o couro se desfaz em pedacinhos.

Dica de como limpar banco de couro

Você vai precisar de:

– 2 esponjas macias;
– 2 flanelas;
– 1 garrafa de detergente neutro;
– 1 balde.

Como fazer:

No balde, misture uma parte de detergente neutro para 3 de água. Faça bastante espuma e, com uma esponja limpa e macia, espalhe essa espuma, esfregando sobre o banco. Umedeça e torça bem uma das flanelas e use para remover o sabão usado para limpar os bancos. Enxágue a flanela com água limpa, torça para que ela fique apenas úmida. Repita esse procedimento até todo o detergente ser removido. Deixe esse banco secando e faça a mesma coisa nos outros assentos e demais revestimentos em couro do carro.

Hidratando o couro do carro

Nesse momento a melhor solução é adquirir um hidratante específico para couros que pode ser encontrado em supermercados ou lojas especializadas. Porque a hidratação é que mantém o aspecto do couro sempre novo e, nesse quesito, não existe solução caseira.

Depois de todas as peças em couro do carro estarem devidamente limpas e secas, use o hidratante para couros da seguinte maneira:

Pegue a outra esponja e use para passar o hidratante nos bancos e revestimentos de couro. Use o produto em grande quantidade, principalmente se o couro do seu carro nunca tiver visto um hidratante. Para garantir uma boa hidratação, aguarde alguns minutos, aplique uma segunda demão e espere secar.

Quando o hidratante já estiver seco, passe a flanela seca para fazer o polimento do couro. Ao sentar no banco, após limpar e hidratar, o couro vai fazer um barulho de “couro novo”, como se fosse um rangido, devido ao atrito da roupa no couro recém-hidratado. Esse barulho desaparece com o tempo e o cheirinho que fica dentro do carro é delicioso.

Você pode usar essas dicas de como limpar banco de couro também em móveis (de couro) da sua casa. Aproveite!

Categorias
Auto e Ferramentas

Como fazer uma cadeira de madeira

A reciclagem de materiais pode ser feita de várias maneiras, há diversas possibilidades. Uma delas e aprender como fazer uma cadeira de madeira. Você pode reutilizar algumas tábuas que sobraram de uma reforma e criar um novo móvel para sua casa! Veja a seguir algumas dicas.

Como fazer uma cadeira de madeira

Para montar uma cadeira, será necessário usar algumas tábuas. Antes de iniciar a montagem, decida o modelo que será feito. Faça uma gravura para auxiliar na seleção das tábuas e tamanho. Para facilitar o trabalho com a madeira, será necessário usar algumas ferramentas de corte. Depois, lixe bem a superfície, para um melhor acabamento.

A montagem das peças deve ser feita com parafusos e uma furadeira. Dessa forma, fica bem mais rápida a execução. Basta usar uma broca mais fina que o parafuso utilizado para prender as madeiras. Para deixar tudo bem firme, use uma parafusadeira.

As conexões podem ser feitas também com pinos, além dos parafusos ou peças girofix, para um encaixe melhor. A cola de madeira é de grande ajuda nessa hora, permitindo que você deixe as tábuas em seus lugares definitivos antes da perfuração.

O encosto e assento podem receber um revestimento com espuma, para ficarem mais confortáveis. Porém, não é obrigatório adicionar o revestimento e o forro, ele são opcionais. Se, depois de terminar o projeto, resolver instalar um assento, a dica é usar modelos removíveis. Elas já vêm prontas para serem usadas e possuem laços que são amarrados na lateral da cadeira. Na hora de lavar, é mais fácil remover os acessórios.

Como proteger o móvel

Para finalizar, passe verniz em toda a peça. Ele ajuda a conservar a madeira e dar um toque de brilho. Se optar por um revestimento menos rústico que o tom natural da madeira, pode passar antes tinta colorida, por exemplo, na tonalidade branca. Selecione a cor de acordo com o ambiente onde a peça ficará.

Viu como fazer uma cadeira de madeira? Em resumo, você deve escolher o tipo de peça, cortar as tábuas, proceder com a montagem usando uma furadeira e finalmente aplicar verniz ou tinta para o acabamento. Agora, mãos à obra!

Categorias
Auto e Ferramentas

Como polir carros em casa

O polimento no carro é algo que remove literalmente uma pequena camada de tinta do acabamento, expondo a camada de tinta mais fresca que está por baixo.

Fazer esse processo ajuda a restaurar o brilho original e melhora a aparência geral do carro. Se pequenos riscos e arranhões não forem prontamente sanados, podem provocar ferrugem, comprometer a beleza do veículo e diminuir o seu valor de mercado. Aprenda como polir carros, cuide do seu auto e ferramentas e evite aborrecimentos.

