Categorias
Beleza e Saúde

Conheça os melhores multivitamínicos

Com a correria do dia a dia, dificilmente conseguimos nos alimentar de forma a ingerir todos os nutrientes de que precisamos. Além disso, alguns costumes, como evitar banhos de sol e não comer carne vermelha, podem levar à deficiências de vitaminas, como a D e a B12. Por isso é tão importante o uso de suplementos alimentares.

Se você não consegue encontrar tempo suficiente para elaborar e ingerir os alimentos e as quantidades recomendados pelo seu nutricionista, é muito importante que, pelo menos, utilize multivitamínicos. No entanto, não é qualquer suplemento que suprirá as suas necessidades. Veja, a seguir, quais são os melhores multivitamínicos.

Quanto mais, melhor?

Tanto em relação à quantidade de vitaminas presente no complexo quanto à dose que deve ser ingerida, há limites. Não adianta o complemento vitamínico fornecer doses cavalares de vitaminas e minerais, pois o nosso organismo absorve apenas até determinada quantidade. O excesso vai ser excretado por meio da urina e/ou das fezes, ou ainda poderá causar intoxicação (hipervitaminose), por ser depositado em locais inapropriados do organismo.

Ou seja, o excesso de vitaminas e minerais pode ser extremamente prejudicial, o que justifica a importância de avaliar, em conjunto com um especialista, a real necessidade de ingestão de vitaminas e as quantidades ideais.

Os “completos” são os melhores?

Aqueles multivitamínicos apresentados como “completos”, por terem “todas” as vitaminas e minerais, podem não ser a melhor opção. Muitas marcas afirmam que o seu produto é completo como jogada de marketing, pois, embora realmente tenha todas as substâncias, as quantidades são tão pequenas que se tornam insignificantes para o organismo.

Além disso, alguns micronutrientes interferem na absorção de outros (por exemplo, o ferro compete com o zinco, o cálcio compete com o magnésio, etc.). Portanto, o melhor seria que não houvesse a administração de todas essas substâncias juntas, já que alguns nutrientes serão absorvidos em menor quantidade. Gostou das nossas dicas?

Como você pode ver, é essencial que um especialista, como um médico ou um nutricionista, avalie quais são as vitaminas que você deve ingerir e em que quantidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *