Categorias
Auto e Ferramentas

Usando pretinho para o pneu ficar com cara de novo

Tem motorista que adora cuidar do carro toda semana, deixando bem limpinho tanto por dentro quanto por fora – e sem esquecer dos pneus bem pretinhos e brilhantes! A aparência de carro novo é tudo de bom! Mas você sabe o segredo de um pneu bem limpo e tinindo de novo? É o tradicional “pretinho para pneu”, ou “pneu pretinho”, como preferir.

O pretinho para pneu é seguro?

Sim! A maioria das marcas utilizam uma fórmula com base de glicerina, o que deixa o pneu mais brilhante, sem deteriorar a borracha ao longo do tempo. Além disso, ele forma um bloqueio antissujeira evitando que poeira e terra se juntem na superfície, conservando-o limpo por mais tempo.

Como aplicar?

A aplicação é bem simples. Há aqueles que podem ser aplicados com uma esponja ou pano seco, enquanto outros são em formato de spray que facilitam bastante na aplicação. O importante é deixar o pneu limpo e seco antes de aplicar, sendo lavado com sabão, água e esponja.

Faça você mesmo seu pretinho para pneu

Quer deixar seu pneu muito mais limpinho e brilhando sem precisar gastar muito? Faça seu pretinho para pneu caseiro! A ideia é muito simples e você pode utilizar sempre. Basta apenas 1 litro de xarope de groselha, 500 ml de álcool comum e 1 colher de sopa de vinagre. Coloque todos os ingredientes em uma garrafa pet, misture e guarde para quando precisar.

Aplique com um pincel quando seu pneu estiver seco e limpo, pois isso fará com que o produto dure mais e capriche nas marcações, passando o pincel lentamente para que não forme bolhas. Ah, e lembre-se de passar somente nas laterais. Ele adere na borracha em 1 semana e essa receita dura até 1 ano. Viu como é fácil?

Categorias
Auto e Ferramentas

De quanto em quanto tempo devo fazer a calibragem dos pneus?

Deixar os pneus bem calibrados é importante para garantir a segurança de todos, além de ajudar a reduzir o consumo de combustível do veículo e aumentar a vida útil dos pneus, diminuindo também os gastos de manutenção do carro. Mas você sabe de quanto em quanto tempo a calibragem de pneus deve ser feita? Essa é uma dúvida bem comum que vamos esclarecer aqui.

Quando fazer a calibragem de pneus?

O ideal é fazer a calibragem a cada 15 dias e com os pneus frios, ou seja, tendo rodado menos de 3 km com o carro. Ao calibrar com os pneus frios, você garante partículas de ar mais estáveis dentro dos pneus e uma calibragem mais eficaz e duradoura do seu carro.

Se perceber que seus pneus estão precisando ser calibrados antes desses 15 dias, vale a pena fazer uma revisão e verificar outros itens de manutenção que podem estar prejudicando seu veículo.

Como fazer a calibragem?

Tão importante quanto a frequência da calibragem é a pressão correta dos pneus. Siga as recomendações do fabricante do seu automóvel, que costumam estar especificadas na porta do veículo ou no manual do proprietário. Atenção também à sua necessidade: saiba que a pressão adequada ao uso do veículo em estradas é diferente da pressão ideal para o dia a dia. O mesmo vale para carros leves ou pesados, com carga ou muitos passageiros. Para conferir essas informações consulte o manual do proprietário. Dica: caso tenha comprado o carro usado, lembre-se que as montadoras costumam manter versões em PDF em seus sites.

Para calibrar os pneus, não se esqueça de esperar os pneus esfriarem. Vá até um posto de gasolina e digite na bomba o calibre desejado. Retire a tampinha da válvula do pneu e encaixe a mangueira da bomba. Aguarde a bomba calibrar o pneu e a emissão do aviso sonoro ao fim do processo. Tampe novamente a válvula de ar do pneu e guarde a mangueira da bomba no lugar correto. Muitos postos contam com frentistas para fazer esse serviço para você, mas é essencial saber fazer sozinho também.

É importante manter o balanceamento e alinhamento do veículo a cada 5 mil quilômetros e fazer o rodízio de pneus a cada 10 mil quilômetros, garantindo assim a estabilidade da calibragem de pneus.

Categorias
Beleza e Saúde

Mude o look e descubra o que vestir no outono

“São as águas de março fechando o verão” e você certamente se perguntando o que vestir na nova estação. Acostumados com as roupas leves e práticas da estação mais quente do ano, é muito comum ficarmos um pouco confusos com o look do outono, que já o seu friozinho característico exige um pouco mais de “pano” (e também de capricho!). Para  ajudar na empreitada, fomos atrás das tendências da nova estação. E prepare-se: é muita beleza e sofisticação! Veja, a seguir, o que vestir no outono.

Tendências para o outono

Neste outono, a liberdade dará o tom na moda. A mulher poderá misturar estilos na hora de se vestir e compor diferentes looks. Por exemplo, modelos adequados para ambientes mais formais poderão ser utilizados em circunstâncias mais casuais, mudando-se apenas uma peça, como o calçado ou a jaqueta (um blazer por uma puffer jacket, por exemplo). É uma ótima forma de variar o estilo durante as estações mais frias. Ainda, os estilos militar e fitness estarão muito em voga. O fitness elegante permite vestir peças básicas para compor o seu look. Porém, os tons neutros são os mais indicados. Por exemplo, uma combinação que será muito comum é a de jaqueta com calça de moletom e tênis. A tradicional junção de blusões com camisetas básicas e uma calça esportiva também são boas sugestões.

O que vestir no outono

Quer saber o que não pode faltar no seu armário neste outono? Confira, a seguir, a lista de algumas peças que você tem que ter!

Puffer jacket

As puffer jackets são um item essencial neste outono. São extremamente confortáveis e realmente ajudam a esquentar o corpo quando as temperaturas caem, por serem acolchoadas e de nylon. Ainda, muitas contam com materiais que garantem isolamento térmico. São muito versáteis e podem ser utilizadas em diversas situações do dia a dia. Para ir ao trabalho, a puffer jacket fica muito bem por cima de uma roupa social e com botas de cano longo. Se você busca um look mais casual para um passeio durante o final de semana, uma calça legging e um tênis são a pedida.

Vestidos

Antes de guardar os seus vestidinhos de verão, saiba que pode aproveitá-los no outono.Uma das tendências da moda deste outono é sobreposição de t-shirt básica com vestido. Foram vistas várias alternativas para criar esse visual, desde vestidos ao melhor estilo slip dress até peças mais estruturadas e pesadas para aqueles dias em que o frio está mais intenso. A dica é apelar para leggings e meia-calças se o frio pegar. Nos pés, as botas são a pedida para encará-lo.

Bota branca

Se você pensa que bota branca é coisa de paquita da Xuxa, saiba que, na verdade, é uma das fortes tendências da moda deste outono. Elas têm aparecido muito no modelo de cano baixo, em modelos diferenciados e com saltos poderosos. Você tem coragem de aderir a essa tendência? Seja qual for o seu gosto, o importante é adequar-se às situações sem abrir mão do conforto.
Categorias
Casa e Decoração

Decoração home-office. Como fazer?

O número de profissionais que optam por trabalhar em casa a cada ano só aumenta. Aproximadamente 3,5 milhões de brasileiros trabalham em casa integral ou parcialmente e seus motivos são inúmeros. Todos eles têm uma missão em comum: a decoração home office.

Como fazer uma decoração home office

Se você tem um quarto que pode ser inteiramente transformado, use móveis para escritório funcionais e faça desse espaço um lugar perfeito para o trabalho. Ter um cômodo exclusivo para o escritório garante a você maior privacidade e autonomia, podendo ser uma ótima solução para famílias com crianças ou idosos. Assim você consegue equilibrar melhor a atenção entre as suas tarefas e a turma de casa.

Se o quarto é grande, escolha uma mesa ou escrivaninha que se adeque à prática das suas atividades e caiba seus materiais básicos (computador, documentos, impressora).

Uma cadeira ergonomicamente confortável em que você possa regular a altura e uma boa luminária de mesa são essenciais. Prateleiras para livros, um arquivo para pastas e principais documentos, também fazem parte da decoração do seu home office. E, para os momentos de relaxamento, uma poltrona com uma mesa e abajur ao lado são perfeitos para leitura e completam o ambiente.

Compartilhando espaços

Casas e apartamentos que têm salas ou varandas espaçosas podem perfeitamente se transformar em um escritório ou estúdio, mas é preciso designar espaços comuns da casa para trabalhar desde que adequando os horários às rotinas da família. Não é possível fazer uma videoconferência, por exemplo, com as crianças correndo no ambiente em que você está trabalhando.

Para esse tipo de home office, é preciso escolher móveis que se encaixem na decoração do ambiente, aliando beleza e praticidade, porém convém não exagerar: uma mesa de tamanho médio, um gaveteiro que se encaixe abaixo dela e uma cadeira confortável são suficientes.

Mas, se o espaço disponível é mínimo, não há porque se apavorar: monte uma micro estação de trabalho e seja feliz! Normalmente esses micro escritórios ficam embutidos dentro de armários com prateleiras.

Terminado o “expediente”, fecha-se o armário e adeus escritório. Para essa opção de home office, a dica é abusar das caixas organizadoras. Elas vão ajudar a guardar materiais de forma mais organizada, uma necessidade desse tipo de home office.

Categorias
Casa e Decoração

O que fica melhor em sua sala: Estante ou rack?

Quando vamos  decorar a sala de estar, sempre ocorrem muitas dúvidas em relação à quais móveis escolher. Quem vai optar entre estante ou rack precisa pesar os prós e contras de cada móvel antes de fazer a escolha para compor a sua sala.

Por isso, pesquisamos as principais características destes dois tipos de móveis, para ajudar você a decorar a sua sala de uma forma bonita e funcional.

O rack

Por ser um móvel baixo e não muito grande, o rack é próprio para colocar aparelhos como TV, dvd, blu-ray, aparelho de som, home theatre e vídeo games. Alguns têm portas e gavetas que servem para guardar documentos, papéis e outros objetos que não queremos deixar à vista. É importante observar a altura do rack em relação ao sofá para não gerar desconforto na hora de assistir à televisão. O rack não é um móvel vertical, por isso, ele deixa a parede livre para receber alguns itens, como um painel com televisão, prateleiras, um ou mais quadros. Apenas, não exagere nos complementos para evitar a poluição visual.

Estante ou rack?

Quem prefere as estantes mais tradicionais, geralmente opta por materiais como madeira que pode ser laqueada, que dá um ar mais descontraído à peça. Para os menos conservadores, existem modelos com prateleiras feitas de aço tubular, ou vidro. Inclusive, a estante pode ser feita até sob medida. Porém, existem modelos de estante feitos em material leve e prático e já prontas para usar. Ao escolher um móvel sem simetria, você dá mais leveza quebrando a monotonia do ambiente. No lugar das portas convencionais, é interessante optar por painéis deslizantes, que ocultam alguns nichos e dão um design mais elegante.

Uma estante em tamanho grande e decorada apenas com pequenos objetos, dá a impressão de estar vazia. Da mesma forma que objetos grandes em uma estante menor ficam deselegantes. Portanto, a dica é equilibrar deixando tudo em harmonia.

Antes de optar entre estante ou rack, tenha em mãos as medidas da sua sala e veja qual das duas opções combina mais com a sua decoração.

Categorias
Casa e Decoração

Decoração de salas pequenas: As vantagens do rack com painel

O rack com painel é uma peça chave na decoração de salas pequenas. Lindo e super funcional, ele acomoda a TV, organiza os objetos e ainda esconde os fios de todos os aparelhos eletrônicos, deixando qualquer ambiente mais clean e charmoso.

Porém, se você tem pouco espaço em casa, é preciso ter uma atenção maior na hora de escolher os móveis, certo? Então, veja algumas dicas de como decorar uma sala pequena com rack com painel sem errar!

Mais espaço

Uma das principais vantagens do rack com painel é o melhor aproveitamento do espaço. Para isso, basta acertar no tamanho do móvel. Na decoração de salas pequenas, prefira modelos menores e de pouca profundidade, pois deixam a sala mais ampla e melhoram a circulação do ambiente.

A altura do rack também é importante. Os racks baixos ficam mais elegantes e ainda dão a sensação de ampliar o espaço. Assim, para salas pequenas, escolha um modelo baixo, pois um rack muito alto pode causar poluição visual.

 Decoração

Há muitos modelos de racks com painel, desde os retrôs aos mais modernos, por isso a escolha vai depender do seu estilo. Já em relação às cores, as claras são mais indicadas para a decoração de salas pequenas, pois dão a sensação de ampliar o espaço.  

Uma grande vantagem desse móvel é que ele esconde os fios da TV e dos outros aparelhos. Desse jeito, a sala fica mais clean e organizada, sem aquele monte de fio aparecendo.

Com a TV suspensa, ainda sobra lugar para acomodar mais coisas no móvel, como alguns aparelhos, livros e objetos decorativos. Nessa hora é importante checar se as peças maiores cabem nos nichos do modelo escolhido.

Instalando a TV

Com o painel, você pode instalar a televisão na altura ideal para quem está assistindo. A regra é que a altura seja a mesma dos olhos de quem está sentado no sofá. O momento de assistir TV fica mais confortável, sabia?

Ah e nunca se esqueça de checar na ficha técnica se o painel suporta o tamanho (número de polegadas) da sua TV, tá?

Materiais

Os materiais mais comuns do rack com painel são MDF, MDP e madeira maciça.

Para quem não sabe, o MDF e o MDP são feitos do mesmo tipo de madeira reflorestada e se diferenciam apenas na composição. Os móveis de MDP são uma opção ainda mais sustentável. Eles precisam de menos material na composição, sendo também mais leves e fáceis de carregar. Já o MDF tem a vantagem de ser mais resistente e apresentar melhor durabilidade.

Agora que você tem informações importantes sobre decoração de salas pequenas, já sabe qual rack com painel escolher?

Categorias
Casa e Decoração

Qual é mais prático: Aspirador de pó ou vassoura elétrica?

Grande parte das pessoas não têm tempo para limpar a casa detalhadamente todos os dias. Por isso, existe a necessidade de eletrodomésticos que nos permitam limpar a casa em poucos minutos e manter tudo sempre impecável. Se você utiliza carpetes ou tapetes, a necessidade de um aspirador de pó é imediata. Já para quem tem piso de madeira, por exemplo, a vassoura elétrica é uma ajuda e tanto. O aspirador de pó ou vassoura elétrica são excelentes aliados na hora de limpar pisos e tapetes.

Aspirador vertical

Os modelos de aspirador verticais são aqueles onde a aspiração é feita na base do equipamento, mais conhecida como “a escova do aspirador”. A vantagem destes modelos é que eles são altamente manobráveis e possuem grandes sacos de armazenamento, o que possibilita limpar locais amplos e permanecer com ele ligado longos períodos sem precisar parar toda hora para esvaziar o saco. O aspirador vertical gasta menos energia porque precisa de menos potência para sugar a sujeira.

Aspirador de pó ou vassoura elétrica?

Os modelos de aspirador horizontais são o tipo mais conhecido por serem os mais comuns nos lares brasileiros. Normalmente possuem o equipamento central e trabalham com um cano extensível e diferentes formatos de bocais para alcançar os lugares mais difíceis, como por exemplo embaixo dos móveis. Escovas também podem ser acopladas ao cano do aspirador e servem para aspirar tapetes e carpetes.

Vassoura elétrica

Atualmente existem no mercado alguns modelos de vassoura elétrica. As vassouras elétricas são similares aos modelos portáteis de aspirador, sendo que,  possuem bocais de modelos diferentes e um suporte que permite varrer, pois, esse suporte é literalmente o cabo da vassoura elétrica. Essas vassouras podem trabalhar com bateria ou ligadas diretamente na energia elétrica.

E aí? Já decidiu se você prefere aspirador de pó ou vassoura elétrica? Na hora de comprar, não esqueça de memorizar a voltagem das suas tomadas.

Categorias
Tecnologia e Eletrônicos

Como criar hábito de ler no tablet?

Para quem não vive sem estar on-line, não é preciso deixar a internet de lado para abrir um bom livro e começar uma boa leitura. Atualmente, os seus livros preferidos podem ser carregados com você para qualquer lugar. Basta ter um tablet para que, além de músicas, redes sociais e vídeos, seja possível aprender como criar o hábito de ler. Basta baixar alguns aplicativos e pronto: sejam bem-vindos à era dos e-books.

Como criar o hábito de ler no tablet

Kindle – aplicativo da Amazon que oferece acesso aos e-books adquiridos na loja para qualquer aparelho. O aplicativo permite criar coleções de leitura e pesquisar os conteúdos em dicionários e sites da web, como Wikipédia e Google. A personalização também oferece ótima experiência de uso, pois é possível ajustar o tamanho do texto, controlar o brilho e contraste da tela e até mesmo selecionar a cor do plano de fundo. O Kindle é completamente gratuito e pode ser baixado tanto para o Android como para iPad.

Aldiko – tem suporte para arquivos de diferentes formatos, incluindo ePUB e PDF (inclusive com proteção DRM da Adobe). O Aldiko também funciona como gerenciador de biblioteca, organizando seus livros de forma inteligente. Ele tem contato com algumas livrarias (nenhuma em português, infelizmente) e permite emprestar livros. Seu sistema de leitura apresenta recursos avançados como marca-texto, dicionário, busca, compartilhamento e anotações. É possível também configurar recursos técnicos, como contraste e brilho de tela, proporcionando uma experiência personalizada na hora de ler seus e-books.

Kobo – aplicativo de leitura que, assim como o Kindle, também oferece uma opção gratuita para quem não possui o dispositivo. Com ele, é possível conferir e comprar milhões de títulos disponíveis (muitos deles gratuitos) em sua loja. O Kobo oferece diversas opções de idioma, adicionar e-books por e-mail ou contas de serviço na nuvem (como Dropbox) e até ler livros que estejam disponíveis em uma biblioteca pública em sua região.

Ebook Reader – a eBooks.com conta com um aplicativo próprio para gerenciar os produtos que você adquire no site. O Ebook Reader oferece uma série de funcionalidades, ou seja, você pode usá-lo como um gerenciador de sua biblioteca, bastando editar manualmente as tags de cada livro. Você pode criar coleções de leitura, ajustar o aplicativo para leituras noturnas e fazer backup on-line de toda a sua biblioteca. Dentro do aplicativo, também há alguns recursos especiais, como função marca-texto, personalização da leitura (tamanho e estilo da fonte, cor do plano de fundo), sistema de busca e recurso para compartilhamento rápido.

Google Play Livros – essa é uma recomendação conhecida para quem tem um dispositivo Android, já que ele vem instalado de fábrica em alguns. Mas o que muita gente nem imagina é que o Google Play Livros também está disponível para download no iPad. O Google Play Livros é a loja de e-books da companhia e conta com milhares de títulos.

Além dos livros adquiridos na loja, ele suporta arquivos PDF e ePUB. Assim, você pode usar o app para ler itens comprados de outros serviços ou baixados da web. Ele organiza sua biblioteca de forma inteligente e apresenta inúmeros efeitos para incrementar a sua experiência de leitura. O aplicativo do Google não para por aí e vem ainda com um excelente sistema de navegação. Recursos extras, como função marca-texto com várias cores diferentes, recursos para pesquisa, tradução e anotações, índice inteligente e busca interna, completam o pacote.

iBooks – ele continua sendo um dos melhores apps de leitura do tablet da Apple, oferecendo milhares de livros que podem ser adquiridos pelo próprio aplicativo. É claro que também dá para importar arquivos de terceiros para serem lidos nele, se preferir.

Marvin – funciona como leitor e organizador da sua biblioteca de forma avançada, contando com uma versão gratuita e outra paga (com alguns recursos extras). Tem suporte para PDF (sem limitações DRM) e ePUB, trabalha com os principais formatos e garante a possibilidade de selecionar tamanho e tipo da fonte, cor do plano de fundo e controlar o brilho da tela. Permite ainda buscar por itens dentro do livro e definir alguns gestos para acionar determinados recursos, garantindo mais precisão na hora de ler. Sistema de anotações, função marca-texto e compartilhamento são outros extras desse aplicativo.

Principalmente para os mais jovens, é extremamente difícil deixar de lado o tablet ou celular para abrir um livro e começar a ler. Mas, se esse livro estiver disponível no tablet, o interesse em “folheá-lo” será maior. Exatamente porque, durante a navegação de crianças, jovens e adultos por redes sociais, ao saber que determinado livro está “bombando”, a tendência natural é querer começar a ler o quanto antes, pois aguça a curiosidade.

Categorias
Dicas de Limpeza Tecnologia e Eletrônicos

Como limpar tela de notebook

Notebooks estão para cima e para baixo, nas bibliotecas, cafés e escritórios remotos. Acumular sujeira nesses aparelhos é algo bastante comum e para remover a poeira, a gordura, os respingos e as marcas de dedos da tela, sem danificar seu notebook, é preciso ter alguns cuidados.

Como a tela do seu aparelho é feita de um material bastante sensível, telas de LCD ou LED, é necessário escolher os produtos e os materiais certos para fazer aquela limpeza. Quer deixar a tela do seu aparelho com cara de nova? Então, aprenda como limpar tela de notebook corretamente.

Antes da limpeza

Antes de começar a limpeza, desligue o notebook e retire-o da tomada. Por segurança, você também pode remover a bateria do seu aparelho, evitando ao máximo o contato com os produtos que serão utilizados durante a limpeza.

Comece pelos produtos adequados

Para limpar a tela do seu notebook, esqueça os tradicionais produtos de limpeza, como detergente, produtos multiuso, álcool gel, entre outros. Eles podem danificar sua tela a longo prazo e devem ser evitados. Para uma boa limpeza, escolha produtos específicos para telas vendidos em lojas de eletrônicos ou papelarias. Outra opção é fazer uma solução com a mesma proporção de água destilada e álcool ou optar pelo álcool isopropílico que é o mais usado para esse tipo de limpeza.

Escolha os materiais certos

Para não correr o risco de encharcar a tela, utilize um borrifador para aplicar o produto ou passe diretamente o produto no pano antes de levá-lo à tela.

A escolha do pano também é um ponto importante. Papel higiênico, papel-toalha e outros tipos de papel costumam esfarelar e acabam sujando mais do que limpando. Panos que soltem fiapos também devem ser evitados. Assim como esponjas e panos abrasivos, já que podem riscar a tela.

O ideal é escolher uma flanela de microfibra, daquelas utilizadas para a limpeza de óculos. Se você não tiver uma, pegue um pedaço de uma camiseta velha com 100% de algodão ou uma flanela comum.

Como limpar tela de notebook corretamente

Aplique o produto no pano ou com o borrifador e faça movimentos suaves, sem pressionar a tela, para não danificá-la. O mais recomendável é fazer movimentos na vertical. Movimentos circulares acabam não removendo totalmente a sujeira e geram mais fricção entre as partículas e a tela.

Depois de limpa, é só deixar a tela secar naturalmente. Pronto, agora você tem uma tela sem marcas de sujeira para chamar de sua.

Agora que você já tem a técnica para limpar tela de notebook, boa limpeza!

Categorias
Tecnologia e Eletrônicos

Qual o melhor notebook: Asus ou Acer?

Se você quer comprar um notebook e tem dúvidas entre as marcas Asus e Acer, é bom ter em mente quais são as suas prioridades no aparelho. Para quem valoriza uma boa performance aliada a critério estético e acabamento de excelência, os modelos da Asus atendem melhor que os da Acer. Já quem não se importa tanto com o visual do notebook e está preocupado apenas com o seu bom funcionamento, uma boa opção é apostar nos aparelhos da Acer, que têm como diferencial placas de vídeo dedicadas, essenciais para quem trabalha com edição de imagens ou para quem quer utilizar o aparelho para jogos.

Especificações

Enquanto o acabamento dos aparelhos da Asus é feito em alumínio, a Acer utiliza plástico. Ambas as marcas possuem placas de vídeo dedicadas. A Asus possui cinco séries diferentes de computadores portáteis, totalizando oito modelos distintos para venda no Brasil; a Acer oferece ao consumidor 25 notebooks diferentes. As duas empresas estão investindo no formato ultrabooks, portáteis com a potência e performance de um computador de mesa.

Funcionalidade: Acer x Asus

Ao pensar em funcionalidade, vale ressaltar que a Asus é a maior fabricante de placas-mãe do mundo e teve este produto eleito o melhor na categoria por 6 anos consecutivos. A escolha foi feita pelos leitores da Tom’s Hardware Guide (THG), um site de revisões de tecnologia bastante respeitado. A marca teve dois de seus modelos entre os cinco mais vendidos no Brasil em 2016: X55LF e Z450LA.

A Acer tem uma grande variedade de produtos e essa grande oferta permite que você encontre com mais facilidade um que caiba no seu orçamento.

Assistência técnica

É sempre bom ter em mente que o seu notebook pode dar problema, e você ter suporte no pós-venda que funcione é fundamental. A Acer oferece um suporte personalizado através de seu site, basta você inserir o número de série do seu aparelho. Por lá, você também consegue acompanhar o status do reparo solicitado, ler respostas sobre dúvidas frequentes e receber alertas e avisos sobre produtos específicos. A Asus também oferece reparo técnico através de seu site e oferece manuais de instalação e de uso.