Polimento a máquina

Você pode usar uma Politriz de alta velocidade para alcançar os resultados esperados de uma maneira profissional, sendo que na sua própria casa. Politrizes de alta velocidade acabam completamente com as manchas superficiais e arranhões, resultando em uma cor brilhante e acabamento perfeito. Porém, o uso incorreto de uma Politriz de alta velocidade podem comprometer o acabamento, por isso, treine a sua habilidade em manusear essa máquina em uma outra superfície antes de usar no seu carro. Vídeos na internet podem ser de grande ajuda.

Uma Politriz orbital oferece ótimos resultados e brilho, sendo que exige menos esforço, pois é mais fácil de usar. A dica principal é não deixar nenhum grão de areia na lataria do carro nem na Politriz antes de começar o procedimento. Depois, espalhe a massa polidora e use a máquina para um resultado excelente.

Como polir carros

Se você não quer investir em uma máquina politriz agora, escolha o polimento manual. Esse tipo de polimento exige uma maior quantidade de massa polidora, o que requer mais tempo e dedicação. É necessário usar a massa de polimento para o caso de haver arranhões profundos no acabamento. Já o polidor é usado quando a pintura está em perfeito estado e precisa apenas aumentar o brilho.

Com o carro completamente limpo, molhe a região a ser polida, mergulhe a lixa d’água para polimento no balde com água e passe suavemente sempre na mesma direção até começar a diminuir ou apagar totalmente a mancha ou risco (se atingiu a lataria, o risco poderá ser apenas disfarçado), agora seque a região lixada com um pano velho ou estopa, passe um pouco de massa para polimento com os dedos sobre a região que foi lixada, pegue uma estopa limpa e esfregue com toda a força até a massa desaparecer da lataria.

Olhe de diversos ângulos para checar se o resultado do trabalho ficou satisfatório, caso contrário, aplique um pouco mais de massa e esfregue com a estopa outra vez até obter o resultado desejado. Essas dicas de como polir carros vão ajudar você a deixar o seu veículo cada vez mais bonito.

Categorias
Auto e Ferramentas

Como polir farol

Já reparou que tem vezes que os faróis e as lanternas dos automóveis começam a ficar riscados ou opacos? Além de deixar um aspecto feio em seu carro, pode fazer com que se ilumine menos o caminho em função da opacidade do vidro ou do acrílico. Para ajudar você a saber como polir farol com facilidade, veja algumas dicas abaixo:

Escolha o método

Existem algumas formas de fazer o polimento. Uma delas é utilizar os mesmos produtos para polir a própria lataria e produtos específicos para esse trabalho. Existem kits para polimentos de faróis que são práticos e possuem todos os materiais necessários para o processo.

Proteja a lataria

Tenha em mãos uma fita crepe para proteger a lataria de uma possível batida ou descuido no momento do polimento. Algumas pessoas preferem desmontar o farol para fazer a limpeza, mas, se você não souber exatamente como fazer isso, saiba que não é completamente necessário.

Limpe o básico antes de saber como polir farol

A limpeza básica deve ser feita com água e sabão neutro ou, se preferir, sabão para carros e outros produtos de sua preferência. Com essa limpeza simples, você já elimina a sujeira que possa riscar e arranhar ainda mais o seu farol quando for fazer o polimento da área.

Comece a polir

O polimento deve ser feito com calma e paciência principalmente para você conseguir ver, desde o início, como está o estado do farol que você está limpando. Use luvas e aplique a massa de polimento direto no lado mais prejudicado do farol. Dali você espalhará a massa e verá como polir o farol até que ele fique como você quer. Se quiser investir em um serviço diferenciado, recomendamos até mesmo uma politriz. Ela vai ajudar a dar um acabamento profissional.

Ainda parece muito ruim?

Se achar que o farol ainda está muito desgastado após passar o polidor pela primeira vez, você pode fazer o lixamento. Ele deve ser feito de forma leve com lixas d’água de 2.000 ou 2.500. Geralmente os kits de polimento vêm com essas lixas.

Realize o processo completo

Quando você começa a entender como polir farol, percebe que o processo não deve ser feito com pressa, pois a cada passada de massa serão necessários ao menos 25 minutos para que a massa seque. A dica aqui é dar, pelo menos, 2 passadas de massa de polimento para que o farol fique bem protegido de futuros arranhões.

Agora que você já viu como é fácil e interessante fazer o polimento do seu farol, é só aproveitar. Com o carro com a manutenção em dia, tudo fica mais simples.