Categorias
Auto e Ferramentas

Dicas sobre como economizar na praia

Se você gosta de passar o tempo se refrescando no mar ou curtindo o sol, já sabe que nem sempre os preços dos alimentos são convidativos à beira mar. Outros gastos também comprometem o orçamento, mas é possível reduzir os custos sem diminuir a diversão. Vamos dar dicas para você sobre como economizar na praia para aproveitar as horas livres.

Pague menos nas bebidas

Os quitutes servidos nos quiosques costumam se basear no cardápio local, por isso sempre vale a pena conhecer mais sobre a culinária da região. De toda forma, você tem a opção de trazer algumas comidinhas para matar a fome e reduzir os gastos com alimentos.

Leve itens de fácil transporte, como bolacha, barra de cereal, frutas e lanches simples. Se necessário, utilize uma bolsa térmica. Em relação às bebidas, é muito importante se hidratar. Há diversos modelos de caixa térmica, com capacidade para latinhas ou garrafas PET. Basta encher de gelo e levar para a praia.

Certos tipos possuem alça, outros rodinhas que facilitam ainda mais o deslocamento. Você vai perceber que o custo das bebidas nos quiosques são muito mais altos do que o preço pago no supermercado. Essa costuma ser a maior margem de economia na praia.

Passeios extras: como economizar na praia

Em alguns destinos turísticos, além de conhecer a orla, andar no calçadão ou simplesmente admirar a paisagem na cadeira, há outras formas de entretenimento. Os mais comuns são: passeio de buggy, barco, jeep, banana boat e caiaque.

A dica para poupar é dividir os custos com outras pessoas. Tendo como exemplo o aluguel de buggy, o valor é pago ao motorista ou locadora de veículos, pelo tempo disponibilizado, mesmo que não haja lotação máxima. Por isso, se todos os lugares forem ocupados, o preço por pessoa sai mais em conta.

Outras formas de evitar gastos desnecessários

Sempre leve os itens essenciais para a viagem, não deixe para comprar certos produtos no destino. Em certos locais, o preço de protetor solar, roupa de banho, chinelo e outros objetos é mais alto que a média. Cuidado na hora de comprar lembrancinhas. Faça uma pesquisa de preço, o valor dos adereços costuma variar bastante entre as lojas.

E peça desconto para o pagamento à vista. Na baixa temporada, é mais barato viajar, já que a procura é menor. As passagens costumam entrar em oferta e a grande vantagem é a redução de filas nas atrações.

Tente programar suas férias para meses menos concorridos, caso o destino tenha sol na maior parte do ano, como ocorre no Nordeste. Você vai perceber a diferença!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *