Categorias
Esporte e Lazer

Dicas de jogos para estimular o cérebro

Todos sabemos que, assim como os músculos perdem a força com o tempo se não forem estimulados, o cérebro também perde agilidade quando não é exercitado. Por isso existem os tradicionais jogos para estimular o cérebro, como o quebra-cabeça, jogos de tabuleiros e ainda os modernos aplicativos de celular que trazem também as palavras cruzadas, outra conhecida “academia da mente”.

Aplicativos e jogos de celular

As webstores de celulares Android e iOS estão repletas de jogos que, mesmo que não pareçam, ajudam a exercitar o cérebro em função da agilidade que seus comandos exigem, ou seja, se você não pensar e agir rápido, perde. Jogos como Candy Crush, Tetris, Sudoku, Palavras Cruzadas, Xadrez, Baralho, Quebra-cabeça e tantos outros nos obrigam a pensar corretamente e responder em tempo hábil.

Paralelo a isso existem os aplicativos, com jogos mais específicos para o aperfeiçoamento da cognição humana e que, como em uma academia, quanto mais você se exercita, maior o grau de dificuldade para que a sua mente não se acostume com o exercício e perca o seu efeito. Aplicativos como Memrise, Fits Brain Trainer e Monument Valley são verdadeiros centros de treinamento cerebral, pois nos obrigam a raciocinar com lógica e precisão para conquistar nossos objetivos e evoluir dentro dos exercícios.

Jogos para estimular o cérebro

Quem prefere formas tradicionais de estimular o raciocínio não pode abrir mão de jogar tranquilas partidas de xadrez com a família e amigos. Outra diversão com malhação cerebral garantida são os quebra-cabeças, pois famílias inteiras se reúnem em torno de mais de 1.000 peças e montam uma figura (ou fotografia), que pode até ser emoldurada ou então desmanchada para recomeçar o desafio.  

Adedonha e palavras cruzadas são similares sendo que, na primeira jogamos em grupo e na segunda respondemos sozinhos, apenas cruzando palavras e acrescentando letras para formar outras palavras. Porém, ambas exigem que seus participantes busquem na memória substantivos, adjetivos e nomes próprios que combinem com a demanda exigida. Como um nome de cidade começado com a letra “x”, você sabe?  

Além dos jogos para estimular o cérebro, o ato de ler vai além da função recreativa de um jogo, pois exercita a imaginação do leitor, que cria figuras e imagens para as situações descritas nos livros, mergulha na história e consegue potencializar a sua capacidade de concentração e raciocínio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *