Categorias
Tecnologia e Eletrônicos

TV monitor: como escolher e usar o melhor das 2 funções

Você gostaria de comprar um monitor maior para o seu computador, mas também gostaria de ter uma televisão, mas só pode escolher um item no momento? Então você pode comprar uma TV monitor que faz a função de 2 em 1.

Sim, as TVs atuais parecem muito com um monitor, mas será que elas servem bem para esse fim? A resposta curta é: na maior parte das vezes, sim. A resposta longa é muito melhor que isso, porque ensina você a tirar o melhor proveito do aparelho.

Primeiro vamos escolher

Para escolher uma TV monitor, claro, você tem que ter em mente as 2 funções. Assim, uma das primeiras decisões é sobre o tamanho. Modelos com 21 polegadas ou mais podem causar desconforto nos olhos se colocados muito perto dos seus olhos. Mas, se a sua intenção é usar bastante a função TV, dando play no Netflix na cama, por exemplo, pode ser uma boa repensar a sua mesa para que ela tenha ao menos 80 cm de profundidade. Isso vai garantir que você possa afastar um pouquinho a tela, quando for usá-la mais próximo, no computador.

Outra coisa para se ficar de olho são as conexões. Os modelos que encontramos no mercado, de marcas como LG e Samsung, costumam trazer soluções semelhantes, incluindo o HDMI – fundamental para definição da imagem (Full HD ou 4K) -, e entradas USB para você conferir seus vídeos e músicas no modo off-line.

Um diferencial bacana é que alguns modelos de TV monitor contam com o sistema Smart, com acesso a aplicativos de conteúdo como Youtube, Globo Play e o próprio Netflix. Isso pode ser uma vantagem e tanto, pois você pode desligar o computador e – com o uso do Wi-Fi integrado dos modelos – acessar seus conteúdos em streaming.

TV monitor: como fazer o uso correto

O primeiro passo é saber que uma imagem de computador na TV pode não ter a mesma qualidade que um monitor comum. Por quê? Mesmo que eles tenham a mesma resolução, digamos 1.080 p (Full HD), a quantidade de pixels por polegada costuma ser diferente. Por isso quanto maior a TV, maior será a diferença na qualidade da imagem. Por isso, mesmo que a TV possa ser usada como monitor principal, a recomendação é que ela seja um monitor secundário.

Dito isso, o primeiro aspecto que precisamos nos atentar é a forma de conectar a TV ao computador. Apesar de existirem diversas maneiras de fazer isso, a ideal é com o uso de um cabo HDMI. Sim, esse cabo que liga as TVs em leitores de blu-ray e videogames, como o PS4 e o Xbox One.

Se você tem um notebook, provavelmente essa é a única forma de fazer a conexão, já que boa parte vem sem a entrada VGA. Mas, se você tem um computador com entrada VGA (ou um notebook), evite usá-la. É uma tecnologia antiga e a qualidade da imagem será prejudicada ainda mais.

O segundo passo é configurar a resolução corretamente. Se você está usando apenas a TV monitor, o sistema operacional fará isso automaticamente. Caso você esteja utilizando como segunda tela, você precisa encontrar as configurações de resolução no seu sistema operacional, selecionar a segunda tela e definir a resolução máxima. Isso porque, geralmente, o computador apenas copia as configurações do monitor que você já tem, sendo necessário o ajuste manual.

E, por fim, ajuste as cores e o brilho diretamente na TV. Você vai precisar deixar as cores um pouco mais vivas e o brilho um pouco menor. Isso vai ajudar a sua percepção de cores, já que a TV tem configurações padrão pensadas para o uso para distâncias normalmente maiores do que a que temos em um monitor.

Viu como pode ser bem vantajoso ter uma TV monitor?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